Como saber se sua cadela está prenha (grávida) | CachorroGato

Como saber se sua cadela está prenha (grávida)

Descubra como saber se sua cadela está prenha e quais são os sintomas mais clássicos da gravidez em cadelas

Embora muitos cuidados possam ser tomados para afastar uma cadela fértil de um cão macho, nem sempre a atenção redobrada dos donos da pet de estimação é o suficiente para impedir essa aproximação; fazendo com que quem é tutor de uma cadelinha se pergunte, com certa freqüência, como saber se sua cadela está prenha (grávida).

Levando em conta o fato de que a pseudociese (gestação psicológica em cadelas) é um problema relativamente comum no mundo canino, fica ainda mais forte a vontade de um dono de pet em descobrir como saber se sua cadela está prenha (grávida) – já que, embora haja alguns sinais bem característicos desse quadro, também há casos em que uma série de enganos pode ocorrer; fazendo com que um quadro de problema psicológico seja ignorado durante certo tempo pelos tutores da pet em função de uma crença descabida (como acontece no caso da pseudociese).

Caso a cadela já tenha sido castrada e apresente os sinais de gravidez, já fica mais fácil saber que a pseudociese deve estar ocorrendo – já que o processo de castração acaba com todas as chances de que a pet fique prenha (mesmo que, por ventura, tenha cruzado com algum cão).

Como saber se sua cadela está prenha (grávida)

Nestes casos, no entanto, é importante fazer uma ultrassonografia, pois, é provável que a cadela tenha algum resquício ovariano (quadro que acontece quando, no momento da castração, o cirurgião deixa sobrar um pedaço do ovário na cachorrinha). É importante, ainda, lembrar que se a cadela for castrada no cio (ou em um período bem próximo dele), a pseudociese pode acontecer mesmo que não haja resquícios de ovários.

No entanto, como a gravidez psicológica não é um problema exclusivo de cadelas castradas com resquício ovariano, e vale ficar de olho nos principais e mais evidentes sinais da gravidez canina; podendo encaminhar o animal para que um profissional veterinário passe a acompanhar sua gestação em casos de suspeita e garantir a saúde da cachorrinha qualquer que seja a situação real.

Leia Mais: 4 principais causas de amputação de cabeça de fêmur em cães e gatos

Dito isso, confira, neste artigo, quais são os indícios de uma cachorrinha grávida e de que forma você pode ‘investigar’ as possibilidades reais desse quadro; ficando atento aos sinais que ela apresenta para saber se a sua cadela está prenha.

Os sintomas e indícios da gravidez canina

Tendo em vista que a gestação de uma cadela dura, geralmente, entre 58 e 68 dias – fica fácil constatar que os sinais de gravidez começam a se manifestar de forma bastante rápida no corpo do animal, permitindo que os donos mais atentos já se dêem conta de que algo diferente pode estar acontecendo a partir do 20º ou 30º dia de gestação do animal e, por isso, lembrar quando foi o ultimo cio é fundamental para o começo da investigação sem exames.

Caso o fato de a cadela ter cruzado seja do conhecimento do tutor, é mais simples imaginar que uma gravidez possa estar se manifestando ao perceber mudança de comportamento e no corpo do animal – mas nem sempre isso é possível (tendo em vista que, em alguns casos, uma pequena distração por parte dos tutores já pode ser a oportunidade perfeita para que um macho se aproxime da cachorrinha no cio).

Como identificar cadelas prenhas (grávidas)

Independentemente de saber da cruza ou não, vale lembrar que ao notar sinais estranhos e atípicos na sua cadelinha de estimação, é fundamental marcar uma consulta para que um profissional possa avaliá-la – já que, tratando-se de uma gravidez ou não, é sempre preciso investigar o que provoca alterações nos animais; podendo identificar problemas de forma precoce e até iniciar um tratamento imediato para evitar transtornos maiores no futuro.

Dito isso, confira quais são alguns dos principais indícios que podem apontar para uma cadela prenha:

  • Alteração dos hábitos alimentares

    Boa parte das cachorrinhas grávidas perdem o apetite durante a gestação, deixando todo o interesse pela comida de lado ao longo do primeiro mês em que está prenhe. É importante insistir para que a cadela se alimente durante esta fase, e oferecer rações de grande qualidade também pode ajudar para que a sua gestação ocorra da forma mais tranqüila possível.

  • Mudança nas características dos mamilos da cadela

    Ainda no início da gravidez já é possível notar algumas mudanças significativas na forma e na aparência dos mamilos da cachorrinha, que se tornam maiores (em função da produção de leite), mais escuros em tom rosado e destacam uma pele mais fina e sensível por toda a sua volta – alteração que também pode ser notada na região do abdômen da pet.

  • Aparecimento de corrimentos vaginais

    A alteração de corrimentos vaginais é mais um sinal bastante clássico da gravidez em cadelas, e é essencial levar o animal pra um veterinário nos casos em que isso ocorre – já que, mesmo que isso não signifique uma gravidez, pode apontar para problemas e complicações diferentes eu possam afetar a saúde do bicho.

  • Alteração no volume abdominal da pet

    O crescimento da barriga da cadela, embora demore um pouco para se mostrar, é outro sinal bem evidente de que uma fêmea pode estar prenha.

  • Mudanças de comportamento

    Mal-estar constante, cansaço frequente e a mudança de uma cadelinha ativa para uma que passa a maior parte do tempo descansando também podem ser encarados como fortes indícios de que uma cadela está prenha e; enquanto estes sintomas costumam se manifestar logo no início da gestação, também há outros que surgem conforme a gravidez evolui – dando espaço os comportamentos mais maternais da pet que espera a chegada da sua cria.

Sua cadela terá filhotinhos em breve?

A confirmação de que sua cadela esta prenha

Para confirmar o quadro de gravidez em cadelas, no entanto, é preciso ir a uma clínica ou hospital veterinário e poder contar com a ajuda de um profissional. A partir do 25º dia de gestação (mais ou menos) já e possível enxergar o filhotinho na barriga da mãe e confirmar as suspeitas por meio de um exame de imagem de ultrassonografia.

Por meio deste teste a gravidez da cadela já pode ser 100% confirmada, permitindo que o seu tutor inicie o processo de acompanhamento da gestação da pet junto com um profissional veterinário – que terá todas as condições de responder que tipo de cuidado deve ser tomado nessa fase e como se preparar pra a chegada da ninhada.

No entanto, é somente depois do 50º dias de gestação que se torna possível contar quantas crias farão parte da ninhada que está para chegar, através da realização de outro exame de imagem veterinário – que, neste caso, deve ser o de raio-x digital.

Vale lembrar, mais uma vez, sobre a importância de levar sua cadela com suspeita de gravidez a um veterinário assim que notar qualquer tipo de alteração; já que há cuidados específicos que devem ser tomados com as cachorrinhas nessas condições (como o oferecimento de alimentos de maior qualidade e o impedimento de banhos pouco mai de uma semana antes do nascimento da ninhada), e que podem provocar problemas para o animal se não cumpridos.

Outro bom motivo para consultar um profissional ocorre quando não se sabe bem sobre a origem do macho que fecundou a cadela, pois, nesses casos, há a possibilidade de que o porte do cachorro influencie e dificulte bastante as condições de parto da cadela – exigindo a realização de uma cesariana, por exemplo.

É importante ressaltar, ainda, que são muitas as situações em que uma cesárea pode ser necessária na hora do nascimento da ninhada e; por isso, é fundamental que todas as cadelas possam contar com o acompanhamento de um veterinário durante a gestação.

Sintomas de que o parto da cadela está se aproximando

Tiradas as suspeitas e confirmada a gravidez da cadela, chega a hora em que a proximidade com o parto fica grande; provocando mais uma série de sintomas característicos e mudanças de comportamento bastante evidentes no animal - fazendo com que, se por acaso o tutor ainda não tiver levado a pet em um profissional e ainda houver dúvidas quanto ao fato de ela estar prenhe, isso acabe.

Como saber se a sua cachorrinha está grávida

Pouco tempo antes da chegada dos filhotes (cerca de duas semanas), as cadelas passam a apresentar sinais maternais bastante fortes, e a procura por um local mais isolado e tranqüilo da casa – onde formará o seu ninho para esperar pelo nascimento da cria – é um dos sinais mais óbvios de que o parto se aproxima.

A temperatura retal da cadela (que pode ser medida com a introdução de um termômetro no ânus da pet) também pode indicar a proximidade do parto – já que a temperatura da região costuma cair dos habituais 39°C para cerca de 37°.  A produção de leite e a expulsão de uma mucosa esbranquiçada ou amarelada pela vagina da cachorrinha também são sintomas típicos de que o parto se aproxima rapidamente.

Inquieta e agitada nesse momento, a cadela irá procurar o local que já preparou como ninho nas semanas anteriores para dar as boas-vindas aos filhotes – deitando-se de lado para que as contrações ajudem-na a expelir as crias. Deixar a cadela à vontade nesse momento e, principalmente, acompanhar o processo, são ações fundamentais para qualquer dono de pet – já que, conforme citado anteriormente, uma série de complicações podem surgir quando menos se espera em um parto canino – fazendo com que monitorar o parto e ter em mãos o telefone de um bom profissional veterinário sejam atitudes absolutamente necessárias neste momento.



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/como-saber-se-sua-cadela-esta-prenha-gravida/

Categorias:
Saúde do Cachorro
Tags:
cachorra grávida, cadela grávida, cadela prenha, como saber se minha cadela está prenha, pseudociese

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados