Cesky Terrier (Terrier Checo) - Guia das Raças de Cães | CachorroGato

Guia de Raças

Cesky Terrier

Terrier Checo

Quero esta raça

Ficha do Cesky Terrier

Cesky Terrier

O Cesky Terrier é um cão de caça do tipo terrier com uma boa musculatura, com pernas pequenas e bem pigmentado, que foi criado para caçar em bandos. O Cesky Terrier tem origem na República Tcheca e é considerado uma das raças nacionais do país. Dessa forma os cães dessa raça já apareceram em estampas de selos, na televisão, em livros e até mesmo em filmes.

O Cesky Terrrier, que também é conhecido por Terrier Checo, possui orelhas naturalmente caídas, uma cauda que não deve ser cortada e possui a pelagem suave, longa e sedosa em tons de cinza do carvão ao platinado.

 

Origem

Tudo começou com o Sr. Frantisik Horak, um ávido caçador e criador de Terriers Escoceses, que teve a ideia de criar uma raça de cães terriers que fossem capazes de caçar em bandos nas florestas da Boêmia, que também fossem fáceis de treinar e cuidar. Em 1949 Horak completou o primeiro cruzamento entre um Terrier Escocês e um Sealyham Terrier, o que no futuro daria origem á raça que hoje é conhecida como Cesky Terrier.

Em 1950, Horak levou os seus registros sobre esses cruzamentos para o Czech Terrier Club (FCI) e fez o pedido para nomear a nova raça como Cesky Terrier (a pronúncia correta de seu nome é “chess-key” terrier).  Em 1959 a raça foi apresentada pela primeira vez, até que em 1963 foi finalmente reconhecida pela FCI.

Perspicaz e alerta, o Cesky Terrier tem sido usado através dos anos para a caça de raposas, coelhos, patos, faisões e até mesmo javalis selvagens, mas hoje em dia ele é mais conhecido e utilizado como cão de companhia do que como cão de caça.

 

Comportamento

Os cães da raça Cesky Terrier são membros da família muito leais, que precisam de uma socialização contínua durante suas vidas já que possuem uma natureza bastante reservada com estranhos. Essa é uma raça bastante ativa e que como acontece com a maioria dos cães terriers, adora cavar.

Bastante equilibrado e sem ser agressivo, o Cesky Terrier (ou Terrier Checo) não deve ser utilizado para duelos em exposições e ringues de lutas. Ele é um cão bastante agradável e que não é tão excitável quanto ás outras raças de terriers, mas está sempre pronto para perseguir alguma coisa que o interesse.

Quando está trabalhando o Cesky Terrier pode ser silencioso e preciso e também pode trabalhar no subsolo em tocas, farejando a essência de suas presas.

 

Aspecto

O Cesky Terrier foi desenvolvido para ser um cão do tipo terrier que fosse capaz de caçar em bandos. Entre suas características físicas estão as suas pernas curtas, orelhas pendentes – que se mostram mais práticas durante a caça em tocas, por exemplo –, com um comprimento médio e inseridas alto. Sua cauda é natural, com inserção baixa, pendente quando o cão está em repouso e em forma de sabre na horizontal quando o cão está alerta. Os cães dessa raça são mais compridos que altos. Essa raça possui um stop aparente, mas que não é muito acentuado. Seus olhos são medianos, inseridos profundos, de uma forma que dá um olhar bastante amigável para o Terrier Checo.

Os cães da raça Cesky Terrier possuem a pelagem suave, longa e ligeiramente encaracolada, com um toque suave em tons de cinza que vão desde o platinado até o carvão. Apesar disso todos os filhotes nascem com a pelagem preta ou preto e marrom, porém essas cores não devem estar presentes nos cães maduros – com três anos ou mais – que já devem possuir a pelagem acinzentada. É permitido que manchas pretas estejam presentes na cabeça, orelhas, pés e cauda. Branco, marrom e amarelo é permitido em manchas na cabeça, barba, bochechas, pescoço e cauda. Apesar disso, é importante que a cor de base – em tons acinzentados – seja sempre predominante.

Para que seu pelo esteja de acordo com o padrão estabelecido ele precisa passar por um clipping – que nada mais é do que a tosa feita com tesoura e não com máquina – para enfatizar seu porte esguio – uma das principais características do Cesky Terrier são seu corpo magro e seus movimentos graciosos, que devem ser mantidos sempre.

Quando desenvolveu o Cesky Terrier, Horak tomou o cuidado de que os cães possuíssem o peito menor que o peito das suas raças mãe – o Sealyhan Terrier e o Scottish Terrier – que possuíam o peito muito profundo, o que em muitos casos atrapalhava no momento da caça. Dessa forma, o Cesky Terrier possui o peito mais cilíndrico do que profundo, o que facilita para que entrem em tocas durante as perseguições.

 

Cuidados específicos

O Cesky Terrier requer uma quantia moderada de cuidados, entre eles a tosa com tesoura – conhecida como clipping – mensalmente. Também é importante que esses cães tenham um quintal onde eles possam fazer exercícios regularmente para se manterem saudáveis mentalmente e também fisicamente.

 

Saúde

Não é conhecida nenhuma doença comum com origem genética para os cães da raça Cesky Terrier.


História do Cesky Terrier

A maioria das raças conhecidas clama possuir uma história que volta a centenas de anos atrás, até a época que se torna impossível traçar as suas origens. Porém, indo contra a tendência comum, o Cesky Terrier possui uma história bastante breve e muito bem documentada.

Frantisek Horak, o criador do Cesky Terrier nasceu no castelo de Karlova Koruma em Chlumec, Checoslováquia. Nessa região eram criados os cavalos Palomino e desde pequeno Horak queria criar essa raça de cavalo e pôneis. Quando ele tinha 9 anos, seus pais permitiram que ele começasse a criar cães e após a Segunda Guerra Mundial, em 1945, Horak seguiu seus sonhos e começou a criação de pôneis também.

Quando Frantisek Horak cresceu, ele se tornou um geneticista e durante muitos anos trabalhou na Academy of Science em Praga, Checoslováquia. Horak desenvolveu duas raças de cães – o Cesky Terrier e o Czech piebad dog – que é formalmente conhecido como Horak’s Labor Dog – porém essa raça não é reconhecida pela FCI.

O Cesky Terrier foi reconhecido como raça pela FCI em 1963. Por ser uma raça criada na República Checa ou Eslováquia, o Cesky Terrier é considerado uma Raça Nacional; por ser a mais famosa dessas raças ela já esteve presente em selos postais, televisão, livros e até em um filme.

Apesar da exportação de exemplares da raça ter sido banida por vários anos, ainda assim o Cesky Terrier se tornou uma raça bastante popular nos países escandinavos. Hoje em dia a raça está na maioria dos países da Europa e também Estados Unidos, Canadá e Austrália.

 


Características do Cesky Terrier

Conhecido por seu contorno retangular, com patas curtas e orelhas caídas, o Cesky Terrier é um cão bastante agradável e que possui a pelagem comprida e um pouco encaracolada, cobrindo o seu corpo magro, mas bastante musculoso.

O Cesky Terrier precisa sempre estar em contato com o máximo possível de pessoas, sempre socializando com elas, pois é uma raça bastante reservada com estranhos. Além disso, esses cães são razoavelmente mais calmos que outras raças do tipo Terrier, mas ainda mantém a característica principal deles; o Cesky Terrier simplesmente adora cavar.

Os cães dessa raça possuem o corpo mais comprido que alto, já que suas patas são bem curtas. Também é importante notar que os filhotes sempre nascem com os pelos pretos ou pretos e marrons e que só com o passar da idade a pelagem muda para o tom acinzentado, atingindo a sua tonalidade final quando os cães atingem a maturidade – por volta dos três anos de idade.

Raça verificada por:

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Raças Relacionadas