Cinto de segurança para animais - Protegendo seu pet no carro | CachorroGato

Cinto de segurança para animais - Protegendo seu pet

Muitas pessoas não sabem disso, mas o cinto de segurança para animais é obrigatório para todos que precisam andar de carro com o seu pet

Não importa se o seu pet é um cachorro ou um gato, provavelmente um dos momentos mais aguardados por eles é um passeio no carro de seus donos. Apesar disso, a grande maioria dos donos de animais de estimação não utiliza e nem entende realmente por que o cinto de segurança para animais é tão necessário.

A grande maioria das pessoas que não utilizam o cinto de segurança para animais afirma que o seu cão ou gato não gostam de ficar presos no carro, ou que vai ser uma viagem pequena e que eles estão seguros soltos no carro - o que não é verdade, já que às vezes não importa quão bem a pessoa dirija, diversos fatores externos podem ameaçar o bem estar tanto do pet quanto de seu dono - como freaadas bruscas ou manobras de emergência, que podem acabar jogando o seu pet até mesmo para fora do carro - e, além disso, com o animal solto dentro do carro, muitas vezes o motorista desvia sua atenção para o que o animal está fazendo, o que pode acabar causando acidentes.

 

cinto-seguranca-animais

 

O que muitos motoristas não sabem é que existe uma legislação no Código de Trânsito Brasileiro - o CBT - que regulamenta como deve ser feito o transporte de animais dentro de veículos e, apesar de não citar o cinto de segurança como uma obrigatoriedade, ele é altamente recomendado, além de evitar que o motorista seja multado por desobedecer essas regras, que estão citadas abaixo:

Leia Mais: Tapetes sanitários: usos e bons motivos pra ter um.

 

Artigo 169 - Dirigir sem atenção ou sem os cuidados indispensáveis à segurança. Multa de R$ 53,20 e três pontos na carteira.

Artigo 235 - Conduzir pessoas, animais ou carga nas partes externas do veículo, salvo nos casos devidamente autorizados. Infração grave com multa de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira.

Artigo 252 - Dirigir o veículo transportando pessoas, animais ou volume à sua esquerda ou entre os braços e pernas. Multa de R$ 86,13 e quatro pontos.

 

Como o cinto de segurança funciona?

O cinto de segurança para animais é basicamente uma coleira peitoral, que possui um adaptador que possibilita que ela fique presa no encaixe do cinto de segurança. Assim o cão fica preso no banco, conseguindo se movimentar o suficiente para poder deitar e sentar como for mais confortável, mas também fica seguro para não ser arremessado para fora de janelas, contra partes do carro ou contra pessoas em caso de acidente.

Esse modelo de cinto de segurança é mais utilizado para cães, que estão mais acostumados a utilizar esse tipo de coleiras - o que não impede que seja usado por gatos, desde que esses estejam acostumados a usar coleiras e não fiquem muito ariscos presos dessa forma dentro do carro.

Por isso, para os donos de gatos, o mais recomendado é que eles sejam transportados em caixas de transporte para gatos que respeitem as necessidades básicas do gato - ela deve ser grande suficiente para o gato poder ficar em pé e se virar dentro da casinha - e aí sim ela ficar presa com o cinto de segurança, garantindo a segurança do bichano.

O cinto de segurança para animais pode ser encontrado na maioria dos pet shops do país e o seu preço geralmente varia conforme o tamanho do animal.



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/cinto-seguranca-animais/

Categorias:
Atividades de Cachorro, Fases da Vida dos Cães, Moda e Beleza para Cães, Saúde do Cachorro, Moda e Beleza para Gatos, Saúde do Gatos
Tags:
bem-estar, bichanos, cachorros, cães, cão, cuidados, felinos, gatos, pets, segurança

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médica Veterinária (CRMV- SP 20.567) formada pela Universidade Estadual de Londrina - PR com Especialização em Radiodiagnóstico pelo Instituto Veterinário de Imagem (IVI). Responsável pelo setor de diagnóstico por imagem do Hospital Veterinário Cães e Gatos 24h atuando nas áreas de radiologia, ultrassonografia e ressonância magnética. Dra. Madi é integrante da equipe de Veterinários do portal CachorroGato e também responde por dúvidas na ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados