Cães Pequenos e suas Raças, Portes e Tamanhos

Opções adoráveis de raças de cães pequenos

Acostumamos a ver sempre cachorros grandes como companheiros alegres e divertidos – como não gostar do Beethoven (da raça São Bernardo) e da Lessie (da raça Collie), tão famosos no cinema? – e os pequenos são sempre aqueles cachorrinhos das vilãs, sempre pouco agradáveis.

Mas é tudo mito! Apesar do que diz o cinema, os cães pequenos são grandes companheiros para seus donos e amigos, além de viverem muito bem em ambientes pequenos... como os tão falados cães para apartamento, famosos por seu micro tamanho e gigante alegria.

As raças de pequeno porte

Cães de pequeno porte chegam até os 10kg e medem até 40cm (das patas até os ombros). São cães que não exigem muito espaço, podem morar num apartamento ou num sobrado sem quintal, por exemplo. Mas não exclusivamente, claro, eles também adoram espaço para brincar. Seu tamanho pequeno também facilita as atividades como passeio, banho e tosa.

Cães Pequenos - Raças, Portes e Tamanhos

Leia Mais: Veja quais são os melhores pets para apartamento

As menores raças dos cães pequenos

São muitas as raças que se incluem no pequeno porte. Existem os chamados mini cães, que parecem miniaturas de tão pequenos, como o Poodle Toy. Ainda menor que o Poodle convencional, os Pinchers 0 e 1 e o Spitz Alemão (miniatura ou anão). Um pouco maior, sem ser miniatura, mas ainda bem pequeno temos o Chihuahua.

Mas na nossa lista de cães pequenos temos também o Staffordshire Bull Terrier, que por ser um cão com uma boa massa muscular pesa de 24 a 36 kg porem mede de 35 a 40 cm de altura. Então, é importante começar sua escolha pensando no quão pequeno você quer que seu amiguinho seja. Pode ser um cão pequeno ou um cãozinho muito pequenino.

Cães pequenos podem ser adestrados

Mesmo pequenininhos, eles podem ser adestrados, sim. Inclusive, o Chihuahua possui uma natureza forte e é um grande caçador, mesmo sendo uma das menores raças do mundo. Pode ser um ótimo cão de guarda, sempre atento. Todos podem passar pelo adestramento de cães, alguns aprendem mais rápido que os outros, vale a pena uma pesquisa individual das raças para mais informações.

Além de se adaptar a espaços pequenos e serem fáceis de transportar, há outras vantagens, como a perda reduzida de pelo em determinadas raças. Alguns quase não perdem pelos e outros perdem uma quantidade moderada. Algumas raças de cães pequenos também descamam menos e, sendo essa a causa das alergias, também são preferíveis nesse sentido, já que tem menos chance de afetar uma visita ou um morador.

Ideais para fazer companhia a quem vive em apartamentos e espaços mais restritos como esse, os cães pequenos se adaptam bem a diferentes tipos de ambiente, convivendo bem com famílias grandes e mesmo com apenas uma pessoa. Conforme citado anteriormente, há uma série de raças caracterizadas pelo pequeno porte e, tendo em vista que há, ainda, “versões miniatura” dessas raças, quem busca por um cãozinho conta, hoje, com uma vasta gama de opções para escolher – podendo optar pelo tipo de personalidade e o nível de atividade desejado em um animal pequenino.

caes-cachorros-pequenos

No entanto, assim como nos casos dos cachorros de grande porte, há uma série de cuidados e precauções que devem ser tomados com os cães de raças menores; já que parte delas pode contar com uma propensão maior para o desenvolvimento de doenças e complicações, que são próprios de cada raça específica.

Apesar disso, o fator do tamanho limitado destes animais ainda pode ser visto como uma vantagem em muitos aspectos – especialmente no que ser refere a quantidade de atividade física exigida para manter a saúde do bicho de estimação em dia; pois, parte dos cães de pequeno porte não necessita tanto desse tipo de exercício como os animais maiores (que podem se tornar obesos e até depressivos em função de não ter onde gastar tanta energia acumulada).

As suas principais características de raças pequenas

Além de uma necessidade menor de atividades físicas – fator que, conforme alertamos, conta com diversas exceções no mundo dos cãezinhos – os cães de raças pequenas contam com variadas características e personalidades, sendo uma tarefa relativamente fácil a de encontrar um exemplar que se adapte bem a lares e temperamentos dos mais diferentes donos. A seguir, você confere cinco das mais populares raças de cães pequenos, e fica sabendo um pouco mais sobre o temperamento e os cuidados especiais que são necessários com cada uma delas.

  • Chihuahua Classificado entre as raças mais populares e queridas de porte pequeno, o Chihuahua é o tipo de cão que pode ser visto com frequência sendo carregado dentro das bolsas de suas donas. Pesando, na maioria dos casos, cerca de 2 quilos, os cães dessa raça tem um tamanho médio que gira em torno dos 18 centímetros. Embora seja pequenino (e considerado como a menor raça existente, podendo, inclusive, pesar somente cerca de 500 gramas), o Chihuahua é um cão bastante valente, impetuoso, resistente e independente – costumando não ser muito amigável com crianças. Sua pelagem é curta, na maioria dos casos, não requerindo muitos cuidados.
  • Yorkshire Terrier Extremamente dócil e carinhoso com seus donos, o Yorkshire pode ser um tanto temperamental com pessoas desconhecidas. Dono de uma longa pelagem, precisa de escovações diárias – no entanto, seu nível de atividade é baixo, dispensando exercícios físicos constantes. Temperamental, pode se tornar um cachorro que late muito se não for treinado, e lida melhor com pessoas do que com outros animais.
  • Pug Dono de uma personalidade mais sedentária por natureza, o Pug é um cão que dispensa os exercícios para ficar no colo dos donos e receber carinhos. Dócil e tranquilo, dificilmente se torna um pet que late compulsivamente – entretanto, é dono de uma respiração que traz uma espécie de ronco. Seu focinho pequeno o classifica entre as raças braquicefálicas, que exigem cuidados e precauções para evitar problemas, já que a respiração do animal já é mais difícil por natureza.
  • Poodle Toy Muito inteligente, o Poodle Toy é a versão menor do Poodle, e se assemelha a uma bolinha de pêlos com seu tamanho reduzido e a pelagem enrolada – que exige tosas bimestrais. Adaptando-se facilmenta a diferentes tipos de ambiente, faz parte do grupo mais indicado para se criar em apartamentos, e tem uma boa relação com pessoas e outros animais já conhecidos – podendo se tornar desconfiado e protetor quando se depara com estranhos.
  • Maltês Quebrando a “regra” de que cães menores não precisam de muitos exercícios, o Maltês é um cachorro extremamente ativo e agitado que, ao contrário de boa parte das raças de pequeno porte, necessita de atividades físicas constantes para se manter saudável e feliz. Muito companheiro e sempre disposto a brincar e dar carinho, o cachorro desta raça necessita de bastante atenção para não se tornar triste ou entediado. Carcterizada por uma pelagem comprida, branca e lisa, a raça também exige a escovação constante (de preferência, diária) de seu pêlos para evitar o acúmulo de sujeira e o aparecimento de problemas de pele.

Conheça mais raças de porte pequeno!

Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/caes-pequenos-racas-portes-tamanhos/

Sugira novo tema para um artigo
Categorias:
Comportamento dos Cães, Curiosidades sobre Cães
Tags:
cachorro, cachorros, cães, cão, características, conhecer, famosas, micros, pequenos, pet, pets, portes, raças, tamanhos, tipos

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados