Cachorro tem dente de leite? | CachorroGato

Cachorro tem dente de leite?

Assim como os humanos, cachorro tem dente de leite e precisa de cuidados especiais com a saúde bucal

Além da amizade e do carinho entre cães e humanos, há muito em comum entre eles, e uma série de fatores naturais que ocorrem com as pessoas também acontecem na vida dos animais. No entanto, o que nem todos sabem é que a boca dos cães também apresenta algumas similaridades com a dos seres humanos, e cachorro tem dente de leite.

Da mesma forma que nós, os cachorrinhos também nascem banguelas, começando a mostrar seus primeiros dentinhos por volta da terceira semana de vida. No entanto, o cachorro tem dente de leite, e 28 desses dentinhos nascidos na sua primeira fase de vida irão cair em pouco tempo, dando espaço para o nascimento de sua arcada definitiva – bastante temida pelos que se arrepiam com a possibilidade de uma mordida.

cachorro-tem-dente-leite

Os dentes de leite dos cães começam a cair por volta do seu quarto mês de vida e, apesar de não serem fortes e permanentes como os que virão em seguida, são bem mais pontiagudos e afiados do que os dentes definitivos – que nascem mais arredondados e em maior quantidade (42 no total).

Exceções podem ocorrer com algumas raças miniatura, como Yorkshire Terrier, Pincher, Poodle e Shih-Tzu, por exemplo. Nestes casos, os dentes de leite do cão podem não ser eliminados de maneira natural quando a arcada definitiva começa a nascer, permanecendo na boca do animal e dividindo espaço com os novos dentes.

Entretanto, assim como no caso dos humanos, este fator pode causar uma variedade de problemas na região oral do animal, e os dentes devem ser extraídos para que se evite complicações maiores – de preferência, por um especialista, como um dentista veterinário, que poderá avaliar melhor a situação bucal do pet em questão.

Leia Mais: Como saber se sua cadela está prenha (grávida)

Além de poderem sofrer com problemas na dentição, os cachorros que não perdem os seus dentes de forma natural podem desenvolver inflamações e uma série de outras complicações em função da ocorrência; e é indicado que os cães das raças mais propensas a ter esse tipo de problema façam uma consulta com profissional por volta dos 7 meses de idade, para que possam ser avaliados.

Embora possa parecer algo preocupante, a troca de dentição dos cachorros é, na maioria das vezes, bastante simples – sendo que o maior problema enfrentado por eles durante esse período são coceiras muito grandes na gengiva, que podem fazer com que ele se comporte de maneira bastante compulsiva, passando a roer e morder tudo o que aparece a sua frente.

Fornecer brinquedos que o animal possa morder bastante é fundamental durante o nascimento de seus dentes definitivos, pois, desta forma, o cão poderá aliviar sua coceira sem destruir o restante do seu lar. Brinquedos de borracha e que são próprios para ser gelados no freezer (promovendo uma sensação fria e aliviante para o cão que brinca com ele), como os conhecidos “bastões gelados”, são alguns dos mais indicados para esta fase.

caes-tem-dente-leite

É importante lembrar que, nos casos comuns de troca de dentição, a coceira é a única mudança típica que ocorre e, portanto, fatores como falta de apetite e apatia não podem ser ignorados nesta fase (já que a aparição destes sintomas não é natural, e deve ser investigada).

Em grande parte dos casos, os proprietários de pets caninos nem chegam a perceber quando os dentes do animal começam a cair. No entanto, isso não é motivo para preocupação, já que, mesmo quando o cachorro acaba engolindo seu próprio dente de leite, isso não acarreta consequências para a sua saúde.

É fundamental ter em mente que, assim como no caso dos seres humanos, os dentes dos cachorros devem receber atenção e cuidados constantes e, embora haja brinquedos e comidas no mercado pet que ajudem a limpar a região bucal dos animais, eles não são o suficiente para manter seu pet livre do acúmulo de sujeira e da formação de placa bacteriana – que pode provocar graves problemas periodontais no cão e, inclusive, fazer com que ele perca seus dentes permanentes de maneira precoce.

Portanto, a escovação diária dos dentes dos cachorros é extremamente necessária, e deve ser feita com escovas e pastas específicas para o animal – já que a versão humana destes itens pode machucar e até causar irritações estomacais no pet (que, ao contrário dos humanos, não tem a capacidade de cuspir a pasta após a escovação).



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/cachorro-tem-dente-leite/

Categorias:
Fases da Vida dos Cães, Saúde do Cachorro
Tags:
cachorros, cães, cuidados, dentes, dentes de leite, dentição, dentistas, pets, saúde, saúde bucal canina

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médica Veterinária (CRMV- SP 20.567) formada pela Universidade Estadual de Londrina - PR com Especialização em Radiodiagnóstico pelo Instituto Veterinário de Imagem (IVI). Responsável pelo setor de diagnóstico por imagem do Hospital Veterinário Cães e Gatos 24h atuando nas áreas de radiologia, ultrassonografia e ressonância magnética. Dra. Madi é integrante da equipe de Veterinários do portal CachorroGato e também responde por dúvidas na ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados