Hungarian Puli - Saiba mais no Guia sobre Raças de Cães | CachorroGato

Guia de Raças

Puli

Hungarian Puli

Quero esta raça

Ficha do Puli

Puli

Pode-se resumir os cães da raça Puli, também conhecidos como Hungarian Puli, como uma bolinha de pelo, onde apenas a língua e a cor são fatores que podem classificá-los. Não é possível ver seus olhos, ouvidos e pela quantidade de pelos, parece não ter pescoço nem cauda.

Origem

Como acontece com muitos cães, as origens do Hungarian Puli são incertas. Acredita-se que os ancestrais dele são antigos cães pastores húngaros. Alguns viajantes levaram o Puli para a Bacia de Carpátos, para ajudar a organizar o rebanho. Sua função era manter os animais juntos. Por volta do início do século XX um verdadeiro ponto de viragem para a raça veio quando ele foi redescoberto, mas sua atividade foi reduzida na vida do rebanho e eles passaram a ser considerados cães de casa.

Comportamento

O Puli é um cão muito animado, insolente, amigável, teimoso, observador e inteligente. É independente e seletivo, não gosta de exercícios longos e repetitivos. Preferem brincar e sair para passear. São muito desconfiados com estranhos, mas afetuosos com seus donos e com crianças.

Aspecto

Depois de 3 ou 4 anos, quando sua camada está totalmente desenvolvida, o Puli fica como uma capa de massa de renda e peluda, com quatro pernas. Tem uma cabeça pequena e redonda, os olhos e as orelhas são médios. Seu pelo parece lã, grosso e emaranhado.

Cuidados Específicos

A tendência dos pelos do Hungarian Puli é formar cordões e tranças completamente naturais. Tudo que você tem a fazer é impedir que isso aconteça. Não é aconselhável levá-los para tomar banho frequentemente, pois isso altera a textura de seus cabelos. Se deixá-lo muito tempo sozinho, é possível que ele comece a latir como forma de mostrar seu tédio.

Saúde

O Puli é bastante resistente à doença, porém seus pelos, se forem mal cuidados, podem trazer problemas de pele, como dermatites.


História do Puli

O primeiro Puli apareceu mais de 1.000 anos atrás, quando os magiares foram transferidos para a Hungria. Entre os seus cães pastores estão o Komondor, o Kuvasz e, o menor, Puli. Possivelmente derivado do Terrier Tibetano, seu trabalho era cuidar do rebanho, enquanto o Komondor guardava o perímetro.


Características do Puli

O "Bob Marley" húngaro!

Cães da raça Puli são adaptáveis, se ajustando facilmente a novas situações e pessoas. No entanto, é naturalmente desconfiado com estranhos, podendo ser um excelente, porém contido, cão de guarda. É inteligente, atlético e um bom saltador, por isso segure-o na coleira.
Seus pelos crescem naturalmente em cerca de nove meses. Mas, eles precisam ser separados à medida que crescem para evitar um efeito desagradável que também pode sufocar a pele do cão. O banho é normal, como em qualquer outra raça, porém demoram até 24 horas para secar. Por isso, o ideal é a combinação: toalha + secador.

O cachorro Hungarian Puli pode viver até 14 anos e os problemas de saúde mais comuns são os de visão, auditivos e displasia coxofemural, mas esta é uma raça relativamente saudável. Lembre-se que, para fazer um cão da raça Puli feliz, é necessário passeios e jogos ao ar livre.
O Puli é um excelente companheiro e útil para a família. Ele também é inteligente, obediente e fácil de treinar. A inteligência, por vezes, pode levar a melhor sobre ele, fazendo-o parecer teimoso ou de espírito independente. Com formação adequada e de socialização, ele vai realmente brilhar. No geral, os Pulis são confiáveis e companheiros.

Raça verificada por:

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Raças Relacionadas