Boerboel - Saiba tudo sobre as Raças de Cães do Mundo | CachorroGato

Guia de Raças

Boerboel

Quero esta raça

Ficha do Boerboel

Boerboel

A palavra boerboel, provém do vocábulo boer, que em holandês e africano significa agricultor. A partir disso o nome da raça Boerboel pode ser traduzido, literalmente, como cão agricultor ou cão de pastoreio. Os agricultores africanos utilizavam esses cães para trabalhar, brigar e acima de tudo, para proteger os seus terrenos.

 

Origem

O Boerboel é um cão de origem africana. A partir das colonizações européias em 1652, os cães primitivos utilizados nas fazendas africanas começaram a cruzar com os molosos trazidos pelos colonos (cães como o Mastín, Bulldog e Dogos), o que teve como resultado alguns séculos depois, o Boerboel que hoje conhecemos, uma raça ainda em processo de criação.

O Boerboel não faz parte das grandes organizações como a FCI ou o AKC, mas apesar disso suas características estão totalmente padronizadas na África, através de associações como a Associação Sul Africana de Criadores de Boerboel (SABT) e a Associação de Elite de Boerboeis Sul Africanos (EBBASA), que são encarregadas de controlar a criação dessa raça e fazer o padrão ser cumprido corretamente.

Famosos na África do Sul por serem cães de guarda muito protetores, sem serem agressivos, os cães da raça Boerboel são, além disso, gentis e efetuosos companheiros domésticos. Eles gostam de estar próximos dos membros da família, aproveitando e se divertindo em longos jogos de apanhar e simplesmente o clima de proximidade das reuniões familiares.

No século XVII um empregado da Companhia Holandesa das Índias chamado Jan van Riebeeck foi mandado para a África do Sul para estabelecer um posto comercial ali. Ele trouxe com ele um grande Mastiff – o tipo de cão que eventualmente cruzou com os molosos nativos e outras raças que vieram com os colonizadores. Com o passar das gerações, as proles que sobreviveram nessas terras inóspitas eram fortes e resistentes, duráveis e que gostavam de ajudar, eventualmente formando o Boerboel, com sua beleza rude.

 

Comportamento

O Boerboel é inteligente, equilibrado, seguro de si mesmo, fiel, obediente e afetuoso com seus donos. É um cão que é bom com as crianças, brincalhão com os membros de sua família, tendo um grande instinto protetor e guardião com o que considera sua própria família. Eles só mantêm distância com estranhos e podem mostrar uma atitude dominante com outros cães.

Dizem que o Boerboel é muito perceptivo, podendo supostamente até sentir os humores de seus donos, sendo especialmente alertas nesse sentido quando estranhos estão por perto. Uma vez que o Boerboel estiver devidamente apresentado aos amigos da família, eles se tornam muito mais receptivos e isso é muito bom para eles – quanto mais pessoas para brincar com eles no jardim, melhor!

 

Aspecto

Cães da raça Boerboel são corpulentos, proporcionais, fortes, potentes e com uma musculatura bem desenvolvida. Seu corpo é curto e largo, sua cabeça é plana e também é larga. As orelhas são de um tamanho mediano, sendo bem separadas entre si e caem em forma de “V”. As cores da pelagem que são aceitas são o tigrado, o amarelo, o vermelho escuro e o marrom; eles podem ou não ter uma máscara preta.

Por ser uma raça grande e ativa, o Boerboel pode não ser totalmente feliz vivendo em um apartamento. Um quintal grande e bem cercado é muito mais recomendado para essa raça. Eles também precisam de caminhadas diárias para manterem sua saúde física e mental. Não se esqueça de sempre mantê-los em uma coleira e que eles são uma raça canina grande e forte.

Essa raça possui uma estrutura musculosa e bem balanceada, coberta com uma pele solta e sua pelagem é curta e densa. Seu focinho é preto e quadrado, com narinas largas e olhos grandes, combinando com as suas orelhas caídas em forma de “V”. Os cães Boerboel possuem um pescoço forte, peito profundo e as suas caudas são curtas e inseridas no alto.

 

Cuidados específicos

Devido em grande parte ao seu tamanho, o Boerboel precisa de muito espaço para poder fazer exercício, brincar e correr.

Em relação à sua educação, é recomendável que o proprietário de um cão dessa raça tenha experiência com cães de raças grandes, já que o Boerboel tem um caráter forte e não é um cão “fácil”. Desde filhote deve ficar bem claro para o cachoro quem manda na casa, mas sem perder o respeito com ele.

Também é recomendável que todo o terreno em que vive seja cercado com cercas de pelo menos 2 metros para que seu Boerboel não escape.

 

Saúde

Os cães da raça Boerboel são cães grandes, por isso podem ter problemas nos quadris e nos cotovelos. Por outro lado, também podem padecer com complicações nos olhos, como a entropia e ectripía. As fêmeas dessa raça podem sofrer também de prolapso vaginal.

Muito fáceis de cuidar, um cão Boerboel precisa apenas de escovações regulares para tirar os pelos mortos e banhos ocasionais.


História do Boerboel

De origem africana, o Boerboel surgiu de uma mistura entre os cães nativos africanos com os grandes molosos, que vieram junto com os europeus que colonizavam a África do Sul naquela época.

Cães como os Mastins, Dogos e Bulldogs foram trazidos para acompanhar os colonos, ajudando a proteger suas terras e famílias, cruzando com os cães da região e dando origem a esses cães Boerboel grandes, com um instinto protetor aguçado e uma lealdade sem limites com seu dono, paciência com as crianças e uma aparência rude característica, que combina com o clima duro de sua região de origem.


Características do Boerboel

O Boerboel é um cão com instintos protetores, que atua como cão de guarda e, portanto, deve ter uma agressividade controlada. Esses cães são bastante inteligentes e sempre são fiéis aos seus donos, não importa o que aconteça. Além disso, eles devem ser afetuosos, apesar de firmes, e especialmente carinhosos com as crianças.

Os cães da raça Boerboel devem ser grandes, fortes e musculosos, sendo uma raça absurdamente confiante de seu poder e aparência intimidadora por seu tamanho. Eles não podem possuir traços físicos de nenhuma outra raça em sua aparência, apesar de sua origem mista.

Raça verificada por:

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Raças Relacionadas