Escovar Pelo de Cachorro - Os instrumentos e as maneiras certas | CachorroGato

Escovar Pelo de Cachorro - Os instrumentos e as maneiras certas

Aprenda como conhecer o pelo do seu cão e como escovar pelo de cachorro em casa

Todo dono sabe que deve escovar os pelos do seu cão, mas nem todos realmente o fazem, e muito menos sabem por que isso é importante. Não é muito claro para a maioria dos donos de cães o tipo de pelo, frequência necessária da escovação, o instrumento certo e como não fazer. Também é um pouco desconhecido que escovar pelo de cachorro pode ser relaxante tanto para o dono quanto para o bichinho.

Pelos grossos, finos, simples, duplos, longos e curtos. As opções são variadas e podem confundir qualquer um. Aprender a escovar pelo de cachorro requer um pouco de paciência e interesse.

 

Conheça o pelo do seu cão

 

Para saber quando escovar o cão e que tipo de escova usar, é importantíssimo que o dono conheça o pelo do animal. Sentir como é o toque quando se passa a mão pelo cão, observar como ele se movimenta e a quantidade de pelos que o cão possui são pontos iniciais básicos para entender qual o tipo de pelo que o cão tem.

Leia Mais: Tudo sobre cães: cuidados para deixar seu cãozinho feliz

escovar-pelo-cachorro

Quando é um cão de raça, é mais fácil identificar, pois cada raça tem seu pelo específico. Raças originárias de regiões frias costumam ter pelo duplo e grosso, como uma capa protetora, e, por isso, o pelo é mais resistente e não enrola com tanta facilidade. Já algumas raças de companhia que possuem pelo longo e simples tem a pelagem mais delicada e facilmente formadora de nós, o que requer um cuidado maior.

Já um cão SDR pode ter qualquer tipo de pelo, e é importante que o dono o reconheça e escove conforme a necessidade. Nós e bolas que podem se formar nos pelos por falta de escovação realmente incomodam e machucam o bichinho, e um cão SDR merece o mesmo cuidado e atenção que um cão de raça.

Outros cães que também merecem atenção são os de pelo curto. Por mais que os cães de pelo longo mereçam um cuidado especial, o pelo curto também precisa de escovação regular. Cães perdem pelos durante a vida inteira, sua pelagem está sempre se renovando, por isso, a escovação de um cão de pelo curto é muito necessária. Ela evitará que o cão engula muitos pelos quando se lamber e também que caia pelos pela casa inteira.

 

Entendendo como e quanto escovar o cão

 

Depois de identificar o tipo de pelagem que o cão possui, o próximo passo para escovar o cachorro corretamente é escolher o instrumento certo.

Cães de pelo longo preferencialmente devem ser escovados com escovas de aço, que desembaraçam os nós mais facilmente. Dependendo da grossura do fio vai ser a firmeza da escova. Cães de pelo delicado, como o Maltês ou o Yorkshire, devem ser escovados com calma por uma escova de dentes finos e mais flexíveis na base, para não danificar o pelo. Já cães de pelo duplo ou grosso pedem um pouco mais de firmeza na escova para retirar todos os nós e o grande excesso de pelos.

como-escovar-pelos-cachorros

Os cães de pelo curto pedem escovas de borracha, que retiram os pelos com eficiência sem machucar a pele do bichinho. Até um cão de pelo bem baixinho e curto deve ser escovado, e por seus pelos serem tão unidos à pele, é muito perigoso usar escovas de metal e cortar a pele do cãozinho.

Alguns cães possuem o pelo duro, que lembram cerdas de escovas de cabelo. Esse tipo de pelo é um pouco complicado de se escovar devido à sua grossura. É interessante que o dono vá com calma e cuidado, para não acabar machucando o animal caso algum pelo seja arrancado ou quebrado.

Há no mercado loções especiais para escovação do pelo de cães, que deixam os fios mais fáceis de serem desembaraçados ao mesmo tempo em que proporcionam perfume, brilho e cuidado ao pelo do cãozinho. Essas loções são variadas e existem tipos específicos para cada pelagem, é só procurar em lojas especializadas.

A frequência das escovações vai depender do comprimento e da grossura do fio. De forma geral, o cão deve ser escovado uma vez por semana, sendo que a região do focinho deve ser escovada diariamente. Porém, cães de pelo longo devem ser escovados de 2 a 3 vezes por semana, e raças de pelo muito delicado é indicado a escovação todos os dias.

É bom lembrar sempre de deixar o cão sobre uma toalha ou um local que seja fácil retirar os pelos depois, porque grande parte deles fica na escova, mas alguns caem no chão e podem causar uma boa bagunça.

 

Relaxando o cão, o dono relaxa junto

 

O ato de escovar cães pode ser uma maneira muito interessante de relaxar e passar um tempo junto com o bichinho. Ser escovado proporciona prazer e tira o estresse do cão, que, se acostumado desde filhote, vai adorar esse momento do dia.

É importante que o dono não veja a escovação do cão como uma obrigação, mas sim como um meio de se conectar com o animalzinho ao mesmo tempo que cuida de sua saúde e bem estar. Conversar com o cão durante a escovação, brincar com ele, tudo isso proporciona felicidade ao bichinho, que se sente bajulado. É interessante também sentar no chão para escovar o cachorro, para ficar no mesmo nível que ele, fazendo desse um momento especial.

É bom experimentar deixar de levar o cão para o banho todo o fim de semana e tentar cuidar dos seus pelos em casa. Escovar pelo de cachorro não é complicado, só requer atenção, e o cãozinho vai adorar esse momento junto com o dono.



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/escovar-pelo-cachorro/

Categorias:
Comportamento dos Cães, Moda e Beleza para Cães, Saúde do Cachorro
Tags:
cachorros, cães, cão, escovação, escovar, escovas, pelagem, pelos, pentear, pets

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados