Setter Irlandês Vermelho e Branco - As Raças de Cães | CachorroGato

Guia de Raças

Setter Irlandês Vermelho e Branco

Quero esta raça

Ficha do Setter Irlandês Vermelho e Branco

Setter Irlandês Vermelho e Branco

O nome dos cães do tipo Setter vem do verbo em inglês set, que em um de seus muitos significados faz referência à ação do cão de encontrar/apontar a presa. Devido à sua grande velocidade e seu olfato muito apurado, o Setter Irlandês Vermelho e Branco, assim como o Setter Irlandês Vermelho (que surgiu dessa raça), são dois excelentes cães de apontar e recuperar a presa em uma caçada.

 

Origem

São conhecidas várias teorias sobre as origens do Setter Irlandês Vermelho e Branco e não se sabe até hoje qual é a mais próxima da realidade. Há quem acredite que essa raça foi criada a partir do cruzamento de Spaniels brancos, Spaniels vermelhos e Pointers, a fim de criar uma raça de cães de caça que fossem belos e tão eficientes quanto bonitos. Por outro lado, muitos outros aficionados afirmam que eles são descendentes dos cães trazidos para o continente pelos romanos, entre tantas outras teorias. Apesar dessa divergência de informações, o que sabemos de fato é que o Setter Irlandês Vermelho e Branco já era reconhecido por esse nome na Europa desde o final do século XVIII. Por trás de uma rigorosa seleção entre os vários Setters Irlandeses Vermelhos e Brancos que existiam, foi criado o Setter Irlandês Vermelho, que logo eclipsou o seu irmão bicolor e segue até hoje dessa forma.

Devido ao grande sucesso do seu irmão, o Setter Irlandês Vermelho, no século XIX o Setter Irlandês Vermelho e Branco quase havia desaparecido e não foi até 1944, ano em que foi criado o “Irish Red and White Club”, que a raça começou a se recuperar, porém ainda assim a variedade puramente vermelha é a mais popular e a mais procurada entre as duas raças.

 

Comportamento

Cães da raça Setter Irlandês Vermelho e Branco são muito doces, agradáveis, bastante afetuosos e um pouco independentes, muito valentes e às vezes são um bocado impulsivos. Eles gostam muito de brincar com as crianças e se dão relativamente bem com outros animais, só sendo bastante reservados com pessoas estranhas. Para essa raça é essencial agradar seus donos, estar integrado no ambiente familiar o tempo todo e principalmente não ser deixado sozinho, coisa que eles não suportam nem por pouco tempo. Se for fazer alguma viagem, sempre considere a idéia de levá-lo consigo, essa raça vai adorar conhecer novos lugares e estar junto com a família durante esses passeios.

 

Aspecto

O Setter Irlandês Vermelho e Branco é um cão muito atlético e com um peito bem profundo. Essa raça tem a cabeça arredondada, com um stop bastante marcado e suas orelhas são inseridas no nível dos olhos, ficando bem próximas à cabeça, sendo recobertas por uma franja mais comprida que o pelo no resto do corpo. A cauda tem uma longitude moderada, é larga na base e vai se estreitando até chegar à ponta. Seu corpo está recoberto por um pelo que é bem longo, ligeiramente ondulado e bastante sedoso, com franjas atrás dos membros anteriores e posteriores, iguais as das orelhas. A sua cor de fundo é branco com manchas uniformes de um tom vermelho.

 

Cuidados específicos

Setter Irlandês Vermelho e Branco é um cão muito energético, que precisa correr ao ar livre todos os dias para poder se desenvolver bem e manter o seu caráter bem equilibrado. O ideal seria que ele pudesse passar o máximo de tempo em um grande jardim ou quintal e que seus donos dedicassem horas de passeios e jogos a eles para que possam gastar as suas energias.

Essa raça tende a adquirir maus hábitos com rapidez, então é muito aconselhável que desde que o filhote chegar a sua casa o dono se mostre autoritário e firme em sua educação, sem hesitar para não dar chances ao cão de contestar quem é que está no comando da casa. Para manter a sua pelagem em excelentes condições, sempre limpa e brilhante, o seu dono deve escovar o cão diariamente, com mais freqüência nas épocas de muda, podendo chegar a fazer isso até duas vezes por dia.

Por gostar muito de correr e caçar ao ar livre, e também graças à sua pelagem longa, o Setter Irlandês Vermelho e Branco tem uma tendência de criar nós em seus pelos, principalmente na região das franjas, além de que pequenos galhos e folhas que podem ficar presos ali. Por isso é indispensável que após os seus passeios o seu dono passe um tempo escovando e retirando qualquer coisa que possa ter prendido nele, prestando atenção em possíveis espinhos ou qualquer outra coisa que possa machucar seu cão e que possa estar enroscada em sua pelagem.

 

Saúde

O Setter Irlandês Vermelho e Branco, que é uma das raças de cães que amadurece lentamente, e por isso ele pode sofrer de problemas nos ossos e nas articulações, principalmente a temida displasia coxofemoral.




História do Setter Irlandês Vermelho e Branco

O Setter Irlandês Vermelho e Branco é o mais antigo das duas raças de Setters que são originárias da Irlanda, sendo a variedade que depois deu origem ao Setter Irlandês Vermelho, a raça mais conhecida mundialmente entre as duas.

Após a criação do Setter Irlandês Vermelho, o Setter Irlandês Vermelho e Branco foi deixado de lado de tal maneira que se tornou extremamente raro e, no século XIX, quase desapareceu, chegando a ser considerado extinto em algumas regiões.

Não foi até 1944que foi criado o “Irish Red and White Club”, o que garantiu o renascimento da raça, que apesar disso continua sendo menos comum que seu irmão vermelho, porém agora não corre riscos de desaparecer.


Características do Setter Irlandês Vermelho e Branco

O Setter Irlandês Vermelho e Branco é um cão que foi criado para a caça, apesar de sua aparência exuberante com seu pelo sedoso e encaracolado e suas franjas nas orelhas e patas, sendo um ótimo cão para encontrar e recuperar a caça para o seu dono e caçador.

Os cães da raça Setter Irlandês Vermelho e Branco possuem características típicas dos Setters durante a caça e também fora dela. São extremamente carinhosos e amorosos, adoram brincar com as crianças e acima de tudo gostam de estar junto da família. Porém eles também podem ser bastante teimosos e obstinados, às vezes até impulsivos, portanto é bom que seu dono seja firme em sua criação desde o começo, sem deixar de ser carinhoso com ele.

Cães dessa raça não gostam e nem devem ficar muito tempo sozinhos, pois são altamente ligados aos humanos e ao convívio familiar, portanto o mais aconselhável é levá-lo junto nos passeios familiares e viagens sempre que for possível, o que vai ser retribuído com muita diversão e animação por parte deles.

Raça verificada por:

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Raças Relacionadas