Tirar carrapato - É possível fazer isso em casa? | CachorroGato

Tirar carrapato - É possível fazer isso em casa?

Muitos donos de cães e gatos se perguntam como agir quando descobrem que seu cão ou gato estão com carrapato, aprenda aqui como tirar o carrapato de seu pet de forma segura

Um problema que costuma se agravar bastante nas épocas quentes do ano - do começo da primavera até o começo do outono, em média - é a onda de infestações de carrapatos. Isso acontece porque essa é a época de reprodução desses animais - e eles se reproduzem muito rápido - além de que eles podem viver muito tempo no meio sem se alimentarem; por isso é muito importante saber como tirar carrapato de seus pets.

É muito importante saber como tirar carrapato dos nossos bichinhos pois nem sempre estamos próximos de alguma clínica veterinária e o manuseio incorreto pode acabar causando mais problemas do que benfeitorias aos nossos bichinhos.

O carrapato se alimenta do sangue dos nossos bichinhos e, dependendo da espécie, ele pode passar de duas horas até dias grudados ao animal se alimentando dele - o que, dependendo do grau de infestação, pode causar anemias além de paralisias temporárias causadas pela reação da mordida do carrapato.

tirar-carrapato

 

Qual é a maneira correta de tirar carrapatos?

Leia Mais: Cães e Gatos x Cigarro – A batalha

É muito importante lembrar que, para tirar carrapatos de cães e gatos é preciso usar uma pinça especial e, se possível, luvas - já que o carrapato também se alimenta de sangue humano e pode transmitir doenças para nós.

  • Primeiro passo: para retirar o carrapato de seu pet de forma segura é necessário saber identificar quando o animal pode estar com algum carrapato - se ele frequentar lugares com grama alta, moitas ou locais com muitas frestas no cimento é necessário fazer inspeções frequentes para saber se ele não acabou sendo atingido por nenhum desses bichinhos. O carrapato possui o corpo oval, com as cores variando entre tons de preto e marrom - eles costumam se alojar em partes do corpo que o animal não consiga removê-los quando se coçar, como o topo da cabeça ou almofadas das patas.
  • Segundo passo: se o seu cão ou gato estiver mesmo com algum carrapato, é importante que esteja com todos os utensílios necessários por perto para a retirada imediata do parasita, principalmente se não for possível levar o animal até o veterinário. Para isso é necessário ter por perto um pote com álcool - para matar o carrapato -, pinça de ponta fina especial para a retirada de carrapatos e um par de luvas. Quando o carrapato morde, além de utilizar a saliva para se manter preso à pele, ele costuma enterrar a cabeça sob a pele para dificultar sua remoção e se manter firme no local em caso do pet tentar coçar para tirá-lo de lá, por isso ele não tentará fugir na hora de ser retirado. Dessa forma, é necessário tirar o carrapato de forma correta pois a cabeça pode acabar presa na pele do bichinho, o que pode causar bastante irritação no local.

  • Terceiro passo: com a ajuda da pinça, segure o carrapato pela cabeça - se segurar pelo corpo as chances do carrapato se partir e a cabeça continuar presa no bichinho são grandes - retirando eles direto e sem torcer (isso também pode fazer a cabeça se partir).

  • Quarto passo: mergulhe o carrapato na vasilha com álcool para matá-lo. O carrapato não deve ser espremido nem jogado no lixo ou descarga do banheiro, já que isso não garante a morte do bicho.

  • Quinto passo: repetir os passos anteriores quantas vezes for necessário, retirando todos os carrapatos do cão.

 

É importante que durante o processo o dono tenha em mente que o carrapato pode ser bastante incômodo para o cão ou gato e, para que seu bichinho colabore na hora de tirar carrapatos ele seja distraído com brinquedos, petiscos e carinhos.

Após a retirada dos carrapatos, a área onde eles estavam pode ficar ligeiramente inflamada, por isso, o uso de sprays antisépticos e pomadas antibióticas é permitido - verifique sempre com seu veterinário quais pomadas podem ser utilizadas em seus bichinhos! Lembramos, por fim, que é mais recomendado que os carrapatos sejam retirados por profissionais capacitados para isso, e que o procedimento só deve ser feito em casa quando não houver outra opção.



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/tirar-carrapato/

Categorias:
Saúde do Cachorro, Saúde do Gatos
Tags:
bem-estar, bichanos, cachorros, cães, cão, carrapato, cuidados, doenças, felinos, gatos, pets, saúde

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médica Veterinária (CRMV- SP 20.567) formada pela Universidade Estadual de Londrina - PR com Especialização em Radiodiagnóstico pelo Instituto Veterinário de Imagem (IVI). Responsável pelo setor de diagnóstico por imagem do Hospital Veterinário Cães e Gatos 24h atuando nas áreas de radiologia, ultrassonografia e ressonância magnética. Dra. Madi é integrante da equipe de Veterinários do portal CachorroGato e também responde por dúvidas na ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados