Tenho uma Pinscher com 10 anos e pretendo adquirir um filhote macho da mesma raça. Como promover a convivência entre ambos? A fêmea é muito territorialista. | CachorroGato
Enviar pergunta ao Dr. Responde


Este espaço é reservado para você enviar suas dúvidas para nossa equipe de veterinários e especialistas. As perguntas mais pertinentes serão publicadas e outras podem não ser respondidas imediatamente. Muitas dúvidas já foram respondidas por nossa equipe, faça abaixo uma busca em nosso site. Lembre-se: as respostas dadas não substituem a consulta ao seu veterinário

Envie sua dúvida
Tenho uma Pinscher com 10 anos e pretendo adquirir um filhote macho da mesma raça. Como promover a convivência entre ambos? A fêmea é muito territorialista.

Tenho uma Pinscher com 10 anos e pretendo adquirir um filhote macho da mesma raça. Como promover a convivência entre ambos? A fêmea é muito territorialista.

Olá, a introdução de um novo cachorrinho em uma casa que já tem um animal é um momento muito delicado, ainda mais quando temos um animal mais velho e muito territorialista. O fato de você estar adquirindo um filhote vai facilitar bem esta tarefa.

O primeiro passo é a apresentação, onde com o filhote protegido e sempre fazendo festa, agradando o cachorro mais antigo, você deixará que eles se conheçam e se cheirem para que tenham o primeiro contato. A partir deste momento você vai ter que perceber se o filhotinho foi aceito ou ainda há um ambiente hostil para ele. Nem sempre conseguimos uma introdução imediata, às vezes leva algum tempo até que o animal mais velho se acostume.

Um passo muito importante para o sucesso com a introdução do filhote depende de você e de como você vai agir na presença dos dois, lembre-se de que sempre você vai dar mais atenção ao cachorro mais velho, sempre vai fazer mais festa, brincar mais com ele, deixando sempre o filhote em segundo plano. Isto vai ajudar ao mais velho perceber que o filhote não está ocupando seu espaço nem roubando a atenção. Esta conduta vai ajudar tanto para uma boa socialização entre eles quanto para que o cachorro mais velho não entre em depressão pela chegada do novo integrante.

Caso você não consiga com estas orientações fazer uma boa integração entre eles procure um profissional especializado em comportamento animal, que ele ajudará nesta nova missão.

Assim que eles estiverem acostumados um com o outro, terão uma vida muito mais feliz juntos, é sempre bom ter um companheiro da mesma espécie para todas as horas.

Espero ter ajudado.

Dr. Responde

Perguntas relacionadas

Categorias