Tenho um labrador de 2 anos que comia fezes. Há um tempo ele parou, mas agora, quando eu brigo com ele, ele come. O que eu posso fazer? | CachorroGato
Enviar pergunta ao Dr. Responde


Este espaço é reservado para você enviar suas dúvidas para nossa equipe de veterinários e especialistas. As perguntas mais pertinentes serão publicadas e outras podem não ser respondidas imediatamente. Muitas dúvidas já foram respondidas por nossa equipe, faça abaixo uma busca em nosso site. Lembre-se: as respostas dadas não substituem a consulta ao seu veterinário

Envie sua dúvida
Tenho um labrador de 2 anos que comia fezes. Há um tempo ele parou, mas agora, quando eu brigo com ele, ele come. O que eu posso fazer?

Tenho um labrador de 2 anos que comia fezes. Há um tempo ele parou, mas agora, quando eu brigo com ele, ele come. O que eu posso fazer?

Olá,

A coprofagia, nome dado ao hábito de comer fezes, é muito comum. Existem diversas causas mas a mais recorrente é a comportamental. No início da vida, é muito comum os cães associarem o ato de comer fezes como um jeito de chamar atenção, ou até de ajudar o dono.

Quando o cão é muito novo e o dono está sempre ele, sempre que ele faz cocô, imediatamente o dono limpa, então o cachorro associa que sempre deve eliminar as fezes quando fizer, acabando por adquirir o hábito de comer as fezes assim que defeca.

O tutor, sempre que vê o cachorrinho comendo as fezes, chama atenção, mas nem sempre de maneira certa, muitas vezes o cão ainda não aprendeu o que é o "não", então ele assimila comer fezes a chamar atenção do dono e sempre faz quando quer essa atenção. Quando o animal depois de velho começa a comer fezes novamente, pensando em coprofagia comportamental, pode ser que ele esteja afrontando o tutor, testando, uma vez que ele sabe que é errado.

O mais indicado quando o animal apresenta este tipo de comportamento é a orientação com um médico veterinário ou um profissional em comportamento animal para uma melhor orientação e diagnóstico. Existem alguns produtos no mercado que podem ser usados nestes casos, eles devem sempre ser receitados por um veterinário que já diagnosticou a causa do problema.

Espero ter ajudado

Dr. Responde

 

Perguntas relacionadas

Categorias