Conheça 7 passos para treinar gatos domésticos | CachorroGato

Conheça 7 passos para treinar gatos domésticos

Treinar gatos, antes de ordens e brincadeiras, é uma atividade positiva entre o dono e o animal de estimação.

É possível treinar gatos? As pessoas fazem essa pergunta com muita frequência, principalmente quando elas estão olhando o bichano arranhar o sofá ou subir em cima da TV sem se importar com absolutamente nada. A resposta é bem simples: Sim, é possível adestrar um felino. O gato poderá obedecer a comandos básicos de ordem, que podem ser bastante úteis no convívio entre dono e animal de estimação.

Um bom aprendizado, para qualquer tipo de espécie, incluindo os seres humanos, deve começar ainda cedo, pois a infância é o período mais fértil de recepção de novos ensinos. Os cães, por exemplo, conseguem ser adestrados depois de mais velho, mas os gatos, por sua vez, são mais complicados, e necessitam passar por essa etapa quando ainda são filhotes. Treinar gatos pode parecer uma tarefa impossível, mas no fim acaba sendo uma atividade agradável para os dois lados.

Técnicas de treinamento

Um bom treinamento para felinos começa com carinho, brincadeira e guloseimas. O gato necessita ser recompensado para poder compreender as atividades e assim, posteriormente, obedecer a regras simples. Elogiar o animal, e em seguida dizer o seu nome, é a etapa inicial do processo de adestramento. Dessa forma o bichano vai associar o nome é algo positivo, consequentemente, quando for dito “não”, haverá um reforço negativo que o intimidara a não fazer determinada coisa.

Ter paciência é a alma do negócio. O gato não vai apreender rapidamente, portanto, a repetição de comandos e gestos de ordem deve ser constantes ao ponto de se tornarem comuns na vida de ambos. Outro ponto importante é ensinar um comando por vez, não adianta praticar inúmeras regras e atividades se nenhuma for aperfeiçoada. Depois dos elogios no cotidiano comum é chegado o momento dos petiscos. Os petiscos são dados a cada atividade bem feita, é um complemento da etapa de repetição do nome.

Outras duas técnicas de treinar gatos interessantes são: a de restringir o espaço do bichano e a de aumentar o seu espaço de atividade. Ao restringir o espaço do animal o dono poderá usar a palavra “venha” toda vez em que ele for solto, assim o termo ficara associado a uma atividade boa e prazerosa para o bichano. A regra de aumentar o espaço é justamente para delimitar o seu espaço. O gato está no colo? Um afago é um sinal positivo de que isso é algo bom, mas se o felino subiu no armário, um “não” indicara uma ressalva negativa que o fará a não voltar para esse ambiente sem autorização.

Leia Mais: Adestrar Gatos - É possível?



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/gato/treinar-felino/

Categorias:
Comportamento dos Gatos
Tags:
adestramento, felino, gato, treinamento, treinamento para felinos, treinar gatos

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados