Chow-chow Pelo Longo - Guia Completo das Raças de Cães | CachorroGato

Guia de Raças

Chow-chow Pelo Longo

Quero esta raça

Ficha do Chow-chow Pelo Longo

Chow-chow Pelo Longo

O Chow Chow Pelo Longo, mais que um cão teimoso e independente, parece a cruza entre um leão cabeludo e um suave e peludo ursinho de pelúcia. Também por sua aparência, essa bola de pelo se destaca por sua segurança e dignidade, qualidades que ajudam a ressaltar ainda mais seu porte leonino e seus modos aristocráticos.

Origem

O Chow Chow Pelo Longo é conhecido na China há, pelo menos, 2000 anos, mas só começou a se popularizar fora do país a partir de 1800. Na China era utilizado como cão de guarda, pastor, de companhia, de caça e, infelizmente para eles, como comida (prática que foi proibida em 1915).

Comportamento

É um cão muito tranquilo, distante e independente, mas pode ser muito leal e apegado ao seu dono. Apenas manifesta afeto se o sentir profundamente. É um cão que desconfia de estranhos, valente e estoico a dor. O aspecto de bonzinho não tem nada a ver com seu caráter, ele pensa antes de obedecer e não perdoa que o dono seja bruto com ele.


Aspecto

O Chow Chow Pelo Longo é um cão robusto, bem proporcionado e de costas curtas. É único pela cor negra azulada de sua língua. Tem as orelhas pequenas, o nariz largo e a cauda alta e curvada sobre as costas. Existem exemplares de pelo curto e de pelo longo.

Cuidados específicos

É importante educar o Chow Chow o quanto antes, com suavidade, paciência e compreensão, mas sempre com firmeza.

Também é preciso desembaraçar seu pelo todos os dias com um pente de metal e dar banho a cada seis meses. Pode viver dentro de casa e dormir tanto no chão da cozinha quanto no banheiro. Precisa fazer exercícios regulares.

Devido a sua pelagem espessa, não é um cão adequado para viver em climas quentes demais.

Saúde

É recomendado passear com ele sem arnês, já que pode provocar problemas em seus ombros.


História do Chow-chow Pelo Longo

São incontáveis as lendas que envolvem as origens desse bonito cão de aparência única e impossível de copiar. Sua origem nebulosa e sua aparência pouco comum permitiram que se vinculasse de forma mística e fantasiosa com todo tipo de animais fora da classe canina. Uma das lendas mais frequentes é a que assegura que o cachorro de raça Chow Chow Pelo Longo é descendente dos ursos e não de lobos.

Não há nada que demonstre a suposta relação dele com o urso, mas aqueles que afirmam isso citam a seu favor muitas características que essa raça compartilha somente com eles. Os que apoiam essa teoria afirmam que o ancestral do Chow é um animal primitivo e selvagem que está extinto atualmente.

É conhecido que todos os outros cães são descendentes dos progenitores do lobo, o que explica – de acordo com os teóricos que afirmam o parentesco do urso com o Chow – porque a maioria dos cães, em seu primeiro encontro com eles, se afastam ou se preparam imediatamente para um ataque.

Quando se detém a pensar na natureza independente do urso, em sua língua azul e sua pomposa maneira de andar – também características do Chow Chow Pelo Longo – é possível entender de onde surgiu essa teoria. Também deve se levar em consideração a grande semelhança do ursinho com o Chow. Só por isso já se pode perguntar se a mãe natureza não fez um irônico giro na evolução dessa raça.

Apesar da China sempre proclamar que o Chow Chow Pelo Longo é uma raça canina própria, os documentos históricos chineses encontrados se referiam claramente a esse cão como o “Chow estrangeiro”. Esse detalhe apoia o resto de uma investigação mais científica que revela que o Chow Chow Pelo Longo teve origem no Ártico e, dali, migrou até a China com tribos bárbaras que frequentemente a invadiam no século XI a.C.

Esses invasores bárbaros possuíam cães de tamanho formidável que, seguindo as descrições, tinham a língua negra e eram tão ferozes que podiam derrubar homens como se fossem bonecos de palha. Muitas vezes esses cães guerreiros pareciam com leões não só pela cor, mas também pela aparência de sua cabeça. Também tinham garras e madeixas peludas em forma de colar.

Apesar de a longa história do Chow Chow Pelo Longo na China poder ser identificada através de suas imagens em bronze e pinturas, uma grande parte da memória documentada da raça desapareceu no ano 225 a.C. quando, cruelmente, o imperador Chin Shih destruiu quase toda a literatura chinesa. Os arquivos que sobreviveram adicionam alguns detalhes interessantes às antigas descrições dos cães guerreiros.

Estes escritos garantem que esses cães eram completamente diferentes dos de outras raças caninas, com suas cabeças grandes e largas, seus focinhos curtos e olhos pequenos. Eles ainda observavam que os lábios deles não ficavam sobrepostos um ao outro e sim apenas se tocavam, o que os dava uma expressão de mau humor muito particular.

Com o passar dos séculos, a natureza feroz da raça se suavizou e puderam designar tarefas mais domésticas como cão de caça, pastor, guardião da propriedade e, infelizmente para eles, como alimento para a família.

Na China a palavra vulgar para algo comestível é “Chow”. Os cães destinados a esse propósito eram considerados uma refeição fina. Desse modo, a carne de cachorro foi vendida e consumida na China e na Coréia até 1915 quando tal ato foi proibido por lei.

Segundo ditados na China as razões disso são puramente práticas e se encaixam com as características dos Chow Chows: quanto mais retas forem as extremidades posteriores, mais abundante seria a carne e quanto mais a azul a língua, mais terna e deliciosa ela seria.

Não há duvidas que assim que o primeiro navio britânico ancorou em um porto chinês, os marinheiros ingleses ficaram fascinados diante do número de curiosidades que encontraram naquele país. E uma dessas curiosidades raras que mais chamou as atenções foi esse cão com aparência de urso leão, algo que nunca haviam visto antes. Não é de se estranhar, então, que os marinheiros ingleses levaram essa curiosidade canina em suas viagens de volta para a Inglaterra. Os primeiros Chow Chow chegaram à Grã Bretanha em 1780.

Foi nas mãos de ingleses ricos e cheios de títulos que a raça floresceu. Seus criadores podiam sustentar enormes canis e funcionários com o talento necessário para cuidar deles.

À medida que os anos se passaram, esses exóticos e poderosos cães chegaram a ser conhecidos não só na Europa, mas também na América. Na Europa, a posse de um desses cães comestíveis e selvagens da China chegou a se tornar um toque de distinção entre as classes afortunadas. Apesar dos altos preços que se pagava por eles na Europa, a raça não foi aceita por criadores sérios até muitos anos depois disso.

Na Europa, o Chow Chow Pelo Longo se viu forçado a sobreviver aos devastadores efeitos das duas Guerras Mundiais. Com essa determinação tão tipicamente inglesa, os criadores não só ajudaram a raça a atravessar a mais terrível das épocas, como a conduziram a um brilhante nível de qualidade pouquíssimo depois da Segunda Guerra Mundial. Sem nenhuma dúvida o Chow Chow Pelo Longo deve sua posição de destaque mundialmente não só aos ingleses, como também os grandes aficionados daquele país que receberam o “cão selvagem comestível da China” e o converteram na adorável e respeitada raça que é hoje.


Características do Chow-chow Pelo Longo

Os Chow Chow aprendem rápido, mas isso não quer dizer que obedecem de imediato. Leva tempo e paciência para educar e criar bem um Chow Chow Pelo Longo.

Toda a história dessa raça teve um laço estreito com os humanos, mas ela nunca sentiu uma necessidade de dedicar muita atenção às pessoas que os cercam. O Chow Chow Pelo Longo tende a ser um cão de uma pessoa só, ou em outros casos, de uma só família. Os visitantes podem ser bem recebidos, mas não são essenciais para sua existência. É um cão caseiro que vive para estar com seu dono. Não no colo de seu dono, propriamente, mas sim perto dele, de onde possa se assegurar que não vá se meter em problemas.

Lady Dunbar of Mochrum, uma das pioneiras na criação da raça Chow Chow Pelo Longo na Inglaterra descreve-a da seguinte maneira: “...O Chow tem muitas qualidades nobres, seu coração não pode ser tomado de uma vez, mas uma vez conquistado, é seu para sempre...”. Apesar de ter sido escrita há cem anos, essa descrição do caráter do Chow Chow continua valendo.

Se deseja ter um cão que possa ser modelado para se adaptar à imagem que tem do companheiro canino ideal, essa raça não é para você. Chows podem ser guiados na direção que deseja que ele tome, mas não pode forçá-lo nem ser opressor. Sendo uma raça tão resistente, com uma constituição tão forte e com uma tolerância a incômodos tão grande, é uma raça totalmente incapaz de ser tratada com fúria. Isso os destrói e basta que seja tratado assim uma única vez para o cão mais amistoso poder se tornar um adulto neurótico e imprevisível.

Seu caráter, às vezes, é único e contraditório. Quase sempre parece que a raça vem pré-educada quanto às suas necessidades básicas. É um tipo de lição que parece desejar aprender e, uma vez aprendida, só uma catástrofe de grande porte fará com que um adulto a transgrida. Mas por outro lado é uma raça muito obstinada.

Alguns Chow Chow Pelo Longo adultos podem ser facilmente adotados por outras famílias, mas a maioria não. Muitas raças estão contentes se vivem tanto em um lugar como outro, sempre que estiverem bem cuidados e alimentados, mas com eles não é assim.
Um Chow Chow que acaba de sair do banho, elegante e com seus pelos em pleno esplendor com certeza é um belo espetáculo, mas como qualquer outro cachorro, também gosta de cavar buracos e rolar em qualquer poça. Isso requer banho, escova e também limpar a casa, porque eles trocam de pelo frequentemente.

Raça verificada por:

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Raças Relacionadas

  • Akita

    No Japão o Akita Inu é considerado como parte do patrimônio natural nacional, assim como...

    Leia Mais
  • Akita Americano

    O Akita Americano, conhecido também como Grande Cão Japonês, é um cão muito limpo,...

    Leia Mais
  • Basenji

    O Basenji é certamente o cão mais malicioso dentre todos e não late, pois há quem diga...

    Leia Mais
  • Cão Pelado Mexicano

    OrigemO Cão Pelado Mexicano também é conhecido como Xoloitzcuintle, um nome que faz...

    Leia Mais