Cães vira-lata: você sabe quem eles são? | CachorroGato

Cães vira-lata: você sabe quem eles são?

Ganhando cada vez mais foco da mídia e dos defensores de animais, os cães vira-lata ainda não são totalmente compreendidos no Brasil

Com a prática da adoção em foco, os cães vira-lata foram colocados no centro de debates que envolvem desde o abandono de animais até a posse responsável de pets; passando pela notável tendência que muitos ainda têm pela compra de cachorros considerados “de raça” ou pedigree.

No entanto, mesmo estando no foco de discussões acaloradas sobre adoção, preferência por raças e abandono, os cães vira-lata ainda não são compreendidos por muitos – sendo considerados como participantes dessa ‘classificação’ específica em função de razões muito mais culturais do que, de fato, físicas.

Cães vira-lata

Também chamados pela sigla SRD (que indica que o animal é Sem Raça Definida), os vira-latas podem ser definidos como cachorros que não são originários do cruzamento de uma única raça – sendo, portanto, produto da mistura entre os mais diferentes tipos, portes, pedigrees e estilos de cães.

Em função disso, o grupo dos vira-latas acaba sendo bastante extenso; já que destaca e engloba todo tipo de cachorro cuja raça não possa ser definida com certeza e que tenha origem mestiça. No entanto, o que faz com que esse termo seja amplamente aplicado à diferentes animais nos dias de hoje não tem uma relação grande com raças; mas, sim, com o abandono.

Com isso, boa parte dos animais que vivem nas ruas – independentemente da origem ou pedigree – acabam sendo classificados como vira-latas, ganhando esse nome em função de sua condição de vida, e não por causa de sua condição mestiça. Levando em conta que o termo também já é usado, há tempos, para definir condições e características humanas (geralmente, de uma forma pejorativa), se torna ainda mais difícil o esclarecimento das pessoas em relação ao real significado da definição de ‘vira-lata’ – mantendo estes animais, ainda, no centro de uma série de debates.

Leia Mais: Raças caninas de pequeno porte: principais características

Documentário Vira-Latas

Entretanto, enquanto o público em geral ainda pode apresentar problemas para definir os SRD, já há um grande grupo de defensores de animais que se esforçam em conscientizar as pessoas em relação aos vira-latas – investindo tempo, esforços e valores pesados para que eles ganhem o destaque e a importância que merecem no mundo dos animais.

Um grande exemplo disso pode ser visto no projeto Documentário Vira-Lata; um filme produzido para esclarecer a visão do público em relação à este grupo específico e mostrar um pouco mais sobre as diferentes características destes animais, além das dificuldades que eles enfrentam ao longo da vida – seja pela vida nas ruas ou pelo simples fato de não serem ‘reconhecidos’ como deveriam (embora já haja, nos dias de hoje, uma forte tendência que aponta para os cães SRD com um status cada vez mais popular).

Para viabilizar o lançamento do filme e, consequentemente, a conscientização do público – o Documentário Vira-Latas conta com uma campanha especial na página Kickante, buscando a ajuda dos amantes dos SRD para que o longa possa ser exibido em todo o País. Cada doação recebida coloca o documentário um pouco mais próximo do seu lançamento, sendo que os amantes de animais doadores terão seus nomes inseridos nos agradecimentos do filme – que já conta com uma série de incentivadores famosos, além de grandes empresas e empreendimentos parceiros do mundo pet, incluindo o CachorroGato.

Clique AQUI e faça agora a sua doação!



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/caes-vira-lata/

Categorias:
Curiosidades sobre Cães
Tags:
cachorro vira-lata, cão vira-lata, Documentário Vira-Lata, vira-lata, vira-latas

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Priscila Franco é a Community Manager e Editora-chefe das Notícias do Grupo CachorroGato. Formada em Jornalismo e Publicidade & Propaganda.

Artigos Relacionados