Ragdoll | CachorroGato

Guia de Raças

Ragdoll

Quero esta raça

Ficha do Ragdoll

Ragdoll

O Ragdoll é uma raça consideravelmente nova e que foi, durante muitos anos, uma das raças mais questionadas na América do Norte, onde foi criada. Alguns criadores de Sagrados da Birmânia o viam como uma “imitação de Birmano”. Os rumores eram de que era um gato insensível à dor também não ajudavam sua consolidação.

Felizmente, todas essas especulações ficaram no passado e o Ragdoll, hoje em dia, é uma das raças mais apreciadas. Com sua natureza tranquila e dócil, o gato da raça Ragdoll é ótimo para famílias com crianças, inclusive as pequenas, pessoas com outros pets e pessoas que nunca tiveram um gato. Se você procura um gato que gosta de ser abraçado e ficar no colo, esse é um gato para você.

 

Origem

Essa raça teve origem em 1960, em Riverside, uma pequena cidade da Califórnia (EUA). Ann Baker, criadora da raça, obteve os primeiros exemplares de uma cruza de sua gata Josephine, uma Angora, com um macho Sagrado da Birmânia. Os gatos obtidos eram dóceis e de tamanho grande. A raça foi reconhecida na década de 70. Apesar de nos anos que se seguiram o gato ter chego a diversos países da Europa – Inglaterra em 1969, Alemanha em 1985 e França em 1986 – a raça Ragdoll é pouco comum fora do seu país de origem. Ainda assim, essa raça é uma das mais populares de pelo longo.

Existem boatos de que com o tempo Baker se tornou excêntrica e criadores que trabalhavam com ela resolveram se separar para continuarem a desenvolver essa raça dócil. Esse seria o caso de Denny e Laura Dayton, que desempenharam importante papel no reconhecimento dos gatos Ragdoll.

 

Comportamento

O Ragdoll é um excelente animal doméstico, algumas pessoas podem achar que seu temperamento lembra mais um cachorro do que a maioria dos gatos. Seu caráter é sociável e tolerante, convivendo bem com cães e outros gatos. Se mia, só emite uma voz muito fraca. É sumariamente dócil e, ao pegá-lo no colo, ele relaxa completamente, daí o bem merecido apelido “boneca de pano”, tradução do inglês Ragdoll. É muito provável que um Ragdoll aceite ser carregado para toda parte por crianças, deixando até mesmo que elas o vistam.

Um ambiente agitado e barulhento não é ideal para esse felino dócil, que além de tudo não suporta ficar sozinho, sendo mais feliz na presença de companhia e bastante devotado ao seu dono.  A raça Ragdoll gosta de brincar e adora água, podendo até tentar acompanhar o dono na hora do banho, de tão curiosos que são com relação à ela. É importante saber que o gato dessa raça não deve ficar ao ar livre sem supervisão, pois seu temperamento gentil pode coloca-lo em perigo.

 

Aspecto

O Ragdoll é um gato grande e sólido, de aspecto forte. Idealmente esse gato é bem construído, de maneira balanceada, não tendo nada de extremo em si. A cabeça é larga, de tamanho médio e triangular, com aparência plana entre as orelhas, o focinho é arredondado de tamanho médio, apresenta bochecha e queixo bem desenvolvidos. Os olhos são ovais, sutilmente oblíquos e grandes, podem ter distintas tonalidades de azul intenso. As orelhas são médias, arredondadas na extremidade, levemente voltadas para frente e inseridas afastadas.

Os pelos do gato Ragdoll são semilongos, sedosos e macios, apresentando quatro cores clássicas: seal, azul, chocolate, vermelho, creme e lilás, apesar de outras cores serem aceitas para os pontos, em diferentes padrões. Na pelagem com pontos existem três padrões aceitáveis: Colorpoint – corpo mais claro que as extremidades, sem a presença da cor branca -, Mitted – padrão parecido com do Siamês, no entanto apenas as patas são escuras, sendo os pés brancos como se o gato usasse luvas - e Bicolor – o corpo é quase completamente branco, apresentando apenas o rabo, orelhas e parte da mascara em tom escuro. O gato dessa raça só apresenta sua cor de maneira completa após os dois anos e sua pelagem costuma a escurecer com o passar do tempo, sendo comuns filhotes completamente brancos. A cauda é grande e grossa, afinando na ponta. As patas do Ragdoll são grandes, de formato redondo e apresenta tufos de pelo entre os dedos. Seu crescimento é lento e costuma atingir o tamanho adulto apenas com quatro anos.

 

Cuidados específicos

O Ragdoll não necessita de atenção muito meticulosa, basta escová-lo uma ou duas vezes na semana para eliminar pelos mortos e evitar que o pelo forme nós, mantendo também sua aparência sedosa. Seu pelo tende a cair mais durante a primavera e o outono, ainda assim em pequena quantidade, pois o Ragdoll não apresenta subpelo. A tosa também pode ser indicada, apesar de ser um procedimento raro na rotina.

 

Saúde

O gato da raça Ragdoll é um gato robusto e saudável. Devido ao tamanho de sua pelagem, pode apresentar casos de bolas de pelo no aparato digestivo, que são facilmente tratáveis.


História do Ragdoll

O nome dessa raça vem de um mito popular que diz que eles ficam totalmente moles quando no colo de alguém, assim como uma boneca de pano. São gatos com temperamento dócil e pelagem mista.

Ragdolls estão registrados e competem em todas as grandes exposições de gatos, exceto a da Cart Fraciers Association. Desde 1993, a CFA permite que os Ragdolls participem das competições apenas nas classes misturadas.


Características do Ragdoll

Eles gostam de andar ao lado de membros da família e brincar de pegar bolinhas de papel que jogarem para ele. Preferem mais atividades no nível do chão do que algumas raças que preferem se aventurar nas alturas.

Esteja preparado para seu Ragdoll se juntar a você durante banhos de chuveiro ou banheira, já que eles ficam muito intrigados com o barulho de água.

Eles são super dóceis e confiar na natureza pode deixá-los em perigo. Essa raça nunca deve ser deixada do lado de fora sem supervisão. Essa raça cresce devagar, demorando até quatro anos para alcançar a maturidade física completa.

Raça verificada por:

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Raças Relacionadas