4 Tipos de Areia para Gatos | CachorroGato

4 Tipos de Areia para Gatos

Você ainda não decidiu se vai integrar um felino no seu lar, mas você ama gatos e acha que eles são fofos, charmosos, elegantes! Sim, eles são mesmos, além de serem muito carinhosos. Agora, tem uma porção de coisas novas que você precisa comprar para ele, ou ela, que talvez você não faça a menor ideia do que seja e para o que seja. Mas, calma! Sem pânico. Nós vamos te ajudar aqui a entender quais as coisas mais importantes, além da busca por um veterinário de confiança e um bom pet shop, para que o seu gatinho tenha uma vida feliz. Que tal aprender sobre os tipos de areia para gatos?

Ao decidir que a sua família vai aumentar com a chegada de um morador felino, tenha em mente que você vai precisar separar um espaço que seja só dele, que o local possa ser reservado e calmo, onde ele faça as refeições e durma tranquilamente. Além disso, você vai comprar a famosa caixa de areia, local onde o seu felino fará as necessidades dele.

Não sabe o que é? Nunca ouviu falar? Aqui vamos te explicar o que é, para o que serve e quais os melhores tipos de areia para gatos existem no mercado.

tipos-areia-para-gatos

 

Mas, vamos por partes! Primeiro, veja como você vai precisar adaptar a sua casa:

Leia Mais: Veja algumas dicas de como deve ser o banheiro para gatos

 

  • Cortinas e Cabos elétricos – Você já deve saber, mas caso não saiba, fique atento com as cortinas, com os fios e todo local em que o seu gato pode ficar pendurado, achando que aquele objeto é para a brincadeira dele. Mas, não é. Portanto, todo o cuidado é pouco. Será que você vai ter que reorganizar a sua casa para a segurança do seu gatinho? Lembre-se de dar uma certa atenção aos fios espalhados pela casa porque eles podem se enforcar e no caso das cortinas cortinas porque, provavelmente, eles vão arrebentar se pendurando. Então, o mais seguro é embutir os fios para que seu gatinho não tenha contato direto e cortinas amarrar o mais alto possível;
  • Produtos tóxicos – Todo cuidado é pouco, especialmente, com os produtos de limpeza que utilizamos em casa. Aqueles que forem feitos à base de pinho e fenol são altamente tóxicos para o seu gato. Se puder, utilize outro tipo de produto, e sempre, sempre os guarde em um armário que possa ser trancado;
  • Plantas venenosas – Muito cuidado com as plantas que achamos inofensivas. Como os gatos são muito ativos por natureza e adoram ficar em cima da mesa e dos armários pode ser que a sua planta (inclusive as de plástico) seja comida. Portanto, ficar de olho nisso, é muito importante;
  • Janelas e Telas – Essa é mais uma medida de segurança super importante. Contrate alguém que possa fazer este serviço para você. Certamente, os seus dias serão mais tranquilos sabendo que o seu felino está em segurança dentro de casa, especialmente, para aqueles que moram em apartamento.

 

Escolha o melhor tipo de areia para o seu gato

 

Para que serve?

A caixa de areia é o local onde você vai ensinar o seu gato a fazer as necessidades dele. Existem duas grandes preocupações quanto à caixa, que são elas; como ensinar o meu felino a usar a caixa e como diminuir o cheiro que fica no ambiente. Vamos às respostas:

 

  • Para ensinar o seu gato a usar a caixa de areia como local adequado para fazer as necessidades dele você vai seguir a seguinte sugestão: coloque à frente do seu gatinho uma tigela de ração de tal forma que ele se alimente direitinho e, após um tempo, naturalmente, tenha vontade de fazer as necessidades e, então, leve-o para a caixa. Dentro da caixa de areia pegue uma das patinhas dele e faça o movimento de cavar (alternadamente, uma pata primeiro e outra depois) a areia, até que ele "aprenda" como se faz as necessidades na caixa.
  • Agora, para diminuir o cheiro é fundamental que você limpe a caixa e troque a areia pelo menos uma vez por semana. Tem gente que troca de três em três dias, isso vai variar muito, caso a caixa esteja em ambiente externo da casa ou não. É simples de entender, tem gente que mora em apartamento e outros em casa, então, quem mora em casa leva uma certa vantagem aqui.

 

Quais os tipos de areia para gatos que existem no mercado?

 

  • Sílica

Há uma grande maioria de donos de gatos que preferem usar este tipo de material na caixa de areia. Este é um produto que apresenta maior absorção das necessidades dos felinos, a durabilidade é maior e a questão do odor aqui é diminuída. Você encontra a areia de sílica nos formatos de cristais e bolinhas, sendo que esta última dura bem mais do que as primeiras. Agora, o que você precisa ficar atento é quanto ao valor, pois a caixa de sílica tem um preço mais elevado, então, vale aquela velha relação de custo x benefício;

  • Madeira

É feita de madeira pinus, isso significa que ela é biodegradável. Além de ter uma ótima absorção, controle dos odores, boa durabilidade, também tem um custo baixo. Agora, tem uma desvantagem, se você não tem muito tempo e passa as horas mais fora de casa do que dentro, vai repensar em usar este material, uma vez que é preciso peneirar diariamente para retirar a areia suja;

  • Pedrinha

Aqui o material da areia é feita de grãos de minerais naturais, tem uma boa absorção e boa durabilidade. Agora, no quesito controle do odor não é exatamente dos melhores. Pode até ser uma boa alternativa para quem mora em casa e tem a área externa para colocar a caixa e o cheiro exalar. A melhor vantagem aqui é que não forma lama, como na areia granulada;

  • Granulado

Essa é um pouco mais complicada porque gera lama. Elas são feitas de grãos bem pequenos e como os felinos fazem o xixi ali, você já pode imaginar como fica a caixa de areia. Pode ser até que o seu veterinário conheça uma boa indicação para te dar, mas este tipo de areia para gatos precisa realmente de uma reflexão sua e de uma conversa com o especialista, afinal, que vai limpar é você. As que formam torrões são realmente melhores dos que formam a lama, agora, se os felinos gostam de cavar, eles vão quebrar os torrões. Cada tipo de areia tem sua vantagem e a sua desvantagem, a vantagem nesta areia é que são mais baratas.

Por fim, o que vale lembrar sempre é que higiene nunca é demais, certo?! E assim como você não gosta de fazer suas necessidades em locais sujos, os felinos também não gostam. Então, dê uma atenção especial a limpar a caixa de areia, seja qual for o tipo de material que você decidir utilizar na sua casa.

areia-gato

 

Além dos cuidados acima o que mais eu devo fazer?

 

Brinquedos – É importante ter em mente que os gatos, assim como os cães, precisam de brinquedos que os façam se exercitar. Aliás, este é um bem físico e orgânico que você pode dar ao seu felino. Brincando mais, mais saúde ele, ou ela, terá. Portanto, na hora em que estiver em um pet shop e pensar em comprar um novo brinquedinho para o gatinho pense naqueles que façam com que ele pule, corra e escale.

Comida e Água – Água sempre, afinal, nunca é demais. Além disso, os felinos permaneceram saudáveis e hidratados. Ah, sobre a alimentação dos gatos o que você precisa estar atento é que o melhor tipo de ração é aquele baseado em proteínas e em calorias suficientes que eles possam gastar durante o dia, além disso, gatos costumam gostar mais de água corrente do que de água parada, portanto, considerar uma fonte de água para gatos pode ser uma boa ideia.

 

Bom, concordamos que são muitas coisas iniciais para fazer, mas isso é só inicialmente. Os gatos são seres muito independentes e vão saber se virar tranquilamente, com tempo você vai preocupar em deixar a ração para eles, água e a caixa de areia sempre limpas. É claro, e o mais importante de tudo, vai ter mais tempo para brincar e dar muito carinho para o seu felino.

O pânico passou, não é mesmo?! Esta fase inicial é assim mesmo, agora, é fazer as escolhas certas e ser feliz com seu gatinho.



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/gato/tipos-areia-para-gatos/

Categorias:
Fases da Vida dos Gatos, Moda e Beleza para Gatos, Saúde do Gatos
Tags:
acessórios, areia, bichanos, caixa, cuidados, felinos, gatos, pets, tipos

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médica Veterinária (CRMV- SP 20.567) formada pela Universidade Estadual de Londrina - PR com Especialização em Radiodiagnóstico pelo Instituto Veterinário de Imagem (IVI). Responsável pelo setor de diagnóstico por imagem do Hospital Veterinário Cães e Gatos 24h atuando nas áreas de radiologia, ultrassonografia e ressonância magnética. Dra. Madi é integrante da equipe de Veterinários do portal CachorroGato e também responde por dúvidas na ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados