Siberian | CachorroGato

Guia de Raças

Siberian

Neva Masquerade, Moscow Semi-longhair

Quero esta raça

Ficha do Siberian

Siberian

Como seu nome indica, o Siberian tem sua origem na Rússia. Além deste nome, você também conhecer a raça pelos nomes de Neva Masquerade, especialmente para os Siberian com pelos colourpoint, ou Moscow Semi-longhair. A raça é conhecida nos países do Leste Europeu e nos Estados Unidos, mas rara e pouco divulgada no resto do mundo.

Algumas pessoas e criadores defendem que a raça não causa reações alérgicas como a maioria dos gatos, isso em teoria acontece porque o Siberian possui menor quantidade da proteína responsável por desencadear alergias, apesar dessa característica não ser comprovada. A raça é indicada para pessoas com outros animais de estimação, pessoas ativas, famílias com crianças e pessoas que nunca tiveram um felino antes.

 

Origem

Sabe-se que o gato Siberian existe na Rússia há muito tempo, cerca de mil anos. Sua origem exata não é conhecida, mas acreditasse que a raça é provavelmente originária do cruzamento entre gatos selvagens com gatos domésticos que foram levados para a Sibéria e para a Ucrânia. O Siberian vivia nas florestas da Rússia e da Ucrânia e desempenhou o papel de gato domestico nesses países por muito tempo, incluindo no palácio dos czares, onde era responsável por eliminar ratos.

A raça foi uma das primeiras a competir em concursos de gatos na Inglaterra, por volta de 1871. Um casal de gatos Siberian chegou à Berlim no ano de 1987, importados de São Petersburgo. Hans e Betti Schulz foram responsáveis por criarem os primeiros Moscow Semi-longhair em seu gatil. Em 1990, a raça foi levada para os Estados Unidos, onde ganhou popularidade. No ano de 1996, a TICA reconheceu a raça e revisou seu padrão.

 

Comportamento 

O Moscow Semi-Longhair é um gato de forte temperamento e comportamento bastante vivido, apesar disso, convive muito bem outros gatos e animais de estimação. Gosta da companhia de humanos, sendo meigo e amoroso com o dono, com quem forma um forte laço. Perto de crianças é um gato gentil. Essa raça é rústica e por isso tem como característica ser um excelente saltador, conseguindo chegar em cima de um armário com extrema facilidade, e adorar a água.

A raça Siberian não é a mais indicada para quem vive apartamentos, já que ela gosta de espaço e adora ter acesso para o lado de fora, podendo usufruir o seu lado caçador. Sua voz é suave e esse gato não costuma ser muito vocal, mas gosta bastante de ronronar quando está no colo do dono. Apesar de carinhoso e brincalhão com a família, o Moscow Semi-Longhair não é um gato submisso. O gato dessa raça vai usar sua inteligência para abrir portas ou conseguir mais comida e seus brinquedos de volta, mesmo quando o dono acha que guardou essas coisas muito bem.

 

Aspecto

O gato Siberian é grande, com músculos fortes e aparentes, ao mesmo tempo se apresentando compacto. Seu corpo é moderadamente comprido, com ossos também fortes para suportar toda sua estrutura. A raça pesa entre 4,5 e 9 kg. Sua cabeça é larga, de tamanho médio e formato triangular com contornos arredondados, o focinho é levemente comprido e arredondado, o nariz é largo na altura dos olhos, mas se afina em direção a extremidade. Nas orelhas são desejáveis os pelos característicos do Lince, o tamanho das orelhas é mediano e possui pontas arredondadas. Os olhos do Siberian são grandes, quase redondos, inseridos bem afastados um do outro, a cor varia de amarelo até verde, sem relação com a cor da pelagem, nos exemplares colorpoint eles são azuis.

O pelo da raça é de semi-longo para longo, impermeável e, portanto, oleoso, abundante, com subpelo espesso. Apresenta colar e pelos mais longos na região do abdômen. A pelagem do gato Siberian se desenvolveu cada vez mais, ficando mais isolante e espessa, devido ao clima rigoroso do seu lugar de origem. Todas as combinações e cores tradicionais são aceitas, com exceção de lilás e chocolate, além do colourpoint, nesse caso sendo conhecido como Neva Masquerade. Apesar de no geral seu pelo ser considerado semi-longo, a pelagem do Siberian varia bastante com a época do ano. As patas posteriores são um pouco maiores do que as anteriores, dando assim sua característica de bom saltador, os pés são grandes, redondos e com tufos entre os dedos. A cauda é bastante peluda, grossa, principalmente na base, e comprida. Sua maturidade complete é atingida apenas quando o gato tem cinco anos.

 

Cuidados específicos

Apesar de ser um gato de pelo semi-longo, a escovação semanal é suficiente para manter a pelagem do Siberian, pois ela não tende a se emaranhar. Na época de muda, na primavera e no outono, o ideal é que a escovação seja diária. Para a raça é mais indicado o banho a seco, com produtos especiais.

 

Saúde

O Moscow Semi-longhair é conhecido como um gato resistente, sem problemas de saúde de origem genética.


História do Siberian

Essa raça é uma das mais antigas, existindo na região de florestas da Rússia e da Ucrânia há muitos e muitos séculos. Algumas referencias ao Siberian datam de 1000 d.C, no entanto sua origem não é muito exata. A teoria mais aceita é que o Siberian, ou Moscow Semi-longhair, é resultante do cruzamento entre gatos domésticos e gatos selvagens da região. Sua primeira aparição publica, em concursos, ocorreu por volta de 1870, quando esse tipo de evento se iniciou.

Apesar de sua antiga história, são poucos os registros sobre o Siberian. A raça chegou aos Estados Unidos apenas em 1990; importada por Elizabeth Terrll. A TICA aceitou a raça como em seu programa de novas raças em 1992, e o Siberian foi aceito definitivamente em 1996.


Características do Siberian

Juntamente com o Maine Coon e o Norueguês da Floresta, o Siberian é chamado de “gato do bosque”. Sua pelagem semi-longa, impermeável e espessa foi essencial para sua sobrevivência nos climas mais frios. Mesmo com seu grande porte, é um gato ativo e habilidoso, conseguindo escalar moveis com incrível facilidade.

Sem ser um gato submisso, o Siberian é bastante carinhoso e sociável, gostando muito do convívio com pessoas, sejam elas crianças, da família ou apenas visitantes. A convivência com outros animais, gatos ou não, também é pacifica. Inteligente, esse gato consegue abrir portas para chegar até as pessoas que ama. Os cuidados com a raça estão relacionados ao seu pelo, mas são relativamente simples, exigindo maior atenção apenas na época de muda.

Raça verificada por:

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Raças Relacionadas