Cachorro macho ou fêmea – Você sabe diferenciar? | CachorroGato

Cachorro macho ou fêmea – Você sabe diferenciar?

Conheça as principais características de cães e cadelas e saiba como decidir entre um cachorro macho ou fêmea para ter como pet

Em muitos casos, que busca um cão para fazer parte da família se depara com uma grande questão: escolho um cachorro macho ou fêmea? Com características, comportamentos e peculiaridades variadas, os cães machos e as cadelas podem ser muito diferentes; portanto, conhecer suas qualidades e atribuições é algo fundamental para saber qual deles levar para casa e ter como parte do lar.

Embora muitos acreditem em uma série de mitos que envolvem a diferença de gêneros dos animais – como, por exemplo, o de que os machos são melhores cães de guarda do que as fêmeas – boa parte dessas crenças são equivocadas (embora algumas tenham um fundo de verdade), e para escolher entre um cachorro macho ou fêmea é necessário se desprender das crendiçes e buscar informações reais, possibilitando que uma decisão bem informada seja feita.

cachorro-macho-ou-femea

O local e o espaço que o cão terá para brincar, o nível de atividades necessário para a sua saúde e a quantidade de atenção que a raça escolhida precisa são alguns dos muitos fatores que devem ser levados em consideração na hora de levar um pet para casa – independente do gênero do cão – no entanto, há, ainda, muitos fatores diferentes entre os cães e a cadelas, que podem ter um grande impacto na vida de quem cuida deles; e é por isso que estar bem informado é a melhor maneira de fazer uma escolha sábia.

Enquanto a questão do cio ainda inibe muitos a escolherem as cadelas como pets, o fator da marcação de território também preocupa quem pensa em adotar um macho, dando ainda mais força para a dúvida de quem quer um bichinho de estimação como parte da família. Para facilitar a sua decisão, elaboramos uma lista com diversas vantagens e desvantagens em se ter um cachorro macho ou fêmea, conforme você confere a seguir:

 

Leia Mais: Tudo sobre cães: cuidados para deixar seu cãozinho feliz

As características das fêmeas

Embora boa parte dos comportamentos estranhos e incômodos dos cachorros (tanto machos como fêmeas) possam ser resolvidos com a castração, as cadelas que ainda não passaram por este procedimento sofrem uma série de mudanças constantes em função do cio; ganhando a fama de mudar de humor com facilidade e de não serem tão amigáveis como os cães machos. Conheça, na lista abaixo, algumas peculiaridades das cadelas e seu comportamento:

  • As cadelas são mais independentes que os machos, e agem de maneira mais ativa para solucionar problemas ou questões que possam aparecer.
  • As cachorras fêmeas são bem controladoras, e podem responder de maneira bastante agressiva quando se sentem ameaçadas.
  • A partir do primeiro ano de vida, as fêmeas não-castradas entram no cio a cada seis meses; e isso provoca uma série de mudanças de humor, incluindo agitação exagerada e, em alguns casos, agressividade.
  • As cadelas podem ser ótimos cães de guarda. Mais desconfiadas por natureza e focadas na proteção da família, as cachorrinhas podem ser extremamente corajosas, lutando para proteger seus donos e crias.

cachorro-femea-ou-macho

As características dos machos

Considerados mais dóceis e atenciosos, os cães machos também podem enfrentar alguns problemas quando não castrados; incluindo, até mesmo, a distração no ato de proteger a família em função de uma cadela no cio passando por perto. Conheça, a seguir, algumas características bastante presentes em cachorros machos:

  • Os machos são mais carinhosos e afetuosos que as cadelas, e tendem a buscar mais carinhos com os donos que as fêmeas.
  • Os machos tendem a ser animados durante toda a vida – ao passo que as fêmeas, conforme envelhecem, passam a ser mais reservadas, na maioria dos casos.
  • Os cachorros são mais atenciosos que as cadelas e, enquanto a independência das fêmeas pode afastá-la de seus donos; os machos estão sempre prontos para brincar, interagir e fazer festa com seus proprietários.
  • A marcação de território por meio de jatos de xixi espalhados nos mais diversos lugares é algo comum aos cães não-castrados, assim como a agressividade.
  • Os cachorros tendem a ser mais atraídos por recompensas (como petiscos) do que as cadelas; e isso pode ser extremamente útil em processos de adestramento.
  • Quando castrado, o macho também se sai um ótimo cão de guarda; já que, ele tende a dar mais atenção ao seu território como um todo e, com o treinamento adequado, pode proteger seus donos e seu lar com muita garra.



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/macho-ou-femea/

Categorias:
Fases da Vida dos Cães, Saúde do Cachorro
Tags:
cachorros, cadela, cães, canino, fêmea, macho, pets

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados