Cachorro Pequeno - Tudo o que você precisa saber | CachorroGato

Cachorro Pequeno - Tudo o que você precisa saber

Saiba as vantagens de ter um cachorro pequeno e quais são os cuidados necessários com eles

É possível ter um animal de estimação, mesmo vivendo em locais pequenos, como um apartamento ou uma casa sem quintal. Um cachorro pequeno é o mais indicado para esses ambientes e se adapta melhor aos espaços reduzidos.

Vamos ver mais adiante que um cachorro pequeno representa muitas vantagens, mas ele também necessita de cuidados especiais que vão desde cuidados com o coração até escovar os dentes com mais frequência.

cachorro-pequeno

 

Top 5 de raças de cães pequenos

 

Leia Mais: Grande porte, maior espaço. Raças de cães para casas grandes

5- Pug

cachorro-pequeno-pug

São sociáveis, amáveis e comportados. Gostam de diversão e desenvolvem um forte vínculo como seus donos, por conta disso, podem ser um pouco ciumentos quando ignorados. São compactos e pesam menos de 9 quilos.

Conheça mais sobre a raça Pug

 

4- Bulldog Inglês

cachorro-pequeno-buldogue-ingles

Convivem bem com outros animais e gostam de crianças. São dóceis, leais, não necessitam de muito exercício físico e, por isso, se adaptam bem a pequenos espaços.

Conheça mais sobre a raça Bulldog Inglês

 

3- Maltês

cachorro-pequeno-maltes

Tem um caráter sereno que combina com a carinha deles. São uma ótima companhia para os idosos porque podem passar muito tempo em repouso, deitados ou dormindo. São sociáveis e apesar de não precisarem de muito exercício físico gostam da natureza e ambientes abertos.

Conheça mais sobre a raça Maltês

 

2- Shih Tzu

cachorro-pequeno-shih-tzu

São ótimos companheiros e topam tudo: horas descansando no seu lugar favorito, caminhadas regulares. Estão sempre por perto e adoram um carinho por parte dos seus donos.

Conheça mais sobre a raça Shih Tzu

 

1- Poodle

cachorro-pequeno-poodle

O cachorro pequeno mais famoso de todos. Não perdem pelo e não cheiram mal. Um pouco de exercício físico frequente ajuda a manter a saúde desses adoráveis companheiros.

Conheça mais sobre a raça Poodle MédioPoodle Toy e Poodle Anão

 

Vantagens de um cachorro de pequeno porte

 

Um cachorrinho pequeno, além de fofinho, traz algumas vantagens para o seu dono. A maioria delas, obviamente, são por causa do seu tamanho mais compacto, mas outras abrangem temas como amabilidade e aceitação do pet em diferentes lugares.

 

  1. É mais fácil de levá-lo para todos os lugares. Em um passeio no shopping, por exemplo, é mais bem recebido que os cachorros grandes, por ser menos ameaçador.
  1. São fáceis de abraçar. As crianças, principalmente, adoram esse tipo de animal porque são mais fácies de carregar, cuidar e abraçar. O cachorro de tamanho pequeno transmite mais amabilidade e segurança para as crianças.
  1. Levar para passear. Apesar do tamanho mini, esse tipo de cachorro é bastante elétrico e está todo o tempo em movimento pela casa. Por causa disso, não necessita de caminhadas muito longas para manter-se exercitado.

 

Cuidados especiais para cães de tamanhos pequenos

 

Os cães de tamanhos pequenos, como todos os pets, precisam de dedicação e carinho. Além dos cuidados básicos como alimentação, banhos, acompanhamento veterinário, um cachorro pequeno precisa de atenção especial com as unhas, a boca, o coração e mudanças de temperatura.

Geralmente, esses pets vivem em zonas urbanas e passam a maior parte do tempo fechados dentro dos apartamentos, passeiam menos, e mantêm pouco contato com outros animais. Esses fatores favorecem o crescimento das unhas dos cães, já que eles não têm onde raspar as unhas. Uma solução é proporcionar brinquedos que permitam que o cão desgaste as unhas (como uma almofada velha), passeios em parques ou ruas asfaltadas.

O corte das unhas nos cachorros de pequeno porte será mais frequente, por isso, fique sempre atento ao seu crescimento. Unhas grandes trazem dificuldades para o cachorro caminhar e podem acabar arranhando o dono sem querer.

Outro ponto que merece atenção especial é a boca. Os dentes dos animais também precisam de cuidados como limpeza, escovação e higienização completa. Alguns estudos apontam que os cachorros pequenos têm os dentes mais delicados e sofrem com uma maior deterioração dos dentes, por isso, é importante fazer um controle bucal com frequência e escovar os dentes deles, no mínimo, 3 vezes na semana.

Os pelos dos cachorros servem como um isolante térmico tanto no verão como no inverno. Entretanto, algumas raças não contam com essa proteção natural ou não são suficientes para proteger o pet.

Nesses casos, o calor demora a sair do corpo e, por isso, a hipotermia é frequente, principalmente, em cães com menos de 2 quilos. O Yorkshire, por exemplo, é super sensível ao frio, e uma maneira de proteger os cães pequenos é comprar roupinhas térmicas para eles. Além de lindas, elas protegem o cachorro das mudanças fortes de temperatura.

Uma última atenção especial com esses pequenininhos é com o coração deles. Em média, 60% dos cães em miniatura sofrem de algum problema no coração ao longo da vida e geralmente, começa a depois dos 10 anos.

Cheque os preventivos com o veterinário e observar o comportamento do cão no dia a dia ajudam a prevenir os problemas cardíacos do cão.

Uma dica: se um pet começa a latir muito de uma hora para outra, isso pode indicar algum problema no coração. Fique atento!



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/cachorro-pequeno/

Categorias:
Comportamento dos Cães, Curiosidades sobre Cães, Saúde do Cachorro
Tags:
animais, cachorros, cães, miniaturas, pequenos, pets, raças

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médica Veterinária (CRMV- SP 20.567) formada pela Universidade Estadual de Londrina - PR com Especialização em Radiodiagnóstico pelo Instituto Veterinário de Imagem (IVI). Responsável pelo setor de diagnóstico por imagem do Hospital Veterinário Cães e Gatos 24h atuando nas áreas de radiologia, ultrassonografia e ressonância magnética. Dra. Madi é integrante da equipe de Veterinários do portal CachorroGato e também responde por dúvidas na ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados