Cachorro Vira-Lata

Saiba mais sobre cachorro vira-lata

Sempre que se fala em cães, a grande preocupação é explicar tudo se baseando nas raças e quais são mais indicadas para qual situação. Porém, por que não falar do cachorro vira-lata e todo seu charme?

Mas o que é um cachorro vira-lata?

Os profissionais da área da veterinária classificam os vira-lata como cães SDR (Sem Raça Definida). Popularmente, qualquer cão que não tenha a aparência de alguma raça é considerado um cachorro vira-lata, porém, clinicamente o termo abrange uma quantidade maior de cães.

O cão de raça é considerado aquele que tem pedigree com certificado emitido. Qualquer tipo de mistura na linhagem do cão já o faz ser considerado mestiço, ou seja, um vira-lata. Atualmente, é possível emitir esse certificado através de testes, mas isso ainda é caro.

O cão vira-lata não tem características definida, nem físicas e nem na personalidade. Como é uma mistura de várias raças, podem ter qualquer tipo de variação de aparência e tamanho.

Leia Mais: Veja as 10 raças ideais de cães para apartamentos pequenos

Cachorro vira-lata

Verdade ou mentira?

Muitos mitos são gerados pela sabedoria popular em torno de cães vira-latas, em todos os sentidos. Mas nem todos são verdades.

“Cães vira-lata são mais inteligentes que os de raça”. Mentira. Todo cão tem a mesma capacidade de aprendizado, tudo vai depender de como o dono o cria. A verdade é que algumas raças de cães são naturalmente predispostas a algumas atividades naturais da própria raça. Como um vira-lata é mestiço, ele pode ter predisposição a qualquer atividade.

“Cães vira-lata não precisam ser vacinados”. Mentira. Todo cão deve ser tratado e medicado da mesma forma, independente da raça. Qualquer cãozinho está sujeito a sofrer com doenças.

“Cães vira-lata são mais fortes que cães de raça”. Meia Verdade. A mistura de raças fez com que os cães SDR criassem mais resistência e adaptação que cães de raça pura. Porém a característica de maior resistência de vira latas esta mais relacionada com os vira-latas de rua, que por um evento chamado de pressão seletiva (sobrevivência do mais forte) os torna mais resistentes, os vira latas criados em casa que receberam todos os cuidados desde jovens.

Como qualquer outro cão doméstico tem a mesma predisposição a doenças que os mesmos. Também vale lembrar que muitas raças tem uma facilidade maior de desenvolverem determinadas doenças características das raças.

Por que não adotar um cachorro vira-lata?

Uma prática comum e bastante difundida atualmente é a de adoção de cães abandonados. Infelizmente, a maioria dos cães encontrados em abrigos são vira-latas retirados das ruas.

Os abrigos fazem um trabalho sério de reconhecimento e adaptação do animal à nova família, tendo o cuidado de se certificar sempre que está tudo bem com todos.

Adotar é ótimo, todo cão merece uma chance.

 

Ainda sobre adoção

Se existe a duvida de qual cachorro adotar ou criar e não houver a necessidade de uma raça capaz de realizar um trabalho especifico, o cão vira-lata é uma ótima opção. Ele não vai dar ao dono o status que um cão de pedigree daria, mas sem duvidas a pessoa que adota um vira-lata está dando uma chance para um cão que provavelmente nunca teria um lar pelo simples fato de não ter uma raça definida.

Como dito anteriormente, o cachorro sem raça definida é um cão como qualquer outro, o fato de ter muitas vezes saído das ruas para entrar na casa de uma família não o torna um cão imune a tudo, ele precisa de atenção, carinho e cuidados. Mesmo não sendo natural de o cão vira-lata ser exigente com comida, sempre é melhor alimentá-lo com a ração própria para seu porte, o que evita uma série de doenças e problemas de saúde.

Quando retirar um cãozinho diretamente da rua, sempre o leve ao veterinário em primeiro lugar para saber quais são as condições de saúde do bichinho, dê as vacinas e cuide de possíveis problemas que o cão vira-lata possa ter antes de levá-lo para casa. Além disso, sempre lembre que as ONG’S existentes na região onde mora são uma ótima opção, instituições de confiança tendem a castrar, vacinar e vermifugar os cães. A prefeitura da cidade de São Paulo, por exemplo, possui um programa chamado PROBEM, destinado a adoção de cães e gatos.

vira-lata-cachorro

Como os cães vivem nos abrigos/canis de ONG?

Um animal, seja ele um cãozinho ou um gatinho, que vive em um abrigo sério é bem tratado, tendo a sua disposição comida, água e cuidados necessários, ou seja, ele se encontra em uma situação melhor do que um bichinho que está na rua sujeito a diversos problemas.

Ainda assim, a condição de cão vira-lata numa ONG não é a ideia, por exemplo, lá a atenção fornecida é limitada, pois os cuidadores se ocupam com diversos animais, entre outras limitações. Ao adotar um vira-lata, a grande maioria dos cães em abrigos, a pessoa não está apenas ajudando aquele cão, mas está abrindo espaço para que outros cães sejam resgatados e fiquem mais seguros. Além de tudo, seu dono não vai gastar para tê-lo como acontece com cães de raça.

 

Como é o comportamento e o aspecto do cão vira-lata

O cão vira-lata, mestiço ou SRD é um cão que pode ter uma linhagem tão difusa que é impossível determinar quais cães deram origem a ele, ou é um cruzamento claro entre determinadas raças, como dito antes.

Cães vira-lata de rua, principalmente aqueles que já tiveram um lar e foram abandonados, tendem a ser muito fieis. A fidelidade é uma característica reconhecida em diversas raças de cachorro, mas acredita-se que o vira-lata cria um vinculo especial com seu dono por passar tanto tempo nas ruas. É comum, ainda mais nas grandes cidades, ver situações onde cães vira-latas se tornam companheiros inseparáveis de pessoas em situação de rua. Acredita-se que isso ocorra porque esse cão aprendeu como sobreviver por conta própria e percebeu que se beneficiava ao ser dócil e amistoso.

Um cão sem raça definida apresenta chances de ser inseguro ou desconfiado como qualquer cachorro de qualquer raça. Isso muitas vezes ocorre devido o histórico de maus tratos que o cão sofreu; o tornando mais arrisco, mas de uma forma geral eles costumam ser amorosos e carinhosos e não sem emoções como algumas pessoas acreditam.

vira-lata-cao

O vira-lata típico do Brasil é facilmente reconhecido pelas pessoas, é um cão de porte médio, de pelo curto que se apresenta em diversas cores entre preto e bege claro, o que chega a variar com as condições do ambiente no qual vive. No entanto, o vira-lata pode ser apresentar de com outra aparência e temperamento de acordo com sua origem, coisa que dificilmente o dono vai saber.

Por isso é muito difícil definir um padrão para o vira-lata enquanto cães de raça foram modificados para terem determinado comportamento e nunca vai ser encontrado dois vira-latas iguais. Esses cães, especialmente os que viveram na rua, se adaptaram ao ambiente e são capazes de fazer diversas proezas que talvez alguns cães de raça nunca venham a fazer.

Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/cachorro-vira-lata/

Sugira novo tema para um artigo
Categorias:
Comportamento dos Cães, Curiosidades sobre Cães, Saúde do Cachorro
Tags:
cachorro, cachorros, cães, cão, conhecido, definida, linhagem, mistura, pet, pets, possui, raças, srd, vira-lata

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados