Tosa de Cães - Diferentes Tipos de Tosas

Entenda para que serve a tosa de cães, quais são os tipos e saiba o que é tosa higiênica

Ao contrário do que pode parecer, levar um cachorro ao pet shop não é apenas questão de estética e a tosa de cães é um excelente exemplo disso. Por mais que seja também feita para embelezar o cão – como os cortes de cabelo nas pessoas –, sua função não é apenas essa.

A tosa de cães é, acima de tudo, uma questão de higiene e saúde, tanto para o animal, quanto para o seu dono, uma vez que o excesso de pelos pode gerar o acúmulo de fungos, bactérias e parasitas, nocivos para a saúde do bichinho e de seu dono.

Conheça alguns tipos de tosa

Tosa bebê: ideal para cães de pelagem longa, como Lhasa Apso, Poodle, Shih Tzu, Maltês e Yorkshire. Essa tosa deixa o cão com aproximadamente a quantidade de pelos de um filhote. Os pelos ficam mais baixos, mas seguem com um ou dois dedos de comprimento. É prática e tende a evitar pelos embolados. Facilita no manejo do cãozinho que o dono não pode dispender muito tempo com escovação.

Tosa na máquina: a máquina, feita especialmente para tosa (não é igual à máquina de corte de cabelo) é passada pelo corpo do cão de acordo com a direção do pelo. As lâminas são de tamanhos diversos, variando de acordo com a raça e o tipo de tosa. Quanto mais os pelos ficarem embolados, mais curta deve ser a tosa de máquina e alguns acabamentos são feitos na tesoura.

Leia Mais: Tirar carrapato - É possível fazer isso em casa?

Tosa na tesoura: não há o uso de máquina de tosagem, sendo toda a tosa feita com tesoura. Pode ser feita em qualquer raça com pelagem media a longa, e é recomendada para cães que tenham alergia às lâminas das máquinas (isso pode sim acontecer), como também para bichinhos que ficam muito estressados com barulho. A tosa na tesoura demora mais do que na máquina, para a segurança do bichinho, porém o acabamento dos pelos fica mais suave e natural.

Tosa de Cães

A Tosa Higiênica

Além dos tipos específicos para cada raça, passando também pelo gosto pessoal do dono do cão, a tosa higiênica pode ser aplicada a todos os cães. Esse tipo de tosa visa, principalmente, a limpeza de partes específicas do cachorro, sendo aparados os pelos da região genial e das patas – e da barriga, para os cachorros machos.Leia também: Ideias de nomes para cachorros.

A intenção da tosa higiênica é evitar o acúmulo de sujeira nas partes mais suscetíveis a isso. É importante que a tosa higiênica seja feita sob a supervisão de um profissional, que analise as características da pelagem do cão e faça a tosa no comprimento correto para cada região, além de utilizar os equipamentos mais recomendados.

Não faça a tosa se não tiver curso!

Por mais fáceis de tosar que os pelos do seu cachorro pareçam, a execução da tosa exige mais cuidados do que o banho, por exemplo, que pode ser feito em casa ou a escolha do shampoo. Durante a tosa, lida-se com lâminas e máquinas que podem machucar tanto o cão quanto quem está aparando seus pelos.

Por isso, é altamente recomendado que a tosa seja feita por profissionais especializados, que já estejam acostumados e tenham conhecimento do manuseio correto dos materiais, principalmente se a tosa for a higiênica, que lida com as partes mais delicadas do corpo do cachorro.

E não se esqueça de escovar!

Aliada ao banho e tosa de cães, a escovação é muito importante para a higiene do cachorro. Além de eliminar os nós, a escovação também remove a pelagem morta e a escova, ao ser passada pelo cão, auxilia a espalhar a gordura da pele, o que deixa os pelos mais brilhantes. Conforme o passar da escova pela pele do cão, também é ativada a irrigação sanguínea, que melhora a circulação e ativa o sistema imunológico.

Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/tosa-caes-tipos-tosas/

Sugira novo tema para um artigo
Categorias:
Moda e Beleza para Cães, Saúde do Cachorro
Tags:
cachorra, cachorro, cachorros, cadelas, cães, cão, diferente, específica, estéticas, higiência, importante, pet, pets, questão, tipo, tosa, tosas

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médica Veterinária (CRMV- SP 20.567) formada pela Universidade Estadual de Londrina - PR com Especialização em Radiodiagnóstico pelo Instituto Veterinário de Imagem (IVI). Responsável pelo setor de diagnóstico por imagem do Hospital Veterinário Cães e Gatos 24h atuando nas áreas de radiologia, ultrassonografia e ressonância magnética. Dra. Madi é integrante da equipe de Veterinários do portal CachorroGato e também responde por dúvidas na ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados