Guia para Cachorros - Tipos e utilidades | CachorroGato

Guia para Cachorros - Tipos e utilidades

A variedade de tipos de guia para cachorro

Quando o assunto é guia para cachorros as dúvidas são muitas, desde como acostumar o cão, até que tipo de guia é a certa. Para decidir a guia perfeita para o cão, é preciso entender quais são as necessidades e qual a relação que o cão tem com a guia.

Antes de decidir a guia para cachorros, o dono deve saber o quão acostumado a usar guia o cãozinho é. Não importa se o cão for mais velho ou um filhote, se ele não é acostumado com a guia, ele precisará de treinamento.

O mais indicado é acostumá-lo primeiramente com a coleira, para ele não tentar tirá-la com os dentes. Isso pode levar um tempo, mas o cão acaba se habituando ao acessório. Depois, o dono pode tentar colocar a guia na coleira e deixar o cão passear por aí e brincar com ela, para que ele se acostume com a presença da guia.

 

guia-para-cachorros

 

Leia Mais: Como transformar carrinhos de bebê em carrinhos para cães

Logo depois de acostumar o cão com a guia, aos poucos, tente puxá-lo ao mesmo tempo que conversa com ele, para o cachorrinho acompanhar os passos e entender que a guia é um meio de comunicação entre ele e o dono.

Há várias técnicas que ensinam como fazer o cão andar na guia, mas o fator principal para a efetividade é a paciência. Alguns cães aceitam a guia com mais facilidade, outros lutam até cansarem contra ela. É mais uma questão de insistência.

 

As opções são variadas

 

Os tipos de guias para cães são diversos, indo dos variados comprimentos, até os materiais diversos. Decidir a guia certa pode ser complicado, dependendo do cão. Às vezes o dono pode achar que a guia usada para ensinar o cão em casa é perfeita, e quando sai para a rua ela causa problemas. É bom conhecer as opções.

As guias para cachorro tradicionais, mais encontradas no mercado, são as de nylon que chegam até 2 metros de comprimento. Essas guias são boas para cães leves e que não precisam de uma forma a mais para se manterem educados no passeio. Há também a opção de corda e corrente com o mesmo comprimento, que são boas para os cães que ainda são leves, mas precisam de uma força extra. Essas guias podem ser enroladas na mão facilmente para ficarem mais curtas, facilitando o manuseio.

 

cachorro-com-guia

 

As guias curtas são para cães de grande porte, elas existem por dois motivos simples: o cão é mais alto, então não precisa de uma guia muito comprida, e os materiais são sempre mais forte e mais grossos, mantendo o cão perto e sob controle. Essas guias são ideais para cães fortes, que podem puxar a coleira, pois ela não arrebentaria fácil.

A guia longa é muito parecida com a tradicional, mas ela normalmente vem em um comprimento de cerca de 7 metros. Essa guia não é indicada para passeios comuns, ela foi feita para cães acompanharem seus donos em atividades físicas ao ar livre, como bicicleta e patins, pois dá um espaço maior para o cão se movimentar sem causar acidentes. É importante ressaltar que esse tipo de guia só deve ser usado quando o cão é totalmente disciplinado e sabe onde pode e não pode ir.

 

As guias especiais são para casos especiais

 

As opções de guias não se limitam ao seu comprimento, mas também se estendem para suas funções. Há guias especiais para serem usadas em casos específicos, ou para tornar tudo mais prático.

As guias para cão-guia são especiais para dar mobilidade ao cão, ao mesmo tempo que o mantém perto do dono. Esse tipo de guia permite que o deficiente visual acompanhe os movimentos do cão-guia para o lado que for sem cansar a mão ou puxão o cachorro.

Existem as guias de cintura, que são indicadas para a prática de esportes como o surf ou qualquer atividade física em que o dono pode ter as mãos ocupadas e precisa manter o cão sob seu controle. Essa guia é especial porque requer muita confiança do dono e muito treino com o cão.

Por fim, a conhecida guia extensível, que consiste em um dispositivo onde a corda se enrola dentro e, conforme o cão anda, a corda vai desenrolando e dando mais guia ao cão. Por que essa guia de cães é especial? Porque ela não deve ser usada sem total controle do dispositivo. Há pessoas que usam esse tipo de guia para passear com seus cães em calçadas, e isso é muito perigoso, pois sem o controle da trava e o reflexo, o cão pode se enrolar, ou até correr para a rua e causar um acidente. Esse tipo de guia é indicada para o controle do cão em parques, para que ele possa correr e interagir com outros cães mais afastado do dono, sem este perder o controle do cão.

A escolha da guia certa para o cão é importante para manter o bem-estar e evitar acidentes nos passeios, tornando essa atividade essencial para a saúde do cão mais agradável tanto para ele, quanto para o dono.



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/guia-para-cachorros/

Categorias:
Atividades de Cachorro, Comportamento dos Cães, Moda e Beleza para Cães
Tags:
acessórios, adestramento, cachorros, cães, cão, coleiras, guias, passeio, pets

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados