Chihuahua - Absolutamente tudo sobre as Raças de Cães | CachorroGato

Guia de Raças

Chihuahua

Quero esta raça

Ficha do Chihuahua

Chihuahua

Chihuahua é uma das menores raças que existe. É considerado, atualmente, o menor cão do mundo registrado no Livro Guinness World Record. Mas não pense que isso os intimida. Os Chihuahuas são arrogantes e "encaram" até os cães mais grandalhões.

Origem

Sua origem é digna de polêmicas. A hipótese mais aceitável afirma que a raça vem do Techichi, um cão produzido pelos Toltecas, um povo que procedeu aos Astecas no México

Central. Em 1850 eram vendidos aos turistas americanos como cães com antigas representações, no estado mexicano de Chihuahua, que se tornou responsável pelo nome da raça.

Comportamento

A personalidade Chihuahua varia muito, dependendo do ambiente familiar que o rodeia. Pode ser amoroso, brincalhão e lunático. No entanto, é conhecido por ser um cão inteligente, obstinado, manhoso, esperto e muito atento. Gosta da companhia de cães da mesma raça.

Aspecto

Chihuahua é um cão muito pequeno e possui movimentos rápidos. Seu corpo é compacto, magro e musculoso. Tem orelhas grandes e retas. Sua cauda é longa e virada para as costas. Existem duas variedades de Chihuahuas, aquelas com pelos longos, ondulados e de pelos curtos. Todas as cores e misturas são permitidas na raça.

Cuidados Específicos

Apesar de seu tamanho pequeno e de se adaptar muito bem à vida interior, o ideal é ter um jardim para ele poder se mover à vontade. Saiba também que se você mimar muito um Chihuahua ele pode se tornar mimado, frágil, chorão e hiper nervoso.

Saúde

O Chihuahua é um cão de vida longa, podendo chegar até aos 20 anos, mas isso não significa que está imune. Fenda palatina, glaucoma secundário, luxação do ombro, hemofilia A e vários problemas cardíacos são algumas das doenças que podem atingir esses pequenos caninos.


História do Chihuahua

O Chihuahua tem nome dado por causa da cidade do México que faz fronteira com o Texas e Novo México, é a raça mais antiga do continente americano. Os historiadores acreditam que elas evoluíram a partir de um cão selvagem, chamado Techichi.

Alguns até afirmam que o Chihuahua atual se originou a partir de um cruzamento entre Techichi e um cão sem pelos, que veio da China para a América do Norte através do Estreito de Bering.

A raça foi descoberta em 1850, no México, onde os comerciantes estavam vendendo- os para turistas americanos. Eles se tornaram rapidamente populares nos Estados Unidos e em 1904 os Chihuahuas foram registrados no American Kennel Club (AKC), um dos maiores clubes de registro de genealogias de cachorro de sangue puro nos Estados Unidos.


Características do Chihuahua

Amável, leal e duradouro. Se você procura um cãozinho (no diminutivo, literalmente) com essas características, lhe apresentamos o Chihuahua. Um amigo que faz com que você nunca mais se sinta sozinho. Dorme no seu colo, senta-se ao seu lado, ou segue você de sala em sala.

Apesar da aparência frágil, quando você não está em casa, latindo tornam-se os mais eficazes cães de guarda para proteger o ambiente de qualquer perigo. Esse amor cativante e devoção, no entanto, às vezes pode evoluir para uma proteção feroz quando um Chichuahua compete por sua atenção com outros animais ou membros da família.

Eles são bem adaptáveis, seja em um apartamento, uma casa ou em um palácio. Fáceis de cuidar, os Chihuahuas precisam de cuidados e alimentação mínima. Porém não economize na atenção, eles gostam de carinho e companheirismo.

Cães dessa raça são os menores do mundo, normalmente pesando entre 1,5 kg a 3 kg e altura média de 18 centímetros. São flexíveis, resistentes e musculosos. Suas cabeças arredondadas, em forma de maçã, apresentam olhos escuros, orelhas pontudas e um focinho ligeiramente apontado.

A pelagem do Chihuahua pode ser curta, longa lisa ou longa crespa. Seus pelos são macios e brilhantes. Podem vir em praticamente qualquer cor ou combinação de cores.

A raça possui expectativa de vida longa, mas tem tendência a desenvolver problemas de saúde, como hipoglicemia, doenças articulares, infecções oculares e bronquite. Além disso, como o topo de seu crânio nunca se desenvolve por completo, deixa aparente sua moleira, que deve ser protegida.

Mesmo não precisando praticar exercícios, como os cães maiores, os Chihuahuas necessitam de passeios diários. Também gostam de se sentirem aquecidos, por isso considere a ideia de comprar roupinha para eles.

Cuidado! Mesmo sendo pequenos, eles podem ser "superalimentados". Um cão dessa raça obeso pode ser mais vulnerável a doenças como diabetes, o que torna sua expectativa de vida mais curta.

Por fim, uma dica: o Chihuahua é arrogante mesmo sendo pequeno. Tome cuidado com passeios ao parque, ele não tem medo de enfrentar cães maiores.

Raça verificada por:

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Raças Relacionadas