Egyptian Mau | CachorroGato

Guia de Raças

Egyptian Mau

Mau Eg¡pcio

Quero esta raça

Ficha do Egyptian Mau

Egyptian Mau

O Egyptian Mau, ou Mau Egípcio, possui esse nome porque o termo “Mau” significa gato no Egito. Felinos eram divindades no antigo Egito e, portanto, eram venerados e protegidos, além de serem representados de várias maneiras na arte local.  Inclusive, gatos mumificados pelos egípcios eram dessa raça, segundo estudo de um arqueólogo.

Provavelmente o Egyptian Mau é uma das raças de gato domestico mais antigas do mundo. Sendo um gato de temperamento centrado e até um pouco reservado, a raça é indicada para donos de gatos mais experientes, famílias ou pessoas com crianças, mas preferencialmente sem outros animais de estimação. A raça Mau Egípcio vai se adequar melhor a um ambiente mais tranquilo.

 

Origem

Sua origem está em seu nome e o Egyptian Mau é uma raça de um país que venerava os gatos, o Egito. Apesar de não se existir certeza sobre sua ancestralidade acredita-se que a raça tenha se originado de uma subespécie de gato selvagem do continente africano. Essa raça chegou a Europa através de uma princesa russa que vivia exilada na Itália, Natália Troubetskoï, no ano de 1953. Duas de suas gatas foram expostas em Roma em 1955. Quando se mudou para os Estados Unidos, a princesa quis levar seus gatos consigo e lá fundou um gatil.

O raça Mau Egípcio ganhou logo outros criadores e décadas mais tarde teve seu reconhecimento por associações felinas como a TICA – que também redigiu seu padrão em 1988. Na Europa ganhou pouco destaque, passando a ser criado no continente no fim dos anos de 1979.

 

Comportamento

O gato Mau Egípcio é equilibrado, não apreciando agitação, apesar de ser um excelente caçador e brincalhão. Diante de estranhos esse felino se mostra reservado, apesar de não ser nervoso ou agressivo com eles, com outros gatos é sociável e se mostra muito afetuoso com o dono. Fidelidade e devoção são os termos usados para designar a relação que o Mau Egípcio tem com sua família humana. Sua voz é suave e agradável. A raça apresenta uma preferencia por manter os pés no chão, não gostando muito de ser pega no colo, mas é capaz de dar grandes saltos.

A vida em apartamento é fácil para si, apesar de apreciar acesso a um jardim onde possa se exercitar um pouco e gastar suas energias, afinal é um gato vivo, ágil e atlético. Bastante inteligente essa raça consegue aprender truque com facilidade. O gato Mau Egípcio não gosta de ficar sozinho, então é comum que ele te espere na porta de casa para dar um olá e não aceite ser ignorado, acreditando que a atenção do seu humano especial é exclusivamente sua. Apesar desse lado de adoração ao seu humano, requisitando muita atenção e carinho, a raça também fica muito a vontade de ser apenas um gato em boa parte do seu tempo. O Mau Egípcio é uma raça aprecia o calor.

 

Aspecto

De tamanho e corpo médio, que fica entre o tipo cobby e o tipo estrangeiro e lembra um pouco a raça Abissínio. A musculatura é bem desenvolvida e sua estrutura óssea é harmoniosa com a graça de seu corpo, a raça Egyptian Mau pesa entre 2,5 e 5 kg. A cabeça é em formato de cunha, com contornos quase arredondados e sem partes planas, apresenta um stop entre a testa e o nariz. As orelhas inseridas afastadas e alertas se apresentam de tamanho entre médio e grande, com base larga e extremidades mais pontiagudas, sendo desejável pelagem típica de Lince. Os olhos são grandes e amendoados, a coloração pode ser verde-clara ou de verde groselha até verde sarda, gatos da raça com até 18 meses podem ter olhos da cor âmbar.

A pelagem do gato da raça Mau Egípcio é curta, fina e sedosa, na sua coloração apresenta pelos menos duas faixas de ticking. Os pelos apresentam um padrão de tabby manchado, nos tons de prateado, bronze ou fumo. Suas patas anteriores são menores que as posteriores. A cauda é de tamanho mediano, sendo mais grossa na base e se afilando levemente até a ponta. A impressão geral que o Mau Egípcio passa é de um gato sempre alerta, sendo um felino elegante e de porte real, capaz de dar grandes saltos e desenvolver grande velocidade para um gato doméstico. Os sentidos de audição, olfato e visão são bem aguçados no Egyptian Mau.

 

Cuidados específicos

O gato Mau Egípcio é um felino se fácil manutenção que exige apenas escovação semanal para remoção de pelos mortos e para manter a aparência sedosa de sua pelagem. Banhos esporádicos também estão indicados.

 

Saúde

Por algum motivo, os gatos Egyptian Mau são mais sensíveis a anestesias e medicamentos, exigindo maior atenção dos veterinários e seus donos quando tratamentos médicos são necessários. Alguns gatos da raça apresenta sensibilidade ao frio ou mudanças climáticas repentinas. Apesar disso, a raça é considerada saudável e sem problemas de saúde de ordem genética.


História do Egyptian Mau

Conta a lenda que Cleópatra era sempre acompanhada por um gato da raça Egyptian Mau. Essa raça muito provavelmente se originou de alguma espécie de gato selvagem do planalto africano, mas foi de fato desenvolvida pelos egípcios. Comprovadamente, a raça era mumificada no Antigo Egito, além de ser venerada, protegida e representada nas artes do povo egípcio. Dessa maneira, o Egyptian Mau seria uma das raças mais antigas do mundo.

Sua chegada a Europa aconteceu apenas nos anos de 1950, quando uma princesa russa levou gatos da raça do Cairo para a Itália, país no qual vivia exilada. Natália Troubetskoï exibiu uma das suas fêmeas Egyptian Mau em Roma e levou esses gatos consigo quando se mudou para os Estados Unidos, onde iniciou a criação da raça. Logo o Mau Egípcio ganhou popularidade e outros criadores pelos país, no entanto, a raça é menos popular na Europa.


Características do Egyptian Mau

Algumas pessoas podem considerar o Egyptian Mau um gato tímido e reservado, o que de fato ele é quando não conhece uma pessoa, no entanto essa raça se mostra incrivelmente dedicada e fiel ao seu dono. Ambientes barulhentos não são os preferidos do Mau Egipcio, uma vez que ele possui sentidos muito aguçados e barulhos desagradáveis o incomodam. A raça é ágil e veloz, gostando de possuir alguma forma de gastar energia, apesar de não ser extremamente ativa.

Se um Egyptian Mau está em seus planos espere por um gato de fácil manutenção, que cumpre bem o papel de felino, mas que adora a atenção humano quando a quer, não aceitando ser deixado de lado. O gato dessa raça presume que é o centro do seu mundo – influência dos egípcios que o veneravam? – e que seu carinho é só dele.

Raça verificada por:

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Raças Relacionadas

  • Abyssinian

    O Abyssinian é um gato com ares um pouco selvagens, devidos aos seus olhos e sua pele...

    Leia Mais
  • Bengal

    O Bengal, ou também conhecido como Gato de Bengala, é famoso pelo padrão e coloração de...

    Leia Mais
  • Bobtail Japonês

    O Bobtail Japonês, também chamado de Japanese Bobtail, exala confiança, curiosidade,...

    Leia Mais
  • Burmês

    O Burmês é uma raça antiga, provindo da Birmânia. É um gato muito sociável e...

    Leia Mais