Sapato para cachorro - Posso calçar o meu pet?

A discussão sobre os benefícios e malefícios do sapato para cachorro continuam, enquanto o mercado pet oferece cada vez mais opções do produto

O sapato para cachorro é um dos acessórios preferidos entre os amantes de pets, que se divertem brincando de vestir seus cãezinhos de todas as maneiras possíveis. Embora o item ainda cause bastante discussão entre os donos de bichos de estimação e profissionais de saúde animal, o mercado de produtos voltados para pets não se intimida, e oferece cada vez mais opções para quem deseja enfeitar seus amiguinhos e deixá-los com looks cheios de charme.

 

 

Em muitos casos, o sapato para cachorro acaba sendo tido como um aliado da higiene por proprietários de pets, que fazem o uso do acessório apenas em ocasiões em que as patas do cão fiquem em contato direto com as ruas da cidade, evitando que o animalzinho traga de volta para casa as sujeiras espalhadas. No entanto, para os fãs de pets enfeitados, toda hora é hora de se produzir, e a escolha dos sapatinhos é feita muito mais por uma questão estética do que qualquer outro motivo, do mesmo jeito que costuma acontecer com as roupinhas.

Leia Mais: Coleira para cachorro: conheça os tipos e usos de cada modelo

De uma forma ou de outra, a discussão segue em alta entre os que apoiam e os que recriminam o uso de sapatos e outros tipos de acessório para cachorros, trazendo à tona diversos questionamentos relacionados à saúde e ao bem-estar dos animais, que podem sair prejudicados, em muitos casos, por motivos meramente estéticos.

 

Os motivos de quem apoia os sapatos para cães

 

Nessa batalha entre saúde e estética, os fãs de pets vestidos como humanos defendem que, além de ficarem mais bonitos, os animais também podem se beneficiar com o uso de sapatos, já que, em muitos casos, eles contam com solas anti-derrapantes e ajudam a manter a higiene do cãozinho durante passeios em locais de pouca limpeza.

Acessórios desse tipo também podem ajudar os cães a caminhar em pisos muito quentes sem que suas patas sejam queimadas, mas a questão higiênica sempre retorna ao topo da lista de vantagens dos sapatinhos para cães, já que, com seu uso é possível previnir os cãezinhos de doenças e infecções transmitidas por parasitas, encontrados nos ambientes fora de casa em que circula.

 

 

Fica ainda mais ressaltado o quesito da limpeza no caso de donos que vivem em apartamentos e permitem o acesso de seus pets a áreas como sofás e camas da casa, pois, com o uso do acessório, é possível impedir que boa parte do ambiente seja contaminado por sujeiras trazidas da rua nas patinhas dos amigões.

Em alguns casos, o uso desse tipo de acessório pode ser indicado até mesmo por questões médicas, para corrigir problemas na patinha do cão ou impedir que deslizem sem controle em superfícies escorregadias.

Cães que atuam ajudando humanos em situações de perigo ou resgates em locais de difícil acesso também podem ter o acessório como um facilitador e protetor. Na maioria das vezes, os animais envolvidos em ações desse tipo precisam andar por ambientes extremamente difíceis e cheios de pedregulhos, espinhos, pedras, metais e outros objetos pontiagudos, que podem causar ferimentos sérios nas patinhas do pet. Portanto, nesses casos, os sapatos para cachorro tem uso mais que indicado, já que, sem eles, fica muito difícil garantir a ausência de machucados no corpo do animal.

A cidade de Dusseldorf, na Alemanha, pode ser citada como um bom exemplo do uso de sapatos em cães. Desde 2008, os cachorros da polícia alemã são obrigados a usar o item como forma de proteção, impedindo que sejam feridos por pedações de vidro e outros objetos cortantes. Fechados com velcro, os acessórios usados pelos cachorros policiais foram testados com sucesso em 12 cães da corporação, e contam com uma fina camada a prova de cortes em sua sola, protejendo as patas em casos de situações violentas e atípicas.

 

Os motivos de quem recrimina os sapatos caninos

 

Entre os que consideram o uso de sapatos por cachorros um erro, podemos citar a grande maioria dos profissionais veterinários, que – exceto em situações de grande risco de ferimentos – acreditam que o acessório pode, em muitos casos, prejudicar os cães ao invés de ajudá-los.

Embora quem defenda o uso de sapatinhos afirme que os coxins (almofadinhas encontradas nas solas das patas dos cachorros) são os maiores beneficiados com o uso desse tipo de calçado, os que atuam com questões envolvidas com a saúde de pets acreditam que essa área é, justamente, a mais prejudicada pelo uso do acessório, sendo que, quanto maior for o tempo que o pet passa com com o item em seu corpo, piores podem ser as consequências.

 

 

Sendo o coxim dos cães uma das áreas por onde o animal transpira, fica claro que o uso prolongado de sapatos pode trazer problemas, já que o cão fica com um acúmulo de suor na área, e isso pode, até mesmo, causar lesões do mesmo tipo que as que se tenta impedir com o uso dessa proteção. Patinhas com quaisquer tipos de lesão ou secreções também devem ficar longe dos sapatinhos, de acordo com os profissionais veterinários, evitando que os problemas se agravem.

A recomendação, portanto, é de que pode ser permitido o uso desses acessórios durante caminhadas na rua (evitando queimaduras e o acúmulo de sujeira nos coxins) mas, no restante do tempo, as patas do pet devem ficar livres e arejadas.

Saindo um pouco do foco dos profissionais da saúde animal, boa parte dos donos de pet que são contra o uso de sapatos em cães tem o desconforto do animal como principal motivação, alegando que é posível notar claramente o incômodo de cãezinhos ao terem que caminhar com calçados e, portanto, isso deve ser evitado.

Essa turma defende veemente que o conforto do cão deve ser o ponto de partida na escolha entre colocar ou não um sapato no seu amiguinho de pêlos, e conta com a internet para defender seu ponto de vista.

 

Cuidados e indicações dos sapatos para cachorro

 

Tendo em vista que o uso de sapatinhos não traz problemas aos cães quando feito da maneira correta, vale a pena lembrar de alguns cuidados extras na hora de calçar seu pet, caso você decida aderir ao sapato canino.

 

 

Em primeiro lugar, é importante que o tamanho da pata de seu cachorro seja bem observado antes que um sapatinho seja comprado, pois, calçados caninos apertados ou largos demais podem restringir bastante os movimentos do pet, além de aumentar as chances de que ele ganhe lesões na região, em função do atrito com o acessório.

Para garantir a escolha do tamanho certo, os donos de pets podem medir a pata do seu animalzinho por meio de alguns passos simples: meça a distância da articulação da perna até a pata do cãozinho, assim como a circunferência da patinha.

O formato do sapatinho também deve ser cuidadosamente analisado e, quanto mais anatômico for para o cão, melhor será. O cuidado de encontrar um acessório que seja feito a partir de material flexível, ventilado e leve também conta bastante para evitar lesões, e ainda ajuda a deixar seu amigo de quatro patas com o máximo de conforto.

Caso o modelo de sapato fique na altura da articulação da perna do pet, a melhor escolha é trocar o estilo do acessório, já que, dessa forma, a dificuldade do animal para se mexer aumenta consideravelmente.

Algo bastante comum de acontecer com cãezinhos que nunca usaram sapatinhos é eles arrancarem os calçados por meio de mordidas. Isso acontece tanto pelo estranhamento do pet com o novo acessório quanto pelo desconforto que eles causam para o animal em um primeiro momento. Para evitar reações desse tipo, os donos de pets que realmente quiserem calçar seus bichinhos devem acostumá-los desde novos, evitando que ele rejeite a ideia no futuro.

Embora sua eficiência para a proteção e a higiene dos cachorros seja comprovada nos casos de pisos sujos, muito quentes ou agressivos para as almofadinhas da patas dos cães, é importante lembrar que, em hipótese alguma, os pets devem usar esse tipo de acessório por mais que algumas horas no dia, pois é, justamente, a frequência do uso de sapatinhos que pode acabar trazendo problemas ao animal.

Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/sapato-para-cachorro/

Sugira novo tema para um artigo
Categorias:
Comportamento dos Cães, Moda e Beleza para Cães
Tags:
acessórios, beleza, cachorro, cães, caninos, cão, fashion, moda, sapatinhos, sapatos

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médica Veterinária (CRMV- SP 20.567) formada pela Universidade Estadual de Londrina - PR com Especialização em Radiodiagnóstico pelo Instituto Veterinário de Imagem (IVI). Responsável pelo setor de diagnóstico por imagem do Hospital Veterinário Cães e Gatos 24h atuando nas áreas de radiologia, ultrassonografia e ressonância magnética. Dra. Madi é integrante da equipe de Veterinários do portal CachorroGato e também responde por dúvidas na ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados