Como socorrer o seu pet em casos de ingestão de corpos estranhos | CachorroGato

Como socorrer o seu pet em casos de ingestão de corpos estranhos

Saiba de que forma agir quando o seu pet faz a ingestão de corpos estranhos para evitar consequências graves

Devido a curiosidade dos animais domésticos e sua grande proximidade com seus cuidadores, torna-se bem maior a possibilidade da injestão de corpos estranhos por cães e bichanos dentro de suas casas. Enquanto alguns destas objetos são engolidos e passam pelo aparelho digestivo sem complicações, outrospodem ficar presos dentro do animal causando sérias lesões gástricas e intestinais – o que expõe esses pets a morte.

Ingestão de corpos estranhos

Na rotina veterináriaévista uma infinidade de casos onde ocorre a injestão de corpos estranhos por cães e gatos, sendo que alguns dos objetos mais comuns nesse tipo de acidente são:

  • Chupetas
  • Meias
  • Pedras
  • Ossos
  • Panos
  • Linhas (comum em gatos)
  • Agulhas e alfinetes
  • Cabelos e pêlos
  • Bolinhas e brinquedos de borracha

Conforme citado, quando um animal de estimação come algum objeto desse tipo, são bastante altas as chances de que um quadro de grande perigo se instale e, em função disso, é preciso saber como proceder para salvar a vida do pet – e seguir os passos descritos a seguir pode aumentar bastante as chances de que o animal saia desta situação sem maiores complicações:

  • Atentar a segurança antes de tentar realizar qualquer procedimento é importante, e checar se a respiração do pet está ocorrendo de forma habitual (ou se há algum objeto obstruindo a sua cavidade oral ou nasal) é fundamental para saber o nível de gravidade do caso
  • Se o objeto acabou de ser colocado na boca e o animal é dócil, chame-o com tom baixo (sem desespero), e tente abrir sua boca para retirar o objeto com os dedos. Vale lembrar que não devem ser retirados fios ou agulhas que tenham sido comidos pelo pet, pois, ele podem se prender desde a boca até em partes intestinais – devendo ser removidos cirurgicamente para que nenhum acidente ocorra durante o processo
  • Sendo o corpo estranho engolido por completo, é recomendado que o animal seja levado imediatamente ao médico veterinário, onde será feito o acompanhamento do trânsito gastrointestinal com o objeto ingerido para garantir a ausência de perigos maiores

O que fazer em casos de ingestão de corpo estranho?

A avaliação do médico veterinário é fundamental e insubstituível nestes casos, pois, somente ele saberá quais exames devem ser feitos para mostrar a situação e a localização do corpo estranhono aparelho digestivo – posssibilitando a definição de que malefícios podem ser esperados diante da condição e quais interverções que ajudem a evitar mais sofrimento ao cão ou gato podem ser realizadas.

Leia Mais: Picada de animais peçonhentos em cães e gatos

Animais envolvidos em ingestão de corpos estranhos podem apresentar um ou vários episódios de vômito e/ou diarréia; sendo que em seu conteúdo, pode haver ou não a presença de sanguee dos elementos ingeridos. Apresentando sintomas como depressão, inapetência, anorexia ou hiporexia, o quadro de injestão de corpos estranhos pouco se refere a uma doença específica –e pelo contrário, pode se confundir com varias doenças comuns e frequentes em felinos e caninos.

Além de uma exame minucioso do corpo do paciente - que deve ser realizado na clínica ou hospital veterinário de confiança - algumas informações sobre o hábito alimentar do animal e um breve histórico sobre o ambiente no qual o ele vive serão de grande valia na elucidação dos exames certos a fazer para uma melhor avaliação do quadro.

Como socorrer seu pet quando ele come um objeto que não devia

A radiografia (com ou sem contraste), a ultrassonografia e a endoscopia são exemplos de exames que podem ser requeridos para localização do objeto e avaliação de possíveis lesões – sendo que o tempo do socorro se mantém importante nesses casos; já que, caso o objeto engolido seja pontiagudo, há a possibilidade de hemorragias internas, ruptura ou lacerações de órgãos como consequência da passagem do corpo estranho pelo organismo do pet.

No entanto, mesmo em casos menos complexos o mais recomendado é procurar um hospital bem estruturado para que sejam feitos os exames julgados necessários pelos profissionais veterinários, permitindo que sejam realizadosos procedimentos e cirurgias que se façam necessários.



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/ingestao-corpos-estranhos/

Categorias:
Saúde do Cachorro, Saúde do Gatos
Tags:
cachorro comeu corpo estranho, emergência pet, felino e ingestão de corpo estranho, ingestão de corpos estranhos, socorro em caso de ingestão de corpo estranho

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médica Veterinária (CRMV-SP 25380) formada pela Fundação Municipal de Ensino Superior de Bragança Paulista (FESB). Especialização em Emergências e Terapia Intensiva pela Universidade Federal do Semi-Árido (UFERSA). Prêmio internacional em concurso de Bem-Estar Animal pela World Society for the Protection of Animals (WSPA). Responsável e membro da equipe de médicos veterinários intensivistas do Intensive Home Care, atuando nas áreas de emergência e terapia intensiva, na região de São Paulo.

Artigos Relacionados