Cachorros – Incríveis curiosidades sobre os pets caninos! | CachorroGato

Cachorros – Incríveis curiosidades sobre os pets caninos!

Conheça mais sobre o mundo dos cachorros e fique sabendo muitas curiosidades sobre esses animais que cada vez mais fazem parte das famílias

Hoje em dia, de 9 em cada 10 casas existem cachorros. E essa estatística comprova que cada vez mais esses peludos vem conquistando não só lares, mas o coração das pessoas.

Porém, muitos que tem cachorros não sabem bastantes coisas sobre eles. Alimentá-los corretamente, levar para passear, brincar, mantê-los limpos, escová-los, cuidar da saúde dele, dar amor e carinho são alguns dos quesitos básicos para quem decide ter um pet, mas é sempre bom saber mais sobre o mundo deles, afinal, quanto mais se conhece, mais se compreende.

Um exemplo é o fato de eles enterrarem tudo o que é dado ou achado: sejam ossos, brinquedinhos ou até mesmo algo que eles pegam sem que as pessoas percebam, eles escondem. E isso é um fato histórico, bem ancestral, já que provenientes da espécie canídeos, onde há os lobos, coiotes e raposas como alguns dos animais desta evolução, era por uma questão de sobrevivência guardar o que era descoberto. E isto eles trazem na genética até hoje. Portanto, antes de achar ruim que ele estragou a grama do jardim, saiba que ele só está sendo normal!

cachorros

 

Os cachorros suam? E por que cheiram o rabo dos outros?

Leia Mais: Equipamentos veterinários - Encontre todos os tipos e fornecedores

Você já parou para reparar que os cães tem algumas manias? Porém, nem tudo o que eles fazem são “tiques” da personalidade deles. Por isso, não adianta ficar constrangido quando ele encontrar um amiguinho pelas ruas e começar a cheirar a parte traseira dele (e vice-versa): eles estão apenas se conhecendo. Isto ocorre por uma glândula no ânus do animal, que serve como uma impressão digital dos humanos, as quais passam informações sobre o outro. Compreendeu agora essa “cheiração” toda?

Diferentemente das pessoas, os cães não precisam usar desodorante, mas eles suam sim, tanto pelo focinho, como pelas patas. E o nariz dele serve também como uma espécie de termômetro para a febre, já que se estiver seco e quente, com certeza ele está em uma temperatura acima de 39,5 graus, que é a normal, sendo recomendada uma visita urgentemente ao veterinário.

Já para resfriar o seu corpo, os cachorros usam a língua, que faz com que eles troquem o ar quente para o frio na aspiração. Ou seja, quando ele estiver “arfando” (usando a expressão do “arf, arf, arf” para este momento), sirva água para ele, pois com certeza ele irá agradecer muito esta gentileza!

Falando ainda em costumes ancestrais, a mesma situação de enterrar o osso é a de esta espécie ficar dando voltas para deitar. Por uma questão de estudar o terreno, eles andavam em cima de onde iam descansar para verificar se havia espinhos, objetos que pudessem machucá-los e até mesmo a firmeza do local. Além disto, neste momento eles também estudavam qual o melhor ângulo para que pudessem ver tudo e, assim, evitarem a aproximação de predadores de surpresa.

Já nos dias de hoje esta escolha de melhor localização dos cachorros é a de ficar com mais conforto e visão para acompanharem a movimentação da casa, em um sentido mais curioso e participativo.

 

É verdade que os cachorros sentem quando os donos estão chegando?

É comum escutarmos que em tal horário os cachorros já estão na porta esperando pelo seu grande amigo ou que eles rosnam quando alguma pessoa de que eles não gostam está por perto, nem que seja do outro lado da rua. E isto tudo tem fundamento, já que a audição e o olfato dos cães são muito mais aguçados e superiores se comparados aos dos humanos. Então, enquanto os odores passam e bate uma corrente de ar, ele consegue captar o cheiro e distinguir do que se trata.

E isto também vale para a assimilação de períodos ou barulhos específicos. Todo cãozinho habitua-se à hora da chegada do seu dono, ou seja, mesmo que ele não saiba usar o relógio normal, o “seu” já avisa que aquele é o momento em que a pessoa está chegando. Também pelo próprio modo de andar ou ronco do motor do carro os cachorros já ficam eufóricos, pois sabem que sua melhor companhia chegou.

 

Os cachorros sonham como nós?

cachorros-caes-curiosidades

Você já pegou o seu cãozinho rosnando ou chorando enquanto está dormindo? Se já, então sabe que eles sonham. Estudos mostram que além de eles dormirem pelo menos de 9 a 10 horas diariamente, estendendo essa estimativa se eles costumam ficar sozinhos durante alguns períodos, eles tem os seus momentos de sonhos, igualmente às pessoas, que muitas vezes também são esquecidos ao despertar.

Os cachorros filhotes e os idosos são os que estão propensos a sonharem mais ainda do que o habitual, entretanto, os maiores estímulos dos sonhos são os fatos cotidianos, as situações marcantes do dia (sejam elas boas ou ruins), além de fatores externos influenciarem nesta situação. Uma televisão ligada com gritaria ou briga, por exemplo, enquanto os cachorros dormem, se eles não acordarem poderá fazer com que estas condições façam parte do sonho dele.

Este estágio também nem sempre é sonhado em cores para eles, assim como para nós. E falando em tonalidades, muitos questionam se os cães enxergam somente em preto e branco, mas a verdade é que eles também enxergam o azul, o amarelo e o cinza. Então, caso esteja no parque e o seu pet estiver brincando um pouquinho mais longe de você (o que só deve acontecer se ele for adestrado e manso, além de sempre supervisionado), se quiser chamar a atenção dele de um modo discreto, abane objetos azuis ou amarelos, pois assim eles enxergarão com clareza.

 

Os cachorros gostam mesmo de caçar gatos?

Isto seria verdade há séculos, quando eles não eram domesticados. Atualmente, é comum haver gatos e cachorros morando na mesma casa e sendo amigos. Há até os que dormem juntos, levantando a dúvida se eles sabem qual é o cão e quem é o felino ali.

Mais uma vez voltando aos ancestrais, esta espécie via os outros animais que eles consideravam mais frágeis como presas e, logicamente, alimento. Mas não necessariamente os gatinhos que vemos hoje, mesmo porque eles nem existiam desta maneira naquela época. Por isso, mesmo que desenhos como “Tom & Jerry” vendam essa ideia, os cachorros veem no gato da casa uma companhia até mesmo para diversão.

Já na rua ele poderá querer correr atrás de gatos, assim como de pombas ou quaisquer outros bichos que ele se sentir seguro nesta “caça”. Mas, com certeza, é um impulso do instinto, sem perigo algum, a não ser que ele seja realmente feroz e ataque a tudo com intenção fatal. Entretanto, neste caso, um dono consciente jamais sairá com ele na rua e muito menos sem focinheira e uma corrente bem firme, não é mesmo?

 

Quero ter um pet: o que é destaque nas raças dos cachorros?

cachorros-pets-melhores-amigos-homem

Há vários tipos de cachorros, quando se fala em personalidade, jeito de ser e porte. E para cada desejo há um especial. Se a pessoa quer um cão pequeno, o Chihuahua é o mais indicado, pois varia de 100g até menos de 3 kg, considerado o menor de todos. Já se a vontade é a de ter um cachorro inteligente, do tipo Brian, do desenho “Uma Família da Pesada”, as opções são Border Collie, Poodle, Pastor Alemão, Dobermann, Golden Retriever e Pinscher.

Para os que querem um de guarda, treinados para esta função, os de mordidas bem intensas são Mastiff (Mastim Inglês), Rottweiller e Fila Brasileiro. Isto porque eles tem a mandíbula forte e curta, o que dão mais precisão. E por falar no Mastiff, ele é o cão mais pesado e também com maior estatura, chegando até aos 110 kg.

Ainda abrangendo o fato do tamanho, quanto aos cachorros mais altos, para aqueles que gostam desse porte, há os que chegam até 90 cm de altura, como o São Bernardo, o Grand Danois, o Karabash da Anatólia, o Borzoi e o Wolfhound Irlandês.

Não menos que os demais, contudo um pouquinho menos espertos (mas muito companheiros e carinhosos) estão as raças Chow Chow, Buldogue, Basenji, Afghan Hound e novamente o Borzoi.

Leia mais sobre essas e muitas outras raças no nosso Guia Completo de Raças de Cães!

Enfim, independentemente do que você quer de um cão, sem dúvida alguma eles são os melhores amigos do homem. Fieis, leais, amáveis e até mesmo cúmplices, uma casa não é feliz sem cachorros. Portanto, seja um vira-lata ou um de raça, tenha a certeza de que com você estará não só uma companhia, mas um bichinho que será mais um membro da sua família!



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/cachorros-curiosidades/

Categorias:
Comportamento dos Cães, Curiosidades sobre Cães
Tags:
cachorros, cães, comportamento, convivência, curiosidades, hábitos, origens, personalidade, pets

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médica Veterinária (CRMV- SP 20.567) formada pela Universidade Estadual de Londrina - PR com Especialização em Radiodiagnóstico pelo Instituto Veterinário de Imagem (IVI). Responsável pelo setor de diagnóstico por imagem do Hospital Veterinário Cães e Gatos 24h atuando nas áreas de radiologia, ultrassonografia e ressonância magnética. Dra. Madi é integrante da equipe de Veterinários do portal CachorroGato e também responde por dúvidas na ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados