Podengo Português - Guia Completo sobre Raças de Cães | CachorroGato

Guia de Raças

Podengo Português

Quero esta raça

Ficha do Podengo Português

Podengo Português

A origem do Podengo Português é provavelmente nas raças primitivas de cães de caça multivalentes, usados e espalhados pelos mercadores fenícios durante a circunavegação da África por volta do ano 600 a.C, alcançando Portugal por volta do ano 700 a.C, o que pode ser provado por artefatos evidenciais encontrados embaixo da Catedral de Lisboa.

 

Origem

Os mercadores fenícios viajavam e negociavam na região entre a Península Ibérica e a Inglaterra, o que torna totalmente possível que tenham sido eles que trouxeram os seus valiosos cães de caça com eles, não apenas para caçar, mas também para serem comercializados na região. A distribuição de especiarias pelos rios da região sul da Península Ibérica para as cidades e centros de comércio na ilha de Ibiza provavelmente resultou na distribuição dos ancestrais do Podengo Português nessa região, também.

Quando os mouros invadiram e ocuparam a Península Ibérica – Espanha, Portugal e França – e permaneceram lá do começo do século VIII até a metade do século XII, eles trouxeram sua própria versão desses cães primitivos, o que misturado com os cães que já estavam na região, resultaram nas raças ibéricas conhecidas hoje, como o Podengo Português em Portugal e o Ibizan Hound e o Galgo Espanhol na Espanha.

Os cães da raça Podengo Português foram desenvolvidos em três diferentes tamanhos em Portugal, o maior deles sendo o Podengo Grande, que foi desenvolvido para a caça de veados e javalis selvagens; eles cansariam suas presas e deteriam-nas durante a caçada, esperando pela chegada do caçador armado. O Podengo Grande hoje em dia é bastante raro em seu país de origem.

O Podengo Médio foi desenvolvido para perseguir, deter e recuperar coelhos, possuindo um estilo de caça que inclui não apenas uma completa caçada desenfreada atrás da presa como também uma perseguição de estilo felino como de um gato, espreitando e pulando em matas densas e cavando em fendas rochosas para encontrar suas presas. O Podengo Pequeno foi selecionado para ser um caçador de ratos nas caravelas portuguesas por volta do século XV.

Apesar dos Podengos Portugueses e Podengos de outros países da Europa serem relativamente novos nos Estados Unidos, os caçadores portugueses nos Estados Unidos (em Nova Inglaterra, descendo a Costa Oeste e na Califórnia) sempre tiveram seus Podengos de caça. O primeiro bando que foi importado inteiro para os Estados Unidos foi apenas no final de 1800.

 

Comportamento

A maioria dos Podengos em Portugal são membros ativos de bandos de caça, mesmo na atualidade. Os cães dessa raça são animados, ágeis, brincalhões, alertas, bastante inteligentes e por tudo isso nem sempre são muito fáceis de treinar. Esses cães são independentes e mesmo assim ainda demonstram bastante carinho e amor por sua família, às vezes podendo se mostrar um pouco suspeitos com estranhos.

Para poder aproveitar ao máximo o seu Podengo Português você deve começar criando o seu Podengo de uma forma que eles sejam os mais relaxados e tolerantes que conseguirem; isso é possível se dedicar seu tempo para levá-los para aulas de treinamento e providenciar que eles se socializem com pessoas e outros cães o quanto antes. As três variedades do Podengo Português são utilizadas como cães de caça, de companhia e também como cão de guarda.

 

Aspecto

O Podengo Português possui uma cabeça em forma de triângulo, com a base larga e as extremidades bastante afinadas. O stop é pouquíssimo definido e o cão possui uma trufa proeminente na ponta, sendo sempre de uma cor mais escura que a da pelagem do cão. Seu focinho é pontiagudo, com uma aparência um pouco curvada quando visto de frente, mas de perfil é possível observar que ele é reto. Seus olhos pequenos e pouco salientes possuem uma expressão bastante vivaz, com uma cor que pode variar entre o mel e o castanho, dependendo do tom de sua pelagem. Suas orelhas triangulares são inseridas obliquamente na mesma direção dos olhos, portadas retas, podendo ser verticais ou um pouco inclinadas para frente, mas nunca dobradas.

Seu pescoço deve unir a cabeça e o tronco do Podengo Português de uma forma harmoniosa, sendo bastante musculoso, forte, reto e comprido. Nos cães dessa raça é importante que tanto a sua linha superior quanto o dorso e o lombo sejam sempre retos. Seu dorso é comprido e o lombo largo e bastante musculoso. O seu peito é largo, descendo até os cotovelos do cão. A cauda desses cães deve ser mantida em seu estado natural, inserida alta; assim como o resto do corpo desse cão ela é forte, com um comprimento médio e bastante grossa e pontiaguda. Sua cauda não deve se enrolar quando está em repouso nem quando está se movimentando, mas ela pode ser um pouco arqueada ou dobrada na vertical como uma foice quando o cão está em ação.

 

Cuidados específicos

O Podengo Português deve ser escovado ocasionalmente para retirar os pelos mortos e manter a sua pelagem bonita, limpa e saudável.

 

Saúde

Não existem predisposições genéticas conhecidas da raça para problemas de saúde específicos.

 


História do Podengo Português

Acredita-se que o Podengo Português tenha origem nos cães que foram trazidos para a Península Ibérica pelos romanos e mercadores fenícios, usados não apenas para a caça como também como moeda de troca com os habitantes da região. A mistura final ocorreu com os cães trazidos pelos mouros em suas invasões à Península no século VIII, que ao cruzarem com os cães da região deram origem às raças conhecidas daqueles países, como o Galgo Espanhol e o Podengo Português.

Desses cruzamentos foram desenvolvidas três variedades de Podengo Português, os Podengos Pequeno, Médio e Grande. Essa última variedade é bastante rara hoje em dia em Portugal. O Podengo Português pequeno foi o último a ser criado, com um propósito específico em mente – o Podengo Pequeno era utilizado nas embarcações portuguesas para caçarem os ratos que invadiam as embarcações.




Características do Podengo Português

O Podengo Português é um cão bastante ágil, que, ao contrário do que aconteceu com muitas raças que eram utilizadas para a caça na Europa, continua sendo utilizado com esse propósito; a maioria dos cães dessa raça faz parte de algum bando de caça em seu país de origem.

Os cães da raça Podengo Português são inteligentes, independentes e bastante animados, o que os tornam além de tudo ótimos cães de companhia. Seu temperamento alerta também o torna um cão bastante utilizado e respeitado como cão de guarda.

Raça verificada por:

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Raças Relacionadas

  • Akita

    No Japão o Akita Inu é considerado como parte do patrimônio natural nacional, assim como...

    Leia Mais
  • Akita Americano

    O Akita Americano, conhecido também como Grande Cão Japonês, é um cão muito limpo,...

    Leia Mais
  • Basenji

    O Basenji é certamente o cão mais malicioso dentre todos e não late, pois há quem diga...

    Leia Mais
  • Cão Pelado Mexicano

    OrigemO Cão Pelado Mexicano também é conhecido como Xoloitzcuintle, um nome que faz...

    Leia Mais