Filhotes - As particularidades entre cães e gatos | CachorroGato

Filhotes - As particularidades entre cães e gatos

Saiba mais sobre filhotes de cães e de gatos

Na lista de coisas mais adoráveis que existem no mundo, com certeza grande parte das pessoas coloca filhotes como um dos principais nomes. Eles são brincalhões, carinhosos e lindos, além de serem pequenos, fazendo com que, seja da raça que forem, eles caibam no colo.

Os filhotes, sejam eles de cães ou de gatos, geralmente trazem ao seu novo lar uma alegria que se assemelha muito à chegada de um bebê da maternidade. Eles inspiram mimos, cuidados especiais e muito carinho, fora a vontade de brincar.

Filhotes

Comprar ou adotar um filhote?

Uma das primeiras coisas a se pensar, quando se considera um filhote em casa, é se ele será adotado ou comprado. Não é possível colocar um modo como sendo melhor do que o outro, pois ambos são igualmente vantajosos e possibilitam a chegada do filhote perfeito para o lar.

O meio da adoção tem tomado bastante força nos últimos tempos, com a aparição de diversas instituições sérias e responsáveis por encaminhar filhotes aos futuros donos. A adoção de filhotes oferece a vantagem de ser gratuita e, geralmente, o pet vêm vacinado e castrado, reduzindo consideravelmente os gastos com a sua chegada.

Leia Mais: Adoção de felinos: o que saber antes de ter um gato

Por outro lado, geralmente os bichinhos colocados para adoção já passaram da fase de filhote e já possuem algumas manias que vão precisar ser corrigidas pelo dono. Também é mais difícil encontrar, por exemplo, um filhote de raça pura - geralmente são cães vira-lata ou gatos pelo curto -, caso a pessoa queira adquirir um cachorrinho ou gatinho de alguma raça específica.

Para esse perfil, a melhor forma de conseguir o seu novo pet é a compra do filhote. Ele pode ser encontrado em um petshop, canil, ou até mesmo através de criadores. Os criadores costumam ser especializados em uma determinada raça e reproduzem-na sem misturas com outros. Para quem busca um cãozinho com pedigree, por exemplo, essas são as melhores opções.

Filhote de cachorro ou filhote de gato?

É mais comum que essa decisão já tenha sido tomada por quem estiver pensando em ter um novo pet em casa. As pessoas costumam tender a preferir um ou outro, ou simplesmente pensarem que um cão pode combinar mais consigo e com seu estilo de vida do que um gato, por exemplo, e vice-versa.

Cães são mais alegres e demandam mais atenção do que os gatinhos, que são mais independentes e pedem por menos carinho. O cachorro gosta mais de contato, o que pode ser visto tanto como uma vantagem quanto como uma desvantagem, dependendo da personalidade do futuro dono do pet.

Com isso, é comum que pensem que os gatos não são afetuosos, o que é um grande erro! Gatos também gostam dos seus donos e aceitam carinho, eles só são mais reservados e, realmente, não querem contato em todo momento. Para quem gosta mais de ficar quieto e ter um tempo para si, talvez, um felino seja uma opção melhor.

Posso criar cachorro e gato juntos?

Sim. Uma vez que os dois são diferentes e oferecem personalidades diferentes aos donos, também é interessante conviver com ambos ao mesmo tempo. E apesar da fama de se odiarem, cães e gatos também podem viver em perfeita harmonia, tudo depende de suas personalidades e de como eles serão criados em casa.

Quais os cuidados a serem tomados na chegada do filhote em casa?

Em primeiro lugar, é importante que ele esteja vacinado, vermifugado e, caso o dono não queira que o pet se reproduza, também é interessante providenciar a castração. De um modo geral, é recomendado que os bichinhos sejam castrados, consulte um veterinário para saber qual o período e o modo correto para fazer o procedimento da castração.

Depois disso, também é preciso reservar um cantinho para deixar o filhote, principalmente se ele for muito pequeno ou já existirem animais mais velhos em casa. Os filhotes são mais frágeis e é importante que eles tenham um espaço seguro para se desenvolverem nos seus primeiros dias na casa, até que estejam adaptados e devidamente vacinados para ai sim iniciar a convivência com os demais animais da casa.



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/filhotes-caes-gatos/

Categorias:
Comportamento dos Cães, Fases da Vida dos Cães, Saúde do Cachorro, Comportamento dos Gatos, Fases da Vida dos Gatos, Saúde do Gatos
Tags:
adquirir, cachorro, cachorros, cães, cão, cuidados, cuidar, detalhe, diferença, filhotes, gato, gatos, jeito, particularidade, pet, pets

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médico Veterinário (CRMV- SP 10.687), formado pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - Unesp com Pós Graduação em Oncologia Veterinária pelo Instituto Bioethicus e Pós Graduação em Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais pelo Instituto Qualittas. Responsável pelo setor de Oncologia Médica e Cirúrgica do Hospital Veterinário Cães e Gatos 24h. Dr. Toyota é integrante da equipe de Veterinários do portal CachorroGato e também responde por dúvidas na ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados