Regime para Emagrecer Cães - Seu pet está gordo? | CachorroGato

Regime para Emagrecer Cães - Seu pet está gordo?

O seu cão está acima do peso? E você não sabe o que fazer para trazer vitalidade e mais saúde para ele? Saiba como ajudar o seu amigão a perder peso e estar em dia com a balança com o auxílio de um regime para emagrecer

Quem é que gosta de estar acima do peso? Ninguém, não é mesmo?! Da mesma forma não gostamos de ver o nosso cão assim, gordinho, e muitas vezes, sem saúde.  Foi pensando nisso que resolvemos escrever este artigo para ajudar você que é dono de um cachorro obeso e, que precisa urgentemente que ele perca peso com saúde, a pensar em soluções e alternativas práticas que possam auxiliar e contribuir definitivamente para a mudança do estilo de vida dele. Sendo, a melhor das alternativas, um regime para emagrecer o pet.

Como sabemos não é nada fácil mudar o nosso estilo de vida, bem como o dos nossos animais de estimação. Seja para ganho de peso, seja regime para emagrecer, ambas as propostas requerem muita dedicação e disciplina. Então, anota aí! Você vai precisar de muita força de vontade e uma certa dose de paciência. Não se sinta culpado, mas tome para si a responsabilidade de mudar este quadro! Assim como o seu, muitos outros lares passam pela mesma dificuldade e precisam de orientação.

 

O que causa a obesidade canina?

 

regime-para-emagrecer

Leia Mais: Quantidade de ração para cães e gatos – Quanto dar de ração?

 

É muito fácil de entender por que muitas famílias sofrem com a obesidade canina. O fato é que, como o cachorro é um animal muito mais humanizado, em termos domésticos, do que outros animais, a tendência é que eles participem, ainda que sem aprovação do veterinário, da alimentação humana toda vez em que a família se senta à mesa. Vai dizer que você não passa por esta situação de quando está fazendo qualquer refeição e o seu cãozinho vem te pedir comida? Bingo! É isso. É isso que precisamos mudar, muito embora, nós e você saibamos que não é algo muito fácil de mudar.

Mas, vamos com calma! Um degrau por vez, ok?! Uma coisa é você saber que precisa mudar os hábitos e ajudar na saúde do seu cão, outra coisa é saber como isso vai acontecer, certo? Então, vamos por partes, como de costume e de forma mais cautelosa possível.

Bom, a primeira coisa que você deve fazer é procurar o veterinário, se você estiver supondo que o seu amigão precisa de uma dieta para emagrecimento canino, esse já é um ótimo passo, é sinal de que você quer realmente ajudá-lo, então, você vai precisar mudar alguns hábitos de convívio e relacionamento com o seu cão.

Constatado, pelo veterinário, que o animal está obeso, ou ele pode associar a alguma doença que pode ter levado ele a obesidade ou ele vai te dizer que o cão pode ter sofrido uma superalimentação à base de gordura. E, possivelmente, vai te questionar sobre a frequência de petiscos e guloseimas que você dá ao seu cão. Caso contrário, ele vai precisar realizar uma bateria de exames, especialmente, para afastar qualquer tipo de doença.

 

Como identificar se o meu cão está obeso?

 

De uma forma mais visual e geral, pode-se dizer que o cão está obeso quando percebemos que para aquela raça, para estrutura física e para a idade canina ao ser tocado apresenta uma camada adiposa excessiva.

 

cachorro-precisa-emagrecer

 

Se você não sente as costelas do seu cão ao apalpá-lo, se a massa corporal impede que você perceba a musculatura do seu cachorro, se ele está com dificuldade de andar, se você não consegue visualizar a cintura dele, cuidado! Está na hora de fazer todos os exames e entender como o seu cão chegou a este peso. Ele come alimento demais, ou não? Ele tem algum tipo de doença que o levou a este sobrepeso?

 

Meu cão come muito, o que eu faço?

 

É verdade que o seu cão come muito? O que você acha que pode ter levado a isso? Será que você não deu ração além, quando ele era menor? Ou será que continua dando a mesma quantidade de alimento da época em que ele era filhote? Lembre-se um cão adulto não precisa da mesma quantidade de comida de que um filhote.

Quando o cão está em processo de desenvolvimento orgânico e físico é muito natural o ato de dar mais comida a eles, afinal, precisam de proteínas e calorias suficientes para o crescimento saudável.

E assim como existe a fase do desmame para a fase da ração, também existe a mudança da fase em que a quantidade da ração é diminuída quando entram na fase adulta. Será que junto a tudo isso você também tem dado petiscos e guloseimas?! Caso, sim! Para tudo. Vamos começar a rever o conceito sobre alimentação.

Fique atento! Porque os riscos de desenvolver altos níveis de colesterol e triglicerídeos são muito altos. Além de estarem pré-dispostos à diabetes, problemas nas articulações, infecções, doenças de pele e desenvolver algum tipo de câncer.

 

Qual dieta para emagrecimento meu cão deve seguir?

 

cachorro-precisa-fazer-regime

 

Para manter-se saudável e bem alimentado o seu cão não precisa nada além do que a ração já pode dar. Ela é uma fonte segura e eficaz no que se refere à quantidade de proteínas e calorias necessárias para uma vida ativa. Entretanto, você também pode oferecer uma alimentação light. Como? Existem rações desta categoria exatamente para cachorros que precisam realizar o regime de emagrecimento, como também, para aqueles que por conta da idade têm restrições alimentares.

 

Além da alimentação saudável você também deve promover certas ações:

 

  • Leve o seu cão para caminhar em média 30 minutos por dia;
  • Compre brinquedos para ele que estimulem a atividade, como por exemplo, as bolinhas. Assim, você faz com que brincando ele possa perder peso.  

 

Dica para a alimentação do seu canino:

 

  • Fracione a medida da comida diária em porções relacionadas ao peso que o animal deveria ter e não ao peso que ele tem, esta informação está sempre no verso do pacote de ração em uma tabela (peso x quantidade diária). Ele vai comer a quantidade suficiente para deixá-lo nutrido e conseguirá manter o peso.

 

Lembre-se, além da má alimentação um dos fatores que mais contribui para a obesidade canina é a falta de exercício.

 

Meu cão está obeso, mas não come muito. O que eu faço?

 

Você já constatou que o seu cão está obeso, mas sabe que não está diretamente relacionado à questão da quantidade de comida que ele se alimenta. O ideal é que sempre se procure o veterinário, especialmente, nesses casos mais sérios. É na ida ao especialista que você vai saber, de fato, o que está acontecendo com o seu cãozinho.

Agora, não acredite que castrar pode engordar o seu cão. Absolutamente! Isso não acontece, o que acontece é que aumenta o apetite. Entretanto, este apetite pode ser controlado pelo dono. Você já sabe que pode dividir em porções menores a refeição diária do seu cão, então, você não tem que ceder às vontades do cão.

Fique de olho no diagnóstico e em tudo o que pode estar causando este ganho de peso!

Doenças ligadas ao estresse, como as disfunções hormonais, também permitem que o cão se alimente mais por causa da carência afetiva e para aliviar a tensão. Toda atenção é pouca, o cão pode estar passando por um período de depressão.

A castração também pode ser um fator importante no ganho de peso. Porque, depois de realizado o procedimento de castrar o seu cão a tendência é que ele se torne mais sedentário, facilitando então a obesidade.

 

Outras doenças que podem ocorrer com o cão obeso:

 

  • Afecções osteoarticulares;
  • Problemas cardiopulmonares;
  • Problemas nas funções reprodutivas;
  • Predisposição ao diabetes;
  • Predisposição a enfermidades infecciosas e complicações dermatológicos;
  • Altos riscos cirúrgicos.

 

Portanto, é importante ficar de olho na alimentação do seu cachorro e junto ao veterinário pensar em um regime de emagrecimento para o seu amigão. Nós já demos a sugestão de como você deve realizar a alimentação diária dele com as rações lights existentes no mercado, fracionando ao longo do dia essa refeição, fazendo caminhadas em média 30 minutos por dia e estimulando a brincadeira com objetos que o deixem ativo.

No mais, o fundamental é que você tenha em mente que para além da alimentação que deve ser reorganizada também está toda uma compreensão de hábitos e comportamentos. E para que haja mudança alimentar na vida do seu cão é preciso que toda família pense e trabalhe junto em prol da saúde.

Não basta fazer a dieta, que sim, é o mais importante, mas é primordial que todos percebam o quanto determinadas ações em favor da saúde podem não só melhorar a vida do cão, como também do convívio no lar.



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/regime-para-emagrecer/

Categorias:
Alimentação para Cães, Saúde do Cachorro
Tags:
alimentação, cachorros, cães, cão, emagrecer, pets, regime, saúde

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médica Veterinária (CRMV- SP 20.567) formada pela Universidade Estadual de Londrina - PR com Especialização em Radiodiagnóstico pelo Instituto Veterinário de Imagem (IVI). Responsável pelo setor de diagnóstico por imagem do Hospital Veterinário Cães e Gatos 24h atuando nas áreas de radiologia, ultrassonografia e ressonância magnética. Dra. Madi é integrante da equipe de Veterinários do portal CachorroGato e também responde por dúvidas na ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados