Ocicat | CachorroGato

Guia de Raças

Ocicat

Quero esta raça

Ficha do Ocicat

Ocicat

Com uma pelagem malhada, o Ocicat lembra um gato selvagem. Seu nome, inclusive, provém do termo “Ocelot”, uma espécie de gato selvagem encontrado na região da América do Sul com pelagem malhada que lembra bastante o gato Ocicat. O Ocelot é, na verdade, o felino selvagem que aqui conhecemos como Jaguatirica.

Ativo, gosta muito do contato com pessoas e não suporta ficar sozinho, dessa forma, o Ocicat é o gato ideal para solteiros, pessoas ativas, pessoas que já possuem experiência com gatos domésticos, famílias com crianças, famílias ou pessoas com outros animais de estimação que lhe farão companhia quando os humanos não estiverem por perto.

 

Origem

Virgina Daly, criadora de gatos no Michigan, foi responsável pela criação dessa raça em 1964, de maneira acidental. Ela queria obter um Siamês tabby point, com características próximas do Abissínio, e por isso cruzou uma fêmea Siamesa-Abissínia com um macho Siamês Chocolate Point. Dessa ninhada se originou um gato, chamado Tonga, de pelagem marfim com manchas douradas, mas Virigina Daly não lhe deu muito credito e acabou o castrando.

Posteriormente, Daly consultou um geneticista que se interessou muito pelas características de Tonga e sugeriu que ele fosse cruzado de volta com sua mãe. Sem essa possibilidade, Daly resolveu produzir uma nova ninhada. Outros criadores passaram então a cruzar gatos da raça Siamês, Mau Egípcio, American Shorthair, Abissínio e Oriental com pelagem malhada, até se obter o Ocicat. Atualmente a raça é bastante popular em seu país de origem. A raça Ocicat foi reconhecida pela TICA e CFA em 1986, tendo seu padrão editado em 1988.  Atualmente o cruzamento entre Ocicat e Abissínio é proibido.

 

Comportamento

O aspecto selvagem dessa raça pode enganar, mas o Ocicat é um felino sociável, amoroso e doce, não gostando nada de ficar sozinho. Sua relação com crianças é bastante tranquila, mas quando o assunto é outros gatos se mostra como uma raça dominante, apesar de apreciar a convivência com eles e outros animais. É ativo, curioso e gosta de brincar. Como sua relação é muito boa com humanos, não é de surpreender que o Ocicat seja o primeiro a receber as visitas quando elas chegam em casa, mesmo quando não conhece aquelas pessoas, procurando sempre uma chance de brincar ou deitar no colo de alguém.

Com o temperamento fiel do Siamês, essa raça se mostra menos vocal. Sua adaptação é fácil, por isso a mudança de estilo de vida não costuma o incomodar. O gato Ocicat é bastante inteligente e aprender comandos e truques com facilidade, aceitando até mesmo andar na coleira, sendo um pouco exigente quando não é devidamente treinado. Por ser atlético é um gato que adora de saltar de lugares bastante altos e brincar de caçar. Graças a sua natureza ativa, o Ocicat se torna facilmente entediado se não tiver alguma atividade. Se quiser esconder algo de um gato dessa raça é melhor arranjar algum lugar que possa ser trancado, caso contrário ele vai arranjar um jeito de conseguir o que quer.

 

Aspecto

Graças a sua pelagem malhada, o Ocicat parece com um gato selvagem. Essa raça é de porte grande, de constituição forte, musculosa, com o corpo comprido, do tipo semi-foreign. A cabeça é levemente de formato triangular com contornos arredondados, sendo a largura igual ao comprimento, o focinho é quadrado e bem delineado. As orelhas são inseridas no canto da cabeça, de tamanho mais para grande e em posição de alerta, sendo a pelagem de Lince desejada. O Ocicat tem olhos grandes, amendoados, inseridos bem afastados, a cor deve ser uniforme e intensa, sem qualquer relação com a pelagem, apenas os gatos colourpoint devem apresentar olhos na cor azul.

A pelagem do gato da raça Ocicat é curta, fina, lisa, com reflexos brilhantes. Os pelos são malhados, apresentando várias tonalidades em cada pelo, com exceção daqueles na extremidade da cauda, as cores aceitas são castanho, chocolate, lilac, prateado – em conjunto com as demais cores -, azul, canela e camurça, sempre com coloração nítida e agradável.  Os tons mais claros devem se localizar na região da face, apresentando máscara – ou seja, linhas mais escuras na região dos olhos e bochechas - enquanto as marcas são em tipping de cor mais escura. A cauda é longa, possui a ponta em coloração escura, é moderadamente fina, afilando em direção à ponta.  

 

Cuidados específicos

De fácil manutenção, o Ocicat exige apenas escovação regular, geralmente uma vez por semana, para remover pelos mortos e manter o aspecto brilhante de sua pelagem. Caso queira banhar um gato Ocicat o melhor é escolher um shampoo apropriado para o tom de sua pelagem, mantendo sua coloração vivida. Por exemplo, em um Ocicat prateado deve-se usar um shampoo clareador.

 

Saúde

 

É uma raça bastante saudável, no entanto apresenta tendência a ter gengivite. Para evitar esse problema no Ocicat basta escovar seus dentes frequentemente com produto adequado.


História do Ocicat

Acidentalmente criado em 1964, o Ocicat ganhou esse nome por parecer um pequeno Ocelot, ou seja, uma Jaguatirica. Seu aspecto selvagem não interfere em nada em seu temperamento carinhoso. O Ocicat se originou de um cruzamento realizado por Virgina Daly, criadora de felinos americana, entre um macho Siamês com uma fêmea Siamesa-Abissínia, dando origem a uma ninhada onde nasceu um macho chamado Tonga, que, conforme a filha de Daly apontou, lembrava uma Jaguatirica.

 

Como Virgina Daly não tinha interesse em uma nova raça, Tonga foi castrado. Um geneticista com quem Daly se correspondia, no entanto, apresentou grande interesse por Tonga e em produzir uma nova raça, sugerindo que Daly cruza-se Tonga com sua mãe. Como isso não era possível, Daly repetiu o cruzamento anterior, obtendo um novo macho com as características desejadas, começando assim a criação do Ocicat.


Características do Ocicat

Selvagem apenas em aparência, o Ocicat é um felino que adora humanos e a convivência com eles, sendo extremamente sociável mesmo com desconhecidos, buscando sempre interagir de alguma forma, seja brincando ou se enroscando no colo de alguém. Deixar um gato dessa raça sozinho não é uma opção saudável, pois o Ocicat odeia ser deixado de lado.

 

Por vezes possessivo, talvez por seu sangue Siamês, esse gato tem seu brinquedo favorito e pode não gostar muito caso você queira tirá-lo dele. Ainda assim, ele é amoroso e vai conviver bem com outros pets da casa, desde que seja respeitado como a presença dominante. Cuidados com o Ocicat são poucos, sendo um gato de fácil manutenção. 

Raça verificada por:

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Raças Relacionadas

  • Abyssinian

    O Abyssinian é um gato com ares um pouco selvagens, devidos aos seus olhos e sua pele...

    Leia Mais
  • Bengal

    O Bengal, ou também conhecido como Gato de Bengala, é famoso pelo padrão e coloração de...

    Leia Mais
  • Bobtail Japonês

    O Bobtail Japonês, também chamado de Japanese Bobtail, exala confiança, curiosidade,...

    Leia Mais
  • Burmês

    O Burmês é uma raça antiga, provindo da Birmânia. É um gato muito sociável e...

    Leia Mais