Proteção aos cães contra fogos de artifício | CachorroGato

Proteção aos cães contra fogos de artifício

Confira algumas dicas para proteger os cães contra fogos de artifício

Tão inevitável quanto as festas de fim de ano são o uso de fogos de artifício, que proporcionam belos espetáculos nos céus, principalmente nas cidades de médio e grade porte. Além do Réveillon, outras datas também são comemoradas com os explosivos. Porém, ao contrário do efeito provocado para nós humanos, os cães sofrem com fogos de artifício.

A tortura para o animal é provocada principalmente pelo fato de que os cães tem o ouvido mais sensível do que os humanos, podendo ter percepção até quatro vezes maior aos ruídos. Outro fator que faz com que os cachorros reajam ao som é a necessidade natural de proteção, provocado pelo barulho dos fogos. Porém existem algumas técnicas para proteção a cães contra fogos de artifício.

caes-contra-fogos-artificio

 

Soluções para seu cachorro que tem medo de fogos

Podemos dividir as principais dicas em duas partes. As que são mais imediatas e voltadas para tentar resolver o problema no momento em que o cachorro começar a latir com mais intensidade e ter reação mais forte aos fogos, e também as dicas que envolvem algum tipo de planejamento.

Leia Mais: Complexo vitamínico para cães: cuidados indispensáveis

Entre as que podem ser tomadas pelos donos para amenizar o sofrimento do cão está deixar o animal em um ambiente mais reservado e afastado, para que ele escute com a menor intensidade possível o ruído provocado pelos fogos. Também é indicado colocar pequenos tufos de algodão nos ouvidos dos cães para protegê-los dos fogos de artifício.

Porém, também é possível se precaver dos eventuais contratempos. Existem técnicas que podem ser utilizadas para tranquilizar os cães e prepará-los para os períodos com uso mais frequente de explosivos. Uma das possibilidades existentes é o adestramento específico para esta finalidade, outra técnica que pode ser feita é o uso de essências florais para tranquilizar os cães.

Como proteção a cachorros contra fogos de artifício também é possível o uso de medicamentos. Nesses casos, porém, é indispensável a supervisão de um médico veterinário. A medicação deve ser dada ao cachorro antes que ele comece a se apavorar com o barulho provocado pelos fogos e, assim, evitar crises de pânico.

Por fim, é preciso ressaltar também que todos os cuidados para proteger os cães com fogos de artifício são indicados, pois os episódios podem acarretar em futuros traumas aos animais. Caso isso aconteça, além das dificuldades de convivência com o cachorro, deve ocorrer um tratamento feito por um especialista para superar a fobia.



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/caes-contra-fogos-artificio/

Categorias:
Comportamento dos Cães, Saúde do Cachorro
Tags:
cachorros, cães, cuidados, fogos, fogos de artifício, pets, proteção, proteger

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados