Protetor Solar para Gatos | CachorroGato

Protetor Solar para Gatos

Saiba como evitar que o seu pet tenha problemas de pele e como utilizar o protetor solar para gatos do jeito certo e eficaz

Não são somente os seres humanos que necessitam de cuidados com o Sol, mas os animais também. E os gatos, principalmente os albinos, que tem a pele sem pigmentos e poucos pelos, podem sofrer queimaduras solares de graus elevados e, assim, desenvolverem problemas dermatológicos sérios ou irreversíveis.

O protetor solar para gatos é um aliado que deve ser levado a sério, pois os bichanos precisam ficar protegidos das ações dos raios ultravioletas, que quando acumuladas por muito tempo, causam melanoma ou câncer de pele.

Mesmo que o pet seja peludo, ele também precisa deste tipo de produto, pois não é somente no corpo (principalmente o dorso) em que se deve tomar este cuidado.

 

Onde passar o protetor solar para gatos

 

Leia Mais: Antibióticos para gatos – Quais doenças eles tratam?

Orelhas e focinhos são lugares praticamente obrigatórios, pois são as regiões que ficam mais expostas às radiações solares e, por isso, a fotoproteção deve ser intensificada. O corpo dele também, caso seja branco, pois esta ausência de cor faz com que ele fique mais suscetível, o mesmo ocorrendo com os malhados, que devem ter as partes claras protegidas.

protetor-solar-para-gatos

O felino do tipo exótico, aquele todo pelado, é outro caso extremo em que se deve utilizar protetor solar para gatos diariamente em todo o corpo e muitas vezes, conforme a recomendação do veterinário, inclusive nas partes mais minuciosas.  Mesmo que ele não saia para passear na rua, como a maioria dos demais que possa ter este costume, ele precisa de cuidados extras, pois não tem nenhuma outra maneira própria de fugir das agressões naturais, até mesmo dos raios emitidos por alguns tipos de luzes usados na iluminação da casa.

Caso note algum caso de dermatite, busque a ajuda do veterinário o mais rapidamente possível, assim como se perceber os sintomas do câncer de pele, já que quanto antes forem detectados, maiores as chances de recuperação e menos sofrimento no tratamento. No caso cancerígeno os indícios são feridas, crostas, vermelhidões, úlceras e, em algumas ocasiões, sangramento nestas partes.

 

O fator do protetor solar para gatos é o mesmo dos humanos?

 

O mesmo produto usado pelas pessoas pode ser usado em animais, mas isso se for prescrito pelo profissional. Porém, o protetor solar para gatos fabricado designadamente para os bichanos, com fator 30, traz em sua fórmula produtos e ingredientes que evitam alergias e coceiras, sendo mais recomendável. E, por fim, também há a alternativa dos manipulados, que são específicos para cada tipo de caso e devem ser prescritos por um veterinário especialista, que avaliará o ritmo de vida do gato, o estado atual da pele dele, a coloração dos pelos, a propensão aos problemas dermatológicos causada por determinados ingredientes e determinará uma fórmula personalizada.


Confira onde você pode encontrar os melhores acessórios para cuidados especiais com seu bichano

 



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/gato/protetor-solar-para-gatos/

Categorias:
Saúde do Gatos
Tags:
bichanos, cuidados, felinos, gatos, pets, protetor, saúde, solar

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médica Veterinária (CRMV- SP 20.567) formada pela Universidade Estadual de Londrina - PR com Especialização em Radiodiagnóstico pelo Instituto Veterinário de Imagem (IVI). Responsável pelo setor de diagnóstico por imagem do Hospital Veterinário Cães e Gatos 24h atuando nas áreas de radiologia, ultrassonografia e ressonância magnética. Dra. Madi é integrante da equipe de Veterinários do portal CachorroGato e também responde por dúvidas na ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados