Como abrir um pet shop | CachorroGato

Como abrir um pet shop

Conheça o que é mais relevante nessa hora e saiba como abrir um pet shop de sucesso e grande clientela

O aquecimento do mercado pet no Brasil é notável há alguns anos e, com isso, cada vez mais novos empreendedores se perguntam como abrir um pet shop. Contando com uma vasta possível clientela – formada pelos donos de bichinhos de estimação que não poupam esforços para deixar seus animais felizes, satisfeitos e com saúde – quem se lança no ramo de negócios do mercado pet já conta com grandes chances de sucesso.

No entanto, para que uma empresa desse tipo seja rentável e permaneça no mercado por bastante tempo, é preciso que seja montada e estruturada da maneira correta, e é justamente essa a dúvida que ronda a cabeça dos empreendedores de olho no mundo dos bichos de estimação: como abrir um pet shop?

Como abrir um pet shop

Levando em consideração o fato de que, hoje, cerca de 106 milhões de lares brasileiros contam com um animal de estimação como parte da família, fica claro que a demanda é grande; e que ainda há bastante espaço a explorar no mercado pet, já que o número de pet shops no País gira em torno de 40 mil (sendo que quase 5 mil deles estão na cidade de São Paulo – SP, onde a população pet já soma cerca de 14 milhões de animais).

Além disso, de acordo com informações divulgadas pela Abinpet – Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação, apenas 10% das pet shops abertas no Brasil fecham em função da falta de retorno ou fracasso no mercado – mostrando que  abrir esse tipo de empreendimento, hoje, é quase uma garantia de sucesso.

Leia Mais: Olga Zabelinskaya fala sobre a profissão de groomer na PET Rio Expo

Tendo movimentado R$ 14,4 bilhões no País somente no ano de 2013, o mercado pet e a grande promessa atual para novos empreendedores; entretanto, conforme citado anteriormente, saber como abrir um pet shop da maneira certa é fundamental para não acabar incluído nos 10% dos estabelecimentos desse tipo que acabam fechados pela falta de retorno. Conheça, a seguir, alguns dos fatores mais básicos e completamente indispensáveis para que se abra um pet shop de sucesso e com potencial de crescimento:

Legislação para abertura de pet shops

Antes de tomar qualquer outra medida, quem deseja abrir um pet shop deve se informar bem em relação à legislação que esse tipo de estabelecimento envolve. Além dos registros já tidos como comuns e necessários para a abertura de qualquer empreendimento – como na Junta Comercial, na Secretaria da Fazenda, na Secretaria da Receita Federal, na Prefeitura do Município, no INSS e no Sindicato Patronal – que m vai abrir um pet shop precisa, também, providenciar alguns documentos adicionais.

Para quem também deseja fazer a comercialização de animais – como de peixes ornamentais, entre outros - o registro no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA é um deles; sendo que, para que seja permitida a comercialização de vacinas, rações, alimentos e geral e outros produtos veterinários, o registro no Ministério da Agricultura também é necessário.

Fornecedores

Tomadas as medidas referentes aos registros do estabelecimento, é hora de procurar fornecedores de qualidade e competência para fechar parcerias. Um pet shop sem produtos e alimentos pode perder muitos clientes que buscam a praticidade de encontrar tudo o que precisam em um só local – e contar com alimentos, brinquedos e acessórios de qualidade entre os seus produtos oferecidos pode fazer toda a diferença para o sucesso ou o fracasso de um estabelecimento do tipo.  

Funcionários para um pet shop

A presença de um veterinário nas pet shops não é somente uma questão de bom senso mas, também, uma necessidade garantida por lei e, por isso, se o seu objetivo for o de abrir um pet shop, contar com um profissional que possa atuar como um responsável técnico no local é fundamental.

Além disso, encontrar pessoas que tenham experiência em banho e tosa em pets também é um requisito especial – já que, boa parte dos serviços oferecidos pelo estabelecimento será realizada por estas pessoas, e quanto mais experiência elas tiverem, menores serão as possibilidades e as ocorrências de acidentes com os clientes caninos e felinos.

Abertura de pet shops

Embora possa parecer algo óbvio ou até sem muita importância, escolher uma pessoa educada e de confiança para trabalhar na recepção do pet shop também é algo de grande relevância – já que, é necessário que o dono do bichinho de estimação tenha uma sensação de segurança e qualidade sobre o seu estabelecimento na hora de levar seu pet, e pessoas despreparadas no atendimento ao público podem afastar a clientela de maneira considerável.

Além destes profissionais, caso a sua empresa conte com outros serviços variados – como os populares leva e traz, por exemplo – é necessário encontrar pessoas tanto qualificadas quanto amantes de animais para exercer tais funções; garantindo o bem-estar do animal e a satisfação de seus donos (que, dessa forma, podem ser fidelizados como clientes do seu pet shop).

Serviços de pet shop

Banho e tosa são, sem dúvidas, os serviços mais indispensáveis em um pet shop, e o que mais trazem cientes satisfeitos de volta. Serviços mais específicos, como os de tosa higiênica ou leva e traz também podem ser oferecidos com sucesso no estabelecimento - havendo muitos pet shops que, nos dias de hoje, também contam com serviços de consultas com veterinários, por exemplo; permitindo que os donos de pets resolvam mais de um problema no mesmo local e saiam com seus bichinhos de estimação completamente saudáveis, limpos e cheirosos.

Serviços gerais de higiene e embelezamento dos pets – como hidratação de pelagem e até coloração dos pelos do animal – também costumam fazer muito sucesso entre os proprietários de cães e gatos, ganhando espaço em cada vez mais pet shops.

Produtos e acessórios de pet shops

Contar com os acessórios mais básicos e necessários para a segurança e o bem-estar dos animais também é essencial para ter um pet shop completo. Coleiras, guias, focinheiras, caminhas, tigelas para ração, bebedouros, caixas de areia e de transporte são alguns dos itens mais importantes de se disponibilizar nesse tipo de estabelecimento, aumentando a praticidade dos clientes, que podem encontrar tudo o que precisam em um só lugar.

Embora não seja uma prática adotada por 100% das lojas pet em atividade, cresce cada vez mais o número de estabelecimentos que, além dos serviços e acessórios básicos, também disponibilizam produtos dos mais diversos para enfeitar os bichinhos de estimação – incluindo vestidinhos, sapatinhos, gravatinhas e lacinhos, entre outros - atraindo uma clientela ainda maior, já que mesmo se não houver a necessidade de uma tosa, por exemplo, os donos de pets poderão comprar um mimo para seus queridos amigos.

Brinquedinhos divertidos e úteis para a vida de cães e gatos também fazem parte dos produtos oferecidos por muitos estabelecimentos do mercado pet, que inovam e apresentam novas versões de arranhadores, bolinhas com catnip, bolinhas e cordinhas, entre outros – garantindo a porção de lazer na vida dos pets.

Além disso, oferecer uma seleção variada e de qualidade de alimentos para cães e gatos também é algo que pode aumentar muito o sucesso e os clientes da sua loja, já que esse tipo de produto é uma necessidade constante na vida de quem tem bichinhos de estimação em casa, e contar com eles no seu estabelecimento pode ser um grande diferencial para quem tem pouco tempo ou vive um pouco afastado das grandes redes de mercados ou produtos pet.

Ossinhos, petiscos, rações para diferentes fases da vida do animal e quitute especiais (como os pupcakes: cupcakes para cães) são boas opções para cativar, atrair e aumentar o numero de clientes no estabelecimento.

Detalhes que fazem a diferença

Embora a seleção de produtos e serviços seja a maior vitrine para um negócio de sucesso, é preciso ter diferenciais para que sua marca e seu estabelecimento se destaquem no mercado, e o atendimento ao consumidor é uma das mais importantes e poderosas ferramentas que se pode ter ao abrir um pet shop.

Como promover a abertura de um pet shop

Assim como no caso de boa parte dos empreendimentos que atuam com a realização de serviços para humanos, o mundo dos pets também gera muito da popularidade de um pet shop por meio do já conhecido ‘boca a boca’.

Portanto, garantir o bom atendimento, a segurança e o carinho com os pets é a melhor forma de cativar clientes e fidelizar o publico – ainda mais nesse mercado específico, onde a cada dia que passa, novas denúncias são feitas em relação à maus tratos com animais, aumentando cada vez mais a insegurança de quem procura um lugar onde seu bichinho de estimação possa ser cuidado e, acima de tudo, bem tratado.

Gerando negócios

Para que se mantenha no mercado, qualquer pet shop precisa contar com uma clientela grande e variada, para quem possa oferecer os seus serviços e, com o tempo, conquistar a confiança e a fidelidade. Pensando nisso, o CachorroGato disponibiliza uma série de ferramentas absolutamente úteis para o gerenciamento de pet shops e da vida dos bichinhos de estimação.

Conectadas, as informações alimentadas na plataforma digital permitem o alinhamento entre o dono do pet e o estabelecimento, facilitando a vida de quem precisa de cuidados para os seus amigões e de quem deseja atrair, conquistar e fidelizar cada vez mais clientes.

Além de poder contar com os gadgets que aumentam a praticidade e facilitam o atendimento e as consultas para os donos de pets, o CachorroGato também oferece uma exposição específica e focada de seus clientes para os donos de pets que buscam por seus serviços; indicando os estabelecimentos do ramo mais próximos à residência de quem procura produtos e atendimentos do mundo animal por meio de ferramentas de geolocalização.

 

Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/noticias/como-abrir-pet-shop/

Sugira novo tema para um artigo
Tags:
abrir pet shop, como abrir um pet shop, loja de animais, mercado pet, pet shop

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médico Veterinário (CRMV- SP 10.687), formado pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - Unesp com Pós Graduação em Oncologia Veterinária pelo Instituto Bioethicus e Pós Graduação em Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais pelo Instituto Qualittas. Responsável pelo setor de Oncologia Médica e Cirúrgica do Hospital Veterinário Cães e Gatos 24h. Dr. Toyota é integrante da equipe de Veterinários do portal CachorroGato e também responde por dúvidas na ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados