Banho de Gato - Lambidas vs. Água e sabão | CachorroGato

Banho de Gato - Lambidas vs. Água e sabão

Seu gato se arrepia só de pensar em tomar banho? Veja aqui como fazer a expressão “banho de gato” virar realidade!

Se você tem um gato, muito provavelmente já viu ele se lambendo, tomando seu famoso “banho de gato”, certo? Isso é a coisa mais natural do mundo, gatos tem o instinto natural de se lamber, até leões e tigres tem esse hábito, mesmo vivendo no meio da natureza. Mas muito se engana quem acha que esse tipo de “banho” é suficiente para mantê-lo limpo e livre de bactérias.

banho-gato

A consciência de que gatos precisam tomar banho vem crescendo cada vez mais. Clínicas e pet-shops estão abrindo espaço numa área que antigamente era só dos cachorros. Agora os felinos também marcam hora para tomar banho de gato e fazerem sua tosa. Inclusive, existem algumas clínicas que são especializadas em banho e estética felina.

Somente com água e sabão – nesse caso, shampoos especiais para animais, neutros e hipoalergênicos – que seu gato vai ficar realmente limpo. Tenha como regra banhar seu gato uma vez por mês. Dê preferência aos shampoos sem perfumes muito fortes, pois os gatos tem o olfato mais sensível que os cachorros, e o uso de perfumes fortes podem desencadear bronquites e até mesmo crises de asma.

Se seu gato não foi acostumado desde filhote a tomar banhos, é bem provável que ele não goste da ideia de se banhar com água com frequência. O dono que começar a dar banhos no seu gato só depois que ele for adulto deve ter muita paciência, e deve também fazer o gato se acostumar com o ritual do banho aos poucos, de forma a não traumatizar o bichano.

Se dados da maneira correta, os banhos nos felinos são uma ótima maneira de evitar a proliferação de fungos e bactérias na pele do bichano. Todas as fases do banho são extremamente importantes para seu gato, desde a preparação do banho, até a finalização e hora de secar.

Leia Mais: Alergia a Gatos - Quem é o vilão, o pelo ou a saliva?

Comece pela preparação do banho do gato, separe o shampoo e a toalha que irá utilizar. Depois encha uma bacia grande ou uma banheira com água morna. Um tapetinho de borracha dentro da bacia ou da banheira pode ajudar seu gato a não escorregar durante o banho.

Não coloque água na bacia até o topo, encha a bacia de acordo com o tamanho do seu gato. Preste muita atenção na temperatura da água, ela não deve estar nem fria, nem muito quente, para não queimar o gato. A água morna relaxa, e as chances dele se assustar com a água numa temperatura quentinha são menores. Pense como se fosse preparar o banho para uma criança.

Veja se seu gato não possui nós em seus pelos antes de molhá-lo. Seus pelos não vão desembaraçar quando molhados. Se preferir, escove seu gato antes do colocá-lo na água. Corte as unhas dele antes do banho. Isso irá ajudar – e muito – a prevenir possíveis arranhões.

gato-preto-tomando-banho

Coloque seu gato dentro da bacia com água com muito cuidado, segurando firmemente, mas sem apertá-lo. Enquanto colocá-lo na bacia, vá falando com ele com uma voz suave, e faça um cafuné nele. Isso vai reduzir o estresse do banho.

Uma vez dentro da bacia, segure seu gatinho com cuidado e molhe todo o corpo dele, menos a cabeça. Assim ele vai se acostumando com a água. Passe o shampoo com suas mãos pelo corpo todo, fazendo uma espécie de massagem no gato.

Jamais afunde seu gato na água para tirar o shampoo. Use as mãos ou um copo de plástico para jogar água nele. Cuidado para não jogar água no rosto dele se for usar o chuveirinho. Cuidado também para não deixar cair água nos ouvidos. Além de deixá-lo irritado, isso pode causar otite.

Quando for enxaguar a cabeça, use somente as mãos e tape os ouvidos dele para que a água não escorra pra dentro. Não é necessário usar condicionador em gatos.

Depois que acabar, tire seu gato da bacia e envolva-o na toalha. Se precisar, use mais que uma toalha. É fundamental que você tire o máximo de água antes de usar o secador. É importante ressaltar que seu gato provavelmente vai odiar o barulho do secador, além do vento quente.

Tenha cuidado com a temperatura para não queimar a pele sensível do gato, confira sempre com a sua mão se não está muito quente. Se os pelos do seu gato forem compridos, use junto com o secador uma escova, para ajudar a secar e garantir que ele vai ficar sem nós nos pelos.

Pronto, agora você como e por que dar banho em gatos!



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/gato/banho-gato/

Categorias:
Moda e Beleza para Gatos, Saúde do Gatos
Tags:
banhos, bichanos, cuidados, felinos, gatos, higiene, pets

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médica Veterinária (CRMV- SP 20.567) formada pela Universidade Estadual de Londrina - PR com Especialização em Radiodiagnóstico pelo Instituto Veterinário de Imagem (IVI). Responsável pelo setor de diagnóstico por imagem do Hospital Veterinário Cães e Gatos 24h atuando nas áreas de radiologia, ultrassonografia e ressonância magnética. Dra. Madi é integrante da equipe de Veterinários do portal CachorroGato e também responde por dúvidas na ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados