Pelagem de Gatos - Tipos, cores e cuidados especiais

Saiba quais são os tipos existentes de pelagem de gatos e aprenda como cuidar e fazer sua higienização

Quem tem um bicho de estimação felino em casa sabe que a pelagem de gatos requer muitos cuidados para se manter limpa e sedosa. A higiene e a escovação são fundamentais para que os pêlos felinos estejam sempre vistosos e brilhantes, e também para manter a saúde dos bichanos, já que o acúmulo de sujeira pode causar diversos problemas e complicações na vida dos gatos.

A quantidade de tipos de pelagem de gatos é grande e, em função disso, muitos dos donos de pets ficam em dúvida na hora da realização dos cuidados mais fundamentais com seus bichanos, tendo em vista que, mesmo os gatinhos de raças que têm pouquíssimos (ou nenhum) pêlos, também precisam de atenção nesse quesito.

 

pelagem-gatos

 

Leia Mais: Higiene felina: dicas para o dia-a-dia do seu gatinho

No mercado de produtos para pets – extremamente aquecido nos dias de hoje – já é posssível encontrar diversos tipos de shampoos e loções para a limpeza da pele e dos pêlos dos gatos; sendo que há, inclusive, tipos específicos desses produtos para o cuidado das pelagens de acordo com suas cores.

Embora não sejam fãs de água (na maioria das vezes), os gatos necessitam de um bom banho com uma determinada frequência, já que os famosos “banhos de gato” – onde o felino lambe seu corpo para se limpar – não são o suficiente para que ele fique livre dos problemas que podem aparecer em função de uma higiene mal feita.

Sensível, a pele dos gatos é motivo de problemas para cerca de 50% dos felinos, que podem desenvolver alergias, descamações e caspa, entre outros; afetando também a pelagem do animal. Trata-se de um círculo vicioso, já que a falta de higiene e limpeza dos pêlos pode ajudar no aparecimento de complicações de pele, que também são reponsáveis por problemas significativos na pelagem do animal.

Destacando nove tipos diferentes e distintos de cor e padronagem, a pelagem dos felinos pode se apresentar das maneiras mais simples às mais elaboradas, evidenciando uma aparência bastante exótica, em muitos casos.

No entanto, independentemente da cor ou do desenho dos pêlos dos bichanos, os cuidados com a sua higiene – que tem a escovação e a limpeza por meio de banhos como fatores imprescindíveis - não podem ser deixados de lado. Confira, neste artigo, algumas dicas para manter sedosa e livre de doenças a pelagem do seu pet felino.

 

Escovação dos pêlos de felinos

 

A escovação da pelagem dos gatos é um dos itens mais importantes para mantê-la limpa e longe de problemas. É importante que, antes de banhar o felino com água, seus pêlos sejam devidamente escovados e desembaraçados (enquanto ainda secos), pois, a pelagem emaranhada pode ser mais um motivo de complicações, absorvendo resíduos de sujeira e loções de limpeza em seus nós.

No caso de gatos com pêlos longos esse cuidado também deve ser redobrado, e as escovações devem ser diárias. Felinos de pelagem semi-longa devem ser escovados a cada duas semanas, pelo menos; sendo que para os bichanos de pelagem mais curta, passar pelo processo uma vez por mês já é o suficiente.

Além de preparar a pelagem para uma limpeza mais profunda, a escovação também contribui para a retirada de pêlos soltos – que, quando lambidos pelo animal durante a sua higiene própria, podem acabar se acumulando e formando bolas de pêlo no estômago do bichano.

 

tipos-pelagem-gatos

 

A variedade de pentes e escovas especiais para o trato com gatos é bem grande, e o mercado pet oferece esse tipo de produto em diversas versões de forma, cor, material e tamanho. Adquirindo o modelo adequado, basta escovar os pêlos do gato (da cabeça para a cauda) gentilmente, até que toda a pelagem esteja livre de nós.

Em alguns casos, o embaraçamento dos pêlos do gato pode ser grande e, nestas ocasiões, a única solução é a paciência – e os donos devem escovar seus bichanos de estimação até que a escova ou o pente possa passar tranquilamente por toda a sua pelagem, sem prender.

Para escovar gatos de pelagem mais longa, é indicado que um talco neutro seja aplicado sobre os pêlos para facilitar o processo, e que escovas com cerdas de metal ou arames sejam usadas. Escovas para alisar os pêlos do bichano também são importantes para remover os fios soltos.

No caso de gatos de pelagem mais curta, podem ser utilizadas escovas de borracha ou de cerdas para escovação geral – e pentes de metal, com cerdas bem finas, também podem ser úteis para detectar a possível presença de pulgas na pelagem.

 

Banhos em gatos

 

Conforme já citamos anteriormente, enganam-se os proprietários que acreditam que a higiene felina pode ser feita somente por meio das lambidas dos gatos; e banhos são absolutamente necessários para que a limpeza do bichano seja feita de maneira apropriada; principalmente, no caso dos gatos com pelagem mais longa – que acumulam bem mais resíduos que as curtas.

Para gatos mais calmos e acostumados com banhos desde filhotes, a higiene pode ser feita dentro de casa, pelos próprios donos do pet. Nestes casos, recomenda-se que seja escolhido um produto próprio para a limpeza do animal (como xampús e condicionadores específicos para seu tipo de pelagem) e que não tenham um perfumes muito marcante, já que os gatos podem se incomodar bastante ao ficar com odores muito fortes em seus pêlos.

No caso de gatos mais agitados e pouco familiarizados com banhos de água, a melhor opção continua sendo procurar por uma pet shop ou outro estabelecimento que preste este tipo de serviço; evitando possíveis arranhões e o estresse do bichano. Seja como for, o importante é que o gato seja limpo com um bom banho, pelo menos, uma vez por mês; sendo que o número indicado dobra no caso de felinos de pelagem longa.

 

pelos-gatos

 

Tipos de pelagem de gatos

 

Os tipos de pelagem de gatos podem ser divididos em nove categorias mais conhecidas, que apresentam diferentes cores, desenhos e características especiais; conforme descrito abaixo:

  • Sólidas

A cor é uniforme em todo o comprimento do pêlo. Preto, azul, vermelho e creme são as cores mais comuns nessa categoria de pelagem, além de chocolate, lilás e canela, tida como uma das mais raras.

  • Escamas

Os pelos variam no corpo todo do animal entre as cores preta e vermelha, podendo contar com outros tons que incluem azul, creme e suas variações. Em quase 100% dos casos, os gatos com esse tipo de pelagem são fêmeas.

  • Branco

Os gatos brancos têm sua aparência determinada pela genética dos pais, apresentando, na realidade, a ausência de cor nos pêlos. A cor real do animal pode aparecer em alguma mancha, enquanto filhote; no entanto, desaparece com o passar do tempo, e a predominância fica com o branco. Os olhos dos gatos dessa categoria variam entre as cores cobre e azul, sendo que o animal pode, inclusive, apresentar um olho de cada cor.

  • Tabby

São os gatos com pelagem listrada e com diferentes marcações ao longo do corpo, formando contrastes variados. Pernas, tronco e cauda também destacam a padronagem característica, e o desenho de um M pode ser visto na testa dos felinos com pêlos desse tipo, que se dividem em quatro subcategorias:

- Classic: Duas ou três linhas grandes se alongam pela extensão do corpo do bichano, formando um desenho similar ao de asas de borboletas.

- Mackerel: As listras circulam todo o corpo do gato, que exibe uma padronagem semelhante a dos tigres.

- Spotted: As marcações são redondas e aparecem em todo o corpo do felino, que apresenta um desenho parecido com os de onças pintadas.

- Ticked: As marcações não são bem definidas, já que cada pêlo do gato conta com diferentes cores. A impressão de desenho é de linhas pontilhadas.

  • Smoke

Os bichanos de pelagem smoke têm até 30% de seus corpos com pêlos brancos (normalmente na área da barriga), sendo o restante colorido.

  • Shaded

Os pêlos têm base branca e coloração nas pontas. A variação desta categoria, conhecida como Chinchilla, destaca apenas 20% de cor na pelagem; enquanto os Shaded tradicionais tem até 60% de seus pêlos coloridos.

  • Golden

Bastante rara, a pelagem Golden destaca uma coloração dourada onde apareceria o branco na categoria Shaded. Cada fio conta com nuances diferentes da mesma cor, e o nariz dos gatos com este tipo de pelagem é rosado.

  • Particolour

A cor branca aparece por toda a extensão do corpo do animal, dividindo espaço com tons dos mais variados, que podem incluir preto, azul, vermelho e creme, entre outros. A pelagem pode contar, ainda, com marcações do estilo Tabby ou Smoke - e é dividida em três subcategorias:

- Bicolor: O gato tem 50% do corpo com cor, sendo o restante branco. Na maioria das vezes, os gatos com esse tipo de pelagem têm uma marcação de V invertido na testa, e tem pêlos brancos nas áreas do focinho, patas, barriga, pescoço e peito.

- Arlequim: A coloração é distribuida de maneira irregular em forma de manchas pelo corpo do bichano.

- Van: As cores aparecem nas extremidades dos gatos, como cauda e cabeça, sendo que em alguns casos, também podem haver manchas mais discretas nas costas do felino.

  • Colourpoint

Patas, cauda, orelha e focinho destacam coloração, sendo preto, azul, vermelho e creme as mais comuns. Pode incluir características de outras categorias, e os olhos dos gatos Colourpoint são, obrigatóriamente, azuis.



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/gato/pelagem-gatos/

Sugira novo tema para um artigo
Categorias:
Curiosidades sobre Gatos, Moda e Beleza para Gatos, Saúde do Gatos
Tags:
bichanos, cores, cuidados, escovação, escovar, felinos, gatos, pelagem, pelos, pets, tipos

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médica Veterinária (CRMV- SP 20.567) formada pela Universidade Estadual de Londrina - PR com Especialização em Radiodiagnóstico pelo Instituto Veterinário de Imagem (IVI). Responsável pelo setor de diagnóstico por imagem do Hospital Veterinário Cães e Gatos 24h atuando nas áreas de radiologia, ultrassonografia e ressonância magnética. Dra. Madi é integrante da equipe de Veterinários do portal CachorroGato e também responde por dúvidas na ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados