ONG estima que Artur Nogueira (SP) tenha 2 mil animais abandonados

A Rede de Proteção Animal e Ambiental (RPAA) estima que aproximadamente dois mil animais, entre cães e gatos, estão vivendo em situação de abandono no município de Artur Nogueira.

A Rede de Proteção Animal e Ambiental (RPAA) estima que aproximadamente dois mil animais, entre cães e gatos, estão vivendo em situação de abandono no município de Artur Nogueira. Segundo a Organização Não-Governamental, a maior parte deste número está localizada na zona rural. “É uma estimativa com base em nossas atividades em Artur Nogueira. Acreditamos que cerca de 1500 animais estejam abandonados em estradas e sítios do município”, afirma um dos integrantes da RPAA, Carlos Caressato.

 

Com o objetivo de buscar soluções para o problema, integrantes da ONG se reuniram na última semana com o prefeito Celso Capato (PSD) e com secretários municipais. O encontro aconteceu na sala de reuniões da Câmara Municipal de Artur Nogueira.

 

O presidente da Câmara Silvinho Conservani (PV) também responde atualmente como presidente da RPAA e destacou a importância da parceria entre a ONG e o Poder Público. Ao lado dos voluntários, Silvinho falou sobre as principais necessidades da RPAA.

Leia Mais: Copa Animal: Chile X Austrália

 

Entre os pontos levantados, a Rede de Proteção Animal e Ambiental solicitou o apoio da Prefeitura na realização de castrações de animais pertencentes à famílias carentes e animais que se encontram em estado de abandono. Também foi debatido o incentivo da criação de lares temporários, que cuidariam dos animais, além da aquisição de ração para os cães e gatos.

 

“Esta reunião foi de grande importância, pois o prefeito conheceu bem de perto os trabalhos desenvolvidos por esta entidade, os desafios enfrentados diariamente por voluntários, que dão do seu tempo e finança para amenizar os problemas de animais abandonados entre outras ações. Por outro lado, o prefeito pode expor sua opinião e futuras ações de governo e em conjunto com a RPAA, onde entendemos que precisamos de início de uma legislação própria voltada para os direitos e deveres de todos. O secretário de Meio Ambiente Helton Bassi Filippini vai desenvolver este trabalho em parceria com a Câmara e a RPAA, além de ações futuras em conjunto poder público e entidade”, afirmou Silvinho.

 

O prefeito destacou a importância da criação e fiscalização de leis que regulamente e punem pessoas que abandonem animais. “A Rede demonstra ser de grande utilidade para o município. Hoje, existe um grande número de animais abandonados em Artur Nogueira. Deve-se criar leis e haver uma dura fiscalização. Se o sujeito for flagrado abandonando um animal ele terá que pagar de mil reais para cima. A pessoa vai pensar duas vezes antes de maltratar um animal. Vou analisar todas as solicitações da RPAA com atenção e adotar ações que resolvam esse problema”, afirma Capato.

 

Sobre a RPAA - Com o objetivo de defender os direitos dos animais de Artur Nogueira, a Rede de Proteção Animal e Ambiental foi criada em 2011. Desde então vem lutando e desenvolvendo várias atividades, tais como campanhas de adoção, denúncia, educação ambiental, além de castração. Todos os integrantes da RPAA são voluntários.

 

Texto: Divulgação

Fotografia: Arquivo Notícia Animal

Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/noticias/ong-estima-que-artur-nogueira-sp-tenha-2-mil-animais-abandonados/

Sugira novo tema para um artigo

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Graduada em Comunicação Social / Jornalismo pela PUC-Campinas e ativista da causa animal há mais de 10 anos. Possui vasta experiência em redação neste segmento, tendo atuado como gestora de conteúdo de sites e redes sociais de ONGs. Atualmente cursa sua segunda graduação em Medicina Veterinária pela Faculdade de Jaguariúna (FAJ).

Artigos Relacionados