Griffon Belga - Saiba mais no Guia sobre Raças de Cães | CachorroGato

Guia de Raças

Griffon Belga

Quero esta raça

Ficha do Griffon Belga

Griffon Belga

O Griffon Belga é quase idêntico ao Griffon de Bruxelas, o que os difere são dois tipos de cores. Preto com castanho e preto com vermelho não são vistas nos cães da raça de Bruxelas, que têm pelagem áspera, grossa e avermelhada. 

 

Origem

O Griffon Belga, Bruxelas e Petit Bragançon, têm sua origem em comum. Estes três filhotes vêm de cães pequenos conhecidos por vagarem roubando estábulos europeus.

Na Bélgica, foram altamente valorizados e durante o século XIX, responsáveis por melhorar a raça nos cruzamentos com cães de raças estrangeiras. Embora os três sejam considerados variedades distintas da mesma raça, o Petit Bragançon parece quase uma raça diferente. 

Eles são cães caçadores de ratos, vivem muito bem dentro de casa e são caninos de companhia de baixo custo.

 

Comportamento

É um cão curioso, animado, engraçado, alegre e atento ao que está acontecendo ao seu redor. O Griffon Belga é um cão amável com todos, se dá bem com outros cães e até mesmo com gatos. Inteligente e fácil de treinar, carinhoso, tranquilo e sente um grande apego a sua família. Alguns podem ser barulhentos, mas será devido ao tédio ou solidão. 

 

Aspecto         

Cães da raça Griffon Belga são pequenos, têm corpo curto e atarracado e suas cabeças são grandes e redondas, com a boca pequena. Têm sobrancelhas grossas alguns tufos de pelos. Bigode embaixo do nariz e barbas no queixo. Seu pelo é curto, liso, brilhante e nada áspero.

 

Cuidados Específicos

Sendo um cão de pequeno porte, o Griffon Belga se adapta bem à vida interior, mas necessita andar livremente no campo. Se você não estiver devidamente instruído, pode tornar seu cão muito guloso e propenso a sofrer de excesso de peso. Recomenda-se escovações diárias e levá-lo regularmente ao salão.

 

Saúde

É um cão que não tem problemas de saúde específicos, embora alguns tendam a desenvolver problemas respiratórios ou lesões oculares.


História do Griffon Belga

Originário de cães pequenos que vagavam roubando estábulos europeus, o Griffon Belga tem sua descendência em comum com o de Bruxelas e os cães Petit Bragançon.

Nascidos na Bélgica, assim como o próprio nome sugere, esses cães foram muito valorizados e responsáveis por melhorar a raça nos cruzamentos com caninos de raças estrangeiras durante todo o século XIX.

Mesmo sendo considerados excelentes caçadores de ratos, os Griffons Belga vivem muito bem dentro de casa e são cães de baixo custo.


Características do Griffon Belga

Se você procura um cão amável com todos, inclusive com outros cães e gatos, o Griffon Belga é a opção ideal. Curioso, animado, engraçado, alegre e atento ao que está acontecendo ao seu redor.

Inteligente, fácil de treinar, carinhoso, tranquilo e de grande apego a família, esse Griffon pode se tornar muito barulhento quando fica entediado ou solitário.

Diferenciado do cão de Bruxelas apenas por dois tipos de cores, o Griffon Belga não tem pelo áspero, grosso e avermelhado. Normalmente é encontrado nas cores preto com castanho e preto com vermelho.

Pequenos, com corpo curto e atarracado, cabeças grandes e redondas com boca pequena, esses Griffon têm sobrancelhas grossas com alguns tufos de pelos. Bigode embaixo do nariz e barbas no queixo, pelo curto, liso, brilhante e nada áspero.

São animais que não possuem problemas de saúde específicos, embora alguns tendem a desenvolver problemas respiratórios ou lesões oculares. Sua expectativa de vida pode chegar a 14 anos.

Se você mora em apartamento, fique tranquilo, pois cães dessa raça são facilmente adaptados à vida interior. Porém, são animais que necessitam andar livremente em jardins ou parques.

Tenha cuidado com a alimentação de seu cãozinho. Se o Griffon Belga não estiver devidamente adestrado quanto à sua alimentação pode tornar-se um cão guloso e propenso a sofrer de excesso de peso. O recomendado são cerca de 100 a 150 gramas de ração diariamente.

Quando o assunto é estético, também não se preocupe. Levar seu cãozinho regularmente ao salão e boas escovações diárias são a solução ideal para um bom cuidado.

Raça verificada por:

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Raças Relacionadas