Picada de animais peçonhentos em cães e gatos | CachorroGato

Picada de animais peçonhentos em cães e gatos

Saiba como agir e que medidas tomar nos casos de picada de animais peçonhentos em cães e gatos

Regiões próximas a rios, lagos, lixões, matas, terrenos abandonados sem limpeza adequada e construções, os animais ficam mais expostos a acidentes envolvendo agentes externos, e a picada de animais peçonhentos em cães e gatos se torna um perigo real.

Picada de animais peçonhentos em cães e gatos

Conhecidos pela capacidade de injetar seu próprio veneno na vítima, de forma ativa, esses agentes podem provocar consequencias que podem chegar a ser fatais para pets caninos ou felinos e, por isso, é importanbte que os tutores de animais de estimação saibam como lidar com ocorrências desse tipo. Confira, a seguir, os passos para seguir no caso de uma picada de animais peçonhentos em cães e gatos:

  • Quaisquer atitudes que envolvam perfurações ou cortes na pele para tentar remover o veneno são contra-indicadas
  • Se for possível, olhe o ambiente com atenção para verificar qual é o animal peçonhento envolvido no acidente - tentando guardar o maior número de informações sobre suas características (para passar para um profissional na hora do atendimento)
  • Leve o animal, imediatamente, para o hospital veterinário mais próximo; onde poderão ser feitos os procedimentos e a administração das medicações necessárias para salvar a vida do acidentado

Entre os animais peçonhentos mais conhecidos e que mais aparecem envolvidos nos casos de emergencias com cachorros e gatos, podemos citar:

  • Escorpiões (escorpião preto e o amarelo)
  • Serpentes (coral, jararaca, cascavel, surucucu)
  • Abelhas (africana, européia, africanizada)
  • Aranhas (aranha armadeira, caranguejeira, aranha marrom, tarântula)

Picada de animal peçonhento em pets

A gravidade e os sintomas envolvidos nesses acidentes dependerão do agressor e do tipo de reação no organismo da vítima.Nos envenenamentos por serpente, as alterações resultantes podem ser neurotóxica, hemorrágica, necrosante e/ou hemolítica – e posem afetar tanto cães quanto gatos; acontecendo com maior frequência em cachorros que moram em áreas rurais e ficam livres para explorar o território.

Leia Mais: Parto de cadelas ou gatas

região corpórea mais afetadas em gatos é a abdominal; sendo que, nos cães, membros (braços e pernas) e região facial são as mais atingidas.Inchaço e sangramento local da região picada (nem sempre visualizado) são os primeiros sinais desse tipo de acidente; havendo, ainda, a possibilidades de sangramentos no subcutâneo, gengivas, narinas, pela urina e vômito, fraqueza, depressão, distrição respiratória, aumento na frequência cardíaca, edema pulmonar e diminuição da pressão arterial do animal afetado.

Os cães e gatos compicada de animais peçonhentos como aranha, geralmente, sofrem mais com a dor local, que pode ser bem intensa - como nos casos da armadeira e tarântula.

Picada de animal peçonhento em cachorros e gatos

Aranhas como a caranguejeira, além de terem uma picada bem dolorida, também aumentam os riscos para a vítima; já que o seu corpo é recoberto por pêlos que provocam urticária – e, quando liberada(em situações de grande estresse)e em contato com a boca ou narinas do cão ou gato, podem causar distrição respiratória. O veneno da aranha marrom é outro de grande perigo e que tem propriedades necrosantes, podendo causar a perda de tecido em grandes áreas.

Acidentes ambientais, como nos casos que envolvem inoculação do veneno de escorpião, habitualmente, não têm evoluções fatais – porém, os animais picados sofrem com dor intensa e vermelhidão. Cães com disfunções cardíacas anteriores ao ocorrido (ou que liberem hormônios produzidos em situação de extremo estresse) podem apresentar sintomas mais graves e até fatais nesse tipo de caso.

Nos casos de picada de cão ou gato por animal peçonhento, o ideal é que o serviço de emergência veterinário seja procurado o mais rápido possível e que se tanha a maior riqueza de informações sobre o ocorrido – possibilitando que um socorro mais rápido e preciso seja prestado pelo médico veterinário responsável, e que os resultados dos procedimentos possam ser positivos.



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/picada-animais-peconhentos-caes-gatos/

Categorias:
Saúde do Cachorro, Saúde do Gatos
Tags:
picada de animais peçonhentos, picada de animais peçonhentos em cães, picada de animais peçonhentos em cães e gatos, picada de animais peçonhentos em gatos, picada de animais peçonhentos em pets

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médica Veterinária (CRMV-SP 25380) formada pela Fundação Municipal de Ensino Superior de Bragança Paulista (FESB). Especialização em Emergências e Terapia Intensiva pela Universidade Federal do Semi-Árido (UFERSA). Prêmio internacional em concurso de Bem-Estar Animal pela World Society for the Protection of Animals (WSPA). Responsável e membro da equipe de médicos veterinários intensivistas do Intensive Home Care, atuando nas áreas de emergência e terapia intensiva, na região de São Paulo.

Artigos Relacionados