Mastiff - Saiba mais neste Guia sobre Raças de Cães | CachorroGato

Guia de Raças

Mastiff

Quero esta raça

Ficha do Mastiff

Mastiff

Se você pensa que Labradores Retrievers são pequenos demais, procure um Mastiff. Enormes e às vezes desajeitados, esses cães têm uma personalidade amável e carinhosa, que os torna essencialmente um “gigante gentil”.

 

Origem

O Mastiff é uma das raças mais antigas, acredita-se que seus ancestrais foram Mastins do Tibet introduzidos na Europa no século VI a.C. Os romanos o utilizavam como cães de combate para lutar contra touros, leões e ursos.

 

Comportamento

É uma raça tranquila, afetuosa, sensível, pacífica e bondosa. Adoram estar com pessoas que os mimem. São muito pacientes com crianças e conscientes de que são fortes e que as crianças são frágeis. Esse cão é compreensível e pensa lentamente, então precisa que o dê tempo para que aprenda.

Os adultos podem chegar a sofrer problemas de autoconfiança, por isso o dono tem que ser sensível e paciente com eles.

 

Aspecto

O Mastiff é um cão grande de constituição retangular. Tem uma cabeça grande, larga e plana, olhos pequenos, escuros e bem separados. Suas orelhas são pequenas e em forma de “V”. A cauda é alta e chega ao garrote. Seu pelo exterior é grosso e entre médio e curto, o sub-pelo é curto e bem colado ao corpo.

 

Cuidados específicos

Ainda que não seja uma das raças mais ativas, o Mastiff precisa de um bom quintal para se mover, o que pode durar horas. Como com todo cão, é importante levá-lo para se exercitar e para passear.

É importante que tenham uma cama macia, já que, devido ao seu peso, algumas zonas como os cotovelos ou as pontas dos calcanhares podem se esfolar e criar calosidades.

Também deve-se tomar cuidado com dobras na pele, sobretudo ao redor da cabeça, já que são lugares que podem facilmente dar origem à infecções.

 

Saúde

Os problemas que foram notados na raça são ectrópio, torção de estômago, membranas pulmonares persistentes, displasia de retina, cálculos renais e hiperplasia vaginal.


História do Mastiff

De acordo com algumas fontes, cães Mastiff (também conhecidos como Old English Mastiffs) foram levados para a Inglaterra por invasores romanos milhares de anos atrás. Outra teoria é de que fenícios os levaram para a Grã Bretanha na mesma época. De qualquer forma, Mastiffs tem sido criados na Inglaterra por mais de 2000 anos, como exemplares cães de pastoreio, cães de guarda, de polícia e de companhia. Por volta de 1940 eles sofreram uma queda na popularidade na Inglaterra, mas entusiastas da América sustentaram a raça e ajudaram a reestabelecer o número deles ao redor do mundo.

Existem poucos cães que possam ser comparados ao Mastiff quando se trata de proteger a família. Eles vem sendo usados como cães de guarda por milhares de anos. Apesar disso, é mais provável que eles assustem o intruso com seu tamanho intimidante – eles não são do tipo que faz estardalhaço a não ser que seja uma ameaça real.

Mastiffs raramente latem ou fazem algum barulho. Quando você chegar em casa, com certeza encontrará o seu Mastiff deitado em uma cama ou sofá, com a cabeça levantada preguiçosamente para te saudar. Se conseguir tirá-lo do sofá, eles sempre brincam de rolar pelo tapete.


Características do Mastiff

Responsivos e obedientes, cachorros da raça Mastiff também tem uma dignidade quieta e uma inteligência serena que os fazem parecer quase joviais.

Vista de qualquer ângulo, o contorno da cabeça do Mastiff parece bem quadrado. A largura do crânio é igual a dois terços da longitude total de sua cabeça. O corpo é maciço, largo, alto e longo, de constituição forte. As extremidades estão bem separadas e aprumadas. A musculatura é claramente desenvolvida.

Mastiffs são resultado de uma combinação entre nobreza e coragem. São tranquilos, afetuosos com seus donos, porém bons guardiões. Alguns deles podem chegar a pesar 100 kg e por isso podem se tornar difíceis de manejar. Levá-los para passear e entrar e sair de carros pode levar um pouco mais de tempo e força. Contudo, você não tem que ser necessariamente forte para manejar um Mastiff – eles obedecem comandos e tem um jeito gentil sobre eles – mas você precisa de tempo e paciência (e espaço) para fazê-los felizes.

Eles estarão bem vivendo em apartamentos enquanto sejam levados para passear regularmente. Alguns podem se tornar um tanto preguiçosos, mas é importante que você os encoraje para saírem do sofá e irem passear com você do lado de fora. Não se esqueça de sempre mantê-los presos por uma coleira quando estiverem em público.

 

Raça verificada por:

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Raças Relacionadas