Cachorros micro: Pequenos em tamanho - grandes em carinho | CachorroGato

Cachorros micro: Pequenos em tamanho - grandes em carinho

Micro pets conquistam o mercado com sua delicadeza e porte adequado para espaços pequenos e médios. 

Cada vez mais pessoas estão se rendendo aos animais de estimação, em especial aos cães e gatos. Existem raras exceções que incluem cobras, ratos, aves de rapina e etc. Algumas pessoas preferem animais de grande porte, pois servem de cães de guarda, ou mesmo felinos para captura de roedores. Mas sem dúvidas os cachorros micro têm sido a preferência entre criadores e isso é mais que justificável.

mini cães

Existem diversos fatores para que os cachorros micro tenham caído no gosto do povo. Eles são fofos, lindos e brincalhões, alguns um pouco geniosos e ciumentos, mas todos enchem a casa onde habitam de muita alegria. 

Atenção na hora de adquirir um cão micro.

Os cachorros micro estão no mercado há anos. Desde 1959, a Inglaterra insere mini cães em competições. Entre as raças mais populares, no Brasil, estão: Chihuahua, o Maltês, o Yorkshire e o Poodle. São animais muito carinhosos, dóceis, inteligentes, obedientes, e não saem destruindo tudo que veem pela frente. Eles gostam de estar presentes entre os familiares e são muito antenados aos acontecimentos ao redor, também escutam os menores ruídos.

Esses pequeninos são resultantes de cruzas entre animais de menor porte da raça e mudança genética. Por isso é necessário ter bastante atenção na hora de adquirir o cãozinho, pois erros genéticos podem trazer danos à saúde do animal.

Leia Mais: Quando posso sair com o filhote na rua?

O termo "micro" é apenas para sinalizar o tamanho do animal e não é usado oficialmente. Esses animais chegam a pesar apenas 1 kg, ocorrendo na mesma raça, com tamanho padrão cães, animais com até 7 kg. Fato que deve ser bem observado pelos que desejam obter um animal tão pequeno.

Cruzamentos  possíveis erros genéticos.

O cruzamento entre parentes próximos, pai e filha, mãe e filho e entre irmãos, pode resultar em graves consequências, entre elas falhas genéticas que podem ser mortais. Outro fator desaconselhável é o cruzamento de matrizes abaixo de 1.8 kg. O peso mais saudável é de 2.5 kg.

Assim, esteja atento aos cachorros micro, pois podem ter a cabeça muito grande, hérnia umbilical, hidrocefalia, convulsões, latido compulsivo, ossatura frágil, entre outros problemas. E lembre-se que todo animal exige cuidados especiais.

 



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/cachorros-micro/

Categorias:
Comportamento dos Cães, Curiosidades sobre Cães, Fases da Vida dos Cães, Saúde do Cachorro
Tags:
cachorrinhos, cachorros micro, micro, micro pets, pequenos pets

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados