Pixiebob Shorthair | CachorroGato

Guia de Raças

Pixiebob Shorthair

Quero esta raça

Ficha do Pixiebob Shorthair

Pixiebob Shorthair

Um gato de aspecto selvagem, mas que convive muito bem com humanos, criando fortes laços, esse é o Pixiebob. Seu temperamento faz com que ele seja um felino muito bom para famílias com crianças e/ou outros animais de estimação, além de não oferecerem desafios para pessoas que nunca tiveram um gato e agora querem um.

Algumas vezes o Pixiebob Shorthair pode ser confundindo com outra raça de gato, o American Bobtail. Essa raça vem em duas variações: pelo longo, Pixiebob Longhair, e pelo curto, Pixiebob Shorthair. O Pixiebob é o único gato com polidactia aceito pela TICA. A melhor definição para a raça é que esse gato tem o aspecto e presença de um Lince com a personalidade de um amoroso gato doméstico.

 

Origem

No ano de 1985, uma criadora americana de Washington chamada Carol Ann Bewer, possuía uma gata com polidactia – termo dado quando um animal ou pessoas possui mais dedos do que o normal, conhecida como Pixie. Acredita-se que essa gata foi cruzada com um pequeno Lince Ruivo Americano (conhecido como Bobcat), gerando filhotes que lembravam o macho, ou seja, gatos com orelhas largas e pelagem manchada. Essa herança genética não foi comprovada até hoje, mas muitos criadores acreditam que essa seja a história da raça.

O fato é que os criadores de Pixiebob queriam um gato de aspecto selvagem, que lembrasse o Lince presente naquela região dos Estados Unidos. O primeiro padrão para a raça foi escrito em 1989 pela própria Carol Ann Bewer, que teve grande preocupação em não perder as características presentes na fêmea Pixie duramente a criação da raça. O nome Pixiebob é claramente uma junção do nome da matriarca da raça com o termo “Bobcat”. A raça Pixiebob Shorthair foi aceita pela TICA em 1994, que editou o padrão para ela em 1998. Algumas associações felinas ainda não reconhecem o Pixiebob.

 

Comportamento

Essa raça parece sempre estar ocupada, mas sem se apresentar hiperativa. O Pixiebob é um gato que cria um vinculo bastante forte e pouco comum com sua família humana, gostando de fazer viagens de carro e aprendendo como passear na coleira, sendo bastante inteligente. Não são gatos muito vocais e geralmente lidam bem com outros animais de estimação. Com crianças são pacientes, geralmente até mais do que a maioria dos gatos.

O gato da raça Pixiebob Shorthair não se importa de passar horas sozinho; agindo como a maioria dos gatos nessa situação, no entanto por gostarem muito de fazer parte de uma família, ele vai exigir o máximo de atenção quando você estiver por perto. Várias pessoas descrevem esse gato como um gato-cão por sua lealdade e afeição por humanos. Sendo ativo, o Pixiebob vai querer participar do máximo de atividades possíveis com você, mas ao mesmo tempo pode apreciar os momentos de calma em família, ficando relaxado.

 

Aspecto

É um gato de tamanho médio para grande, de corpo alongado e forte, podendo pesar de 4 a 10 kg. O aspecto geral desse felino é selvagem. A cabeça é média para larga em formato de pera invertida, com fronte proeminente, focinho largo e comprido. As orelhas são maiores na base, apresentam pontas arredondadas e são inseridas afastadas, a presença de tufos típicos de Lince é desejável, característica mais comum nos Pixiebob de pelagem longa. Olhos levemente ovais com coloração em harmonia com a pelagem, geralmente dourado ou verde, muitas vezes dando ao gato uma expressão selvagem.

A raça pode apresentar pelo longo ou curto, sendo mais longa na região da barriga em ambos os casos; ambos são lanosos, sedosos e impermeáveis, com presença de supbelo. Os pelos da sua face crescem para baixo e dão a impressão de costeletas humanas. A coloração esperada é o tabby mosqueado, ou seja, manchas escuras em um fundo de cor clara, com ticking muito bem definido. O subpelo é cinzento. A modificação da coloração da pelagem do Pixiebob Longhair e Shorthair é comum de acordo com as épocas do ano. As patas são compridas, musculosas e com estrutura óssea desenvolvida, sendo as traseiras ligeiramente maiores do que as dianteiras, os pés podem apresentar polidactia, sendo esperado 6 ou 7 nos anteriores e 5 ou 6 nos posteriores. A cauda do gato Pixiebob Shorthair é bem curta, grossa e se apresenta flexível, com movimentação natural.

 

Cuidados específicos

Um Pixiebob de pelo longo deve ser escovado semanalmente para eliminar pelos mortos e evitar emaranhados em sua pelagem, sendo indicada uma escovação mais frequente na época de muda. Para o Pixiebob de pelo curto a escovação semanal basta para manter a aparência de seu pelo.

 

Saúde

As únicas heranças genéticas do Pixiebob estão relacionadas à sua aparência, portanto, essa raça não apresenta problemas de saúde relacionados com sua genética. O Pixiebob Longhair pode apresentar tricobenzoares – bola de pelo no sistema digestório –, problema comum em gatos de pelagem mais longa, sendo de fácil tratamento.


História do Pixiebob Shorthair

Uma raça recente que surgiu nos Estados Unidos por volta de 1985. Conta-se que Carol Ann Bewer, criadora de gatos do Estado de Washington, obteve um gato com marcas e rabo curto de um casal que morava na região. No ano seguinte, ela resgatou outro macho de rabo curto que foi cruzado com a fêmea domestica clássica, de nome Maggie, pertencente a um vizinho. Uma das fêmeas obtidas nesse cruzamento apresentava uma aparência selvagem e uma pelagem castanho-avermelhada, a nomeando Pixie.

Pixie é considerada a matriarca da raça Pixiebob. Por causa de sua aparência distinta, Carol Ann começou a procurar outros gatos que tivessem essas características, a fim de defini-las e obter uma linhagem de gatos que preservassem essa aparência. Em 1989, ela conseguiu redigir um padrão para a raça. Em 1993, Carol Ann tentou conseguir o reconhecimento da raça através do TICA, que acabou aceitando o Pixiebob Shorthair no ano seguinte. O padrão foi revisto pela TICA em 1998.


Características do Pixiebob Shorthair

O Pixiebob é um gato de aspecto selvagem que, intencionalmente, foi criado para lembrar o Lince Americano presente na região montanhosa de Washington. Apesar dessa aparência, trata-se de uma raça bastante afetuosa e extremamente apegada aos humanos, sendo descrita, constantemente, como um gato-cão.

O Pixiebob Shorthair é inteligente e vai aprender com facilidade a andar na coleira, é ativo e bastante paciente com as crianças, mas ao mesmo tempo aprecia os momentos de paz perto de sua família. Mesmo com esse apego ao ser humano, a raça pode ser deixada sozinha ou com outros animais de estimação sem grandes problemas. Pixiebob se apresenta com pelagem longa e com pelagem curta.

Raça verificada por:

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Raças Relacionadas