Cairn Terrier (Skyes Terriers) - Tudo das Raças de Cães | CachorroGato

Guia de Raças

Cairn Terrier

Skyes Terriers

Quero esta raça

Ficha do Cairn Terrier

Cairn Terrier

O nome Cairn Terrier vem do costume escocês de cobrir as covas com um monte de pedras, que em Inglês denomina-se “Cairn”. Este Terrier foi responsável por espantar animais (ratos, furões e doninhas) que vagavam entre essas "construções".

Origem

O Cairn Terrier vem de Terras Altas da Escócia, onde ele era considerado um cão excepcional no papel de caçador de raposas, texugos e lontras. Em casa também era usado como um exterminador de ratos, furões e doninhas. Em 1860, a raça foi apresentada na exposição em Inverness com o nome de Skye Terrier Shorthair, denominação escolhida em virtude à sua origem (Isle of Skye). Na mesma ilha houve outro Terrier que usava a mesma denominação de origem, Skye Terrier, então, depois de anos de discussão, os defensores Skye Terrier finalmente aceitaram o Shorthair e reconheceram a raça como um Cairn Terrier.

Comportamento

O cachorro Cairn Terrier é muito ativo, determinado, prepotente, empreendedor e inteligente. Este cão não gosta de ser deixado sozinho e está sempre pronto para entrar em campo. É muito alegre e brincalhão, sendo o companheiro perfeito para as crianças, desde que elas não o machuquem. Como todas as outras, essa raça pode ser um pouco teimosa e atrevida, mas não é um cão difícil.

Aspecto

O Cairn Terrier é um cão de pequeno porte, muito ágil e forte, coberto com uma pelagem rica. Tem orelhas pequenas, pontudas, eretas, e sua cauda tem pelo curto e farto.

Cuidados específicos

O pelo da raça de cães Cairn Terrier não precisa de cuidados especiais, sendo suficiente apenas a escovação regular para remover pelos mortos. Este cão é muito alegre e precisa de muita atividade ao ar livre. Às vezes, a raça tende a comer demais, o que pode ser um problema, então seu dono precisa controlar bem a dieta.

Saúde

O Cairn Terrier é um cão robusto e com longevidade, mas já houve casos de uma anomalia incomum, conhecida como osteopatia craniomandibular. Outras alterações que a raça pode apresentar são as doenças de Krabbe e hipoplasia cerebral.


História do Cairn Terrier

O Cairn Terrier é uma raça muito antiga na história do mundo canino. O início oficial da raça no Kennel Club da Inglaterra data do início do século XX, sendo uma das últimas raças Terrier reconhecidas.

O grupo conhecido como Terrier, que deriva da palavra latina "terra", reúne cães que foram criados para trabalhar no subsolo, forçando a saída do esconderijo de pequenos e grandes roedores e outros animais que representavam um incômodo para a vida no campo. Todos os cães do grupo Terrier originaram-se nas Ilhas Britânicas, com exceção do Schnauzer Miniatura. Os familiares do Terrier Escocês são divididos em Scottish Terrier, West Highland White Terrier, o Cairn Terrier e o Skye Terrier. No início do século XIX, o chamado Terrier Escocês poderia se referir a qualquer uma dessas raças.

Grande parte da história antiga da raça Cairn Terrier centra-se na Ilha de Skye. Esta ilha faz parte das Hébridas, uma terra famosa por sua geografia áspera e pessoas difíceis, onde um cão precisava ser corajoso e resistente para manter os vermes sob controle. O Cairn Terrier, com seu grande espírito e coragem, era um cão ideal para se livrar das pragas em casa, limpar os estábulos, campos e áreas onde texugos e raposas percorriam.

A história deste cão pode ser um pouco complicada, assim como é a historia da maioria das raças, mas acredita-se que a linhagem mais antiga veio do Capitão Mac Leod, de Drynock, na Ilha de Skye. Além dele, que preferiu cães cinza-prata, outras linhas foram criadas por Mac Donald, de Watermist, que levantou cães cinza e tigrado, e também por MacKinnon, Kilbride, que levantou cães nas cores creme, vermelho e rajado. Estas três linhas formam a base atual da Cairn Terrier.


Características do Cairn Terrier

O Cairn Terrier é um cão de pequeno porte e temperamento excelente. Tem uma grande personalidade, além de ser um cão muito ativo. Apesar de seu tamanho, todos os cães Terriers do sexo masculino não mostram sinais de timidez. Estão sempre alerta e prontos para a ação. Se você estiver procurando por um cão de colo sedentário esta não será a raça ideal para você.

O Cairn Terrier se adapta bem à vida em família, tanto se você está em uma casa de campo enorme como em um apartamento na cidade. Ele se dá bem com crianças, e depois de ter a chance de dar uma boa olhada, pode aceitar pessoas estranhas.

É um cão arrogante, mas que não costuma começar uma briga, e com certeza vai se manter firme quando provocado. Este não é um cão para ser deixado solto pela casa esperando pela chegada de seu mestre, ele foi criado para ser um caçador, um cão “caça pragas” e quando vê um rato, sempre vai estar pronto para o trabalho.

Uma das características mais comuns a todos Terriers certamente é o seu desejo de trabalhar com grande empenho, entusiasmo e coragem. Todos têm grandes dentes fortes, em comparação com o tamanho do corpo, além de um bom ouvido e uma excelente visão.

Não importa quantas gerações foram criadas, o objetivo para o qual a raça foi criada permanecerá sempre presente no cão. O Cairn Terrier é um cão versátil, caseiro e bom companheiro. Se você gosta de trabalhar com o seu cão, você vai achar que o seu Cairn Terrier é um participante alegre e disposto em qualquer forma de trabalho que você escolher, seja de obediência, agilidade, terapia, para coletar e trazer-lhe uma bola que você lance ou, é claro (e melhor de todos), caçar suas presas naturais.

Se você mantê-lo solto durante uma caminhada e por acaso ele ver um gato em uma rua com trânsito pesado, seus instintos reagirão instantaneamente o colocando em risco, por isso submeta-o a treinos de adestramento e mantenha-o sempre em uma coleira quando estiver passeando com ele em campo aberto.

Raça verificada por:

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Raças Relacionadas