Cão Pelado Peruano - Guia Completo sobre Raças de Cães | CachorroGato

Guia de Raças

Cão Pelado Peruano

Quero esta raça

Ficha do Cão Pelado Peruano

Cão Pelado Peruano

O Cão Pelado Peruano é o único cão nativo do Peru, e foi reconhecido oficialmente como um patrimônio nacional do país.

 

Origem

As origens do Cão Pelado Peruano são bastante incertas, existindo várias hipóteses para explicar sua presença nesse país. Alguns experts sustentam a teoria de que esses cães chegaram da Ásia, outros dizem que eles vieram da África e ainda existem aqueles que afirmam que eles surgiram na América do Sul.

Essa raça apareceu pela primeira vez em vilas peruanas no século I d.C. Nessa época existiam duas variedades de cães peruanos, o pelado e o com pelagem e acredita-se que eles tinham a mesma origem e nasciam da mesma ninhada. Porém os Incas apreciavam mais a variedade sem pelos, os chamando de “cães sem roupas”.

Os europeus foram introduzidos ao Cão Pelado Peruano depois da descoberta da América do Sul pelos exploradores espanhóis no século XVI. Os espanhóis os chamaram de “Flower Dogs”, um nome que depois se desenvolveu e evoluiu para “Peruvian Inca Orchid”, o nome pelo qual é conhecido em várias regiões do mundo.

 

Comportamento

Essa é uma raça extrovertida, entusiasmada, afetuosa, vivaz, brincalhona e às vezes um pouco nervosa. É fiel aos seus donos, cuidadoso com as crianças e muito desconfiado com estranhos. O Cão Pelado Peruano também é muito inteligente e obediente, o que o torna bastante fácil de ser adestrado.

Apesar de ser um bom cão de companhia, o Cão Pelado Peruano também é um excelente cão de guarda, além de também gostarem de espaços abertos para poderem correr livremente e brincar.

Esses cães são tranquilos e amigáveis dentro de casa. Eles têm uma atitude digna – calmos e bem comportados – e formam laços fortes com os membros da família. O Cão Pelado Peruano é ágil e rápido suficiente para brincadeiras ao ar livre, sendo um companheiro de jogos envolvente dentro e fora de casa, mas eles também gostam de um bom tempo de sossego no sofá.

O Cão Pelado Peruano é protetor com o seu ambiente. Eles podem ser muito desconfiados com pessoas novas ou cães que não são familiares para eles e são esplendidos – para não mencionar de uma aparência única – cães de guarda. No geral eles são muito fáceis de lidar.

 

Aspecto

Existem três tipos de Cão Pelado Peruano, que variam quanto ao seu tamanho, podendo ser pequenos, médios ou grandes. O pequeno tem entre 25 e 40 cm de altura, o médio entre 40 e 50 cm e o grande entre 50 e 65 cm. Seu peso também varia, ficando entre 4 e 8 kg no pequeno, 8 e 12 kg para o cão de médio porte e 12 a 25 kg para o grande.

Como o seu nome indica, a principal característica do Cão Pelado Peruano é que ele não tem pelo, exceto em alguns casos em que os exemplares possam ter pelo na cabeça, nas extremidades ou na cauda. Suas orelhas são de tamanho mediano, largas na base e se estreitando até terminar em uma curva bem marcada. A cauda é implantada baixa, chegando a ficar quase na altura do cotovelo e quando está em repouso tem forma de gancho. Sua pele é lisa e pode ser negra, cinza, marrom ou bege, com ou sem manchas rosadas.

A raça possui um contorno leve e forte, com uma cabeça arredondada e focinho afiado, que combinam com seus olhos amendoados que tem uma expressão atenta. As orelhas dele são eretas, dando o toque final para esses cães, que no geral possuem uma aparência ágil e graciosa.

 

Cuidados específicos

Apesar dos cães da raça Pelado Peruano serem bastante resistentes, não é recomendável que sejam expostos a climas extremos. Se tiverem que ficar muito expostos à luz do sol é necessário aplicar protetor solar por todo seu corpo para que não sofram queimaduras.

Por não terem pelos, esses cães não causam alergias, não têm pulgas, trocas de pelos e são extremamente fáceis de limpar. Além disso, eles vivem muito facilmente em apartamentos, apesar de precisarem de exercícios diários, interações com humanos e seria ideal que tivessem um quintal ou jardim para poderem correr por eles. Não se esqueça de que eles não podem ficar muito tempo no sol sem protetor solar, não importa se vivem em casa ou apartamento.

 

Saúde

O Cão Pelado Peruano goza de uma boa saúde, apesar de alguns exemplares poderem sofrer de problemas de fígado, por isso é recomendado que não sejam alimentados com comidas gordurosas. Também podem padecer de problemas nos olhos, dentários e principalmente problemas de pele como queimaduras pelo sol.

Garanta que seu Cão Pelado Peruano possua roupas para se aquecer no inverno e uma boa proteção contra o calor do sol no verão. O ideal é consultar um veterinário para que ele recomende o melhor tipo de protetor solar para usar com seu cãozinho.


História do Cão Pelado Peruano

A real origem do Cão Pelado Peruano não é uma unanimidade entre os experts da raça. Parte deles tenta definir que a raça teve origem nos cães chineses, que teriam vindo para o Peru depois do presidente Don Ramón Castilla promulgou a abolição da escravatura junto com imigrantes chineses. De outro lado, dizem que esses cães têm origem nos cães pelados africanos, que teriam vindo junto com os nômades daquele continente.

Apesar das várias hipóteses sobre a origem da raça, existem registros em cerâmicas que indicam sua existência na época das civilizações anteriores aos Incas, em vários casos substituindo as representações de animais como as serpentes, pumas e falcões. Através dessas representações, é possível datar a existência do Cão Pelado Peruano na região há 300 anos a.C.


Características do Cão Pelado Peruano

O Cão Pelado Peruano pode ser de três tamanhos – pequeno, médio e grande – e as três variações devem seguir o mesmo padrão físico, sendo um cão elegante, harmonioso e esbelto. Sua pele pode variar em tons de preto ao cinza e do marrom ao bege, podendo ter manchas rosadas ou não.

Por não possuir pelagem é importante que se tome cuidado para que não passem muito tempo sob o sol sem proteção adequada, isso pode gerar queimaduras em sua pele.

Cães da raça Cão Pelado Peruano são animados, gostam de brincar e correr ao ar livre tanto quanto de ficar deitados relaxando no sofá com seus donos. São cães que gostam da companhia de seus donos e precisam passar tempo com os humanos para não se sentirem sozinhos. É um cão afetuoso e nobre e, apesar de todo o tempo que passa com os humanos, não deixa de ser alerta, sendo um bom cão de guarda, principalmente na presença de desconhecidos.

Raça verificada por:

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Raças Relacionadas

  • Akita

    No Japão o Akita Inu é considerado como parte do patrimônio natural nacional, assim como...

    Leia Mais
  • Akita Americano

    O Akita Americano, conhecido também como Grande Cão Japonês, é um cão muito limpo,...

    Leia Mais
  • Basenji

    O Basenji é certamente o cão mais malicioso dentre todos e não late, pois há quem diga...

    Leia Mais
  • Cão Pelado Mexicano

    OrigemO Cão Pelado Mexicano também é conhecido como Xoloitzcuintle, um nome que faz...

    Leia Mais