Caixa de Transporte para Cães

Para longas viagens ou curtas distâncias, a caixa de transporte para cães é uma interessante opção

Seja para transporte em viagens ou até para treinamento, a caixa de transporte para cães causa dúvidas diversas nos donos de animais, seja sobre o seu material, o tamanho e até mesmo o conforto.

Muitos donos consideram as caixas de transporte para cães cruéis, por deixarem os animais presos em um ambiente pequeno e restrito durante as viagens. Da mesma forma que isso pode causar desconforto para alguns donos, para outros a caixa é a certeza de que o animal estará mais seguro em casos de acidentes do que se estivesse solto no banco do carro, por exemplo, é como um quarto móvel para o pet.

 

 

Leia Mais: Tudo sobre cães: cuidados para deixar seu cãozinho feliz

Fabricadas em diversos materiais, as mais comuns são as de plástico, como as utilizadas para transporte aéreo, ou as de arame, como é possível ver em alguns petshops ou feiras de adoção, com uma bandeja de metal na parte inferior. As caixas de plástico ainda são divididas em várias categorias, dependendo do modelo e da qualidade do plástico utilizado em sua confecção.

Caixas de plástico para cachorros são mais aconselhadas para animais que gostam de um ambiente mais escuro e aconchegante, mas, independente do material, é importante escolher o tamanho correto da caixa, o cão deve ter espaço para ficar em pé e se mover lá dentro em um pequeno círculo, do mesmo jeito que acontece com as casinhas para cães.

 

Caixas de transporte como treinamento

 

Assim como coleiras, caixas de transporte podem ser utilizadas para treinar e educar o seu cão, tanto para cães que passam certo tempo sozinhos em casa quanto para cães que têm tendência a tentar destruir as coisas.

Nesse caso é preciso observar o tamanho da caixa – não pode ser nem pequena demais, restringindo os movimentos do cachorro e nem grande demais, dando um excesso de liberdade ali dentro. O aconselhado é comprar a caixa de transporte do pet pensando no tamanho do cão adulto e utilizar barreiras para limitar o seu tamanho interno enquanto ele é filhote.

Se for deixar o pet na caixa é preciso acostumá-lo com ela primeiro e nunca exceder o tempo recomendado. O aconselhado é que esse tempo não passe de uma hora para cada mês de idade do cãozinho e que o tempo máximo não passe de 10 horas (o tempo médio de um dia de trabalho). Um animal não acostumado pode entrar em pânico e, além de destruir a caixinha, se machucar gravemente.

 

Conheça também as caixas de transporte para gatos

Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/caixa-transporte-para-caes/

Sugira novo tema para um artigo
Categorias:
Atividades de Cachorro, Comportamento dos Cães, Moda e Beleza para Cães, Saúde do Cachorro
Tags:
cachorros, cães, caixa, pets, transporte, viagem, viagens

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados