Cachorra - Vantagens de ter uma | CachorroGato

Cachorra - Vantagens de ter uma

Saiba as características das fêmeas e veja as vantagens de optar por uma cachorra

A primeira decisão a ser tomada depois de optar por ter um cão é -- lembrando que já escrevemos dicas de o que levar em consideração ao adotar um cão ou ao comprar seu animal em um canil de cães -- quero um cachorro ou uma cachorra? As necessidades e as diferenças de comportamento entre os gêneros causam bons debates onde nunca é possível chegar à conclusão de qual dos dois é melhor, simplesmente porque nenhum dos dois é melhor ou pior do que o outro, eles são apenas diferentes.

Do mesmo jeito que acontece com as diferenças entre raças de cachorro, existe uma porção de mitos sobre os comportamentos de machos e de fêmeas. O que acontece é que uma cachorra fêmea pode ter tendências a se comportar de uma forma ou de outra, assim como um cachorro, mas isso não são regras obrigatórias, e podem haver sim diferenças comportamentais enormes até mesmo entre cães do mesmo gênero.

Cachorra

Vantagens e desvantagens de escolher uma cadela

Geralmente, as cadelas são mais protetoras, meigas e amadurecem mais rápido. Conforme vão crescendo, as fêmeas acabam deixando de lado as brincadeiras típicas de filhotes arteiros, se mostrando mais centradas e calmas do que os cachorros machos. Elas também não sentem a necessidade de marcar território, então podem aprender a fazer xixi no lugar certo com mais facilidade.

O cio da fêmea é normalmente apontado como a maior desvantagem de escolher esse gênero, por causa da sujeira de sangue pela casa e das alterações de comportamento que supostamente acontecem durante esse período. Alguns, ainda, afirmam que fêmeas ficam “histéricas” durante o cio, mas isso é mito.

Leia Mais: Cães e Gatos x Cigarro – A batalha

Algumas fêmeas podem ficar mais irritadiças durante o cio, do mesmo jeito que outras ficam mais quietas e ainda outras não mudam em nada. Não é porque a cachorra é fêmea que ela vai ter surtos de comportamento durante o cio. O maior cuidado que se deve ter durante o período é mantê-la inacessível aos machos, impedindo-a de sair de casa ou de cachorros machos entrarem onde ela estiver.

Cuidado com o portão de casa. Alguns portões, mesmo fechados, permitem algum contato entre quem está fora com quem está dentro e isso pode permitir o coito da sua cadela com algum macho que tiver sido atraído pelo cheiro do cio dela. Confira 6 dicas de como adestrar seu cão

Inclusive, quanto ao cheiro, existem sprays anticheiro, que disfarçam o cheiro do cio da cadela e evitam a atração dos machos. No que se refere à sujeira do sangue, também existem calcinhas absorventes para as fêmeas usarem durante o cio, evitando que elas sujem a casa. Os dois produtos podem ser encontrados em petshops ou casas especializadas. Além disso, o dono também pode optar pela castração da cadela.

Fêmeas podem ser cão de guarda

Provavelmente o maior mito acerca da diferença entre os dois gêneros é que só os machos servem para cão de guarda, e isso se deve ao fato de que os machos são mais protetores do território enquanto as fêmeas protegem a família, além de os machos também tenderem a ser mais agressivos.

Por outro lado, o que determina se o cão será um bom guarda é o adestramento a que ele é submetido, além das características da raça. Uma fêmea bem adestrada pode se tornar uma ótima cachorra de guarda, principalmente porque não é preciso ser agressivo para ser um bom cão de guarda. para saber mais sobre cães de guarda.

Como pudemos perceber, o que realmente importa é o tipo de treinamento que será dado ao cão, além do tratamento em casa também. Qualquer cão, seja fêmea ou macho, pode se adaptar ao que o dono espera dele, desde que ele seja bem treinado, bem cuidado, e também tenha sua personalidade respeitada. E você ainda pode conferir algumas sugestões de nomes para cachorros fêmeas.



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/cachorra/

Categorias:
Comportamento dos Cães, Curiosidades sobre Cães, Fases da Vida dos Cães, Saúde do Cachorro
Tags:
bom, cachorra, cachorras, cadela, cadelas, cão, desvantagem, guarda, pet, pets, relação, treinada, treinar, vantagem

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médica Veterinária (CRMV- SP 20.567) formada pela Universidade Estadual de Londrina - PR com Especialização em Radiodiagnóstico pelo Instituto Veterinário de Imagem (IVI). Responsável pelo setor de diagnóstico por imagem do Hospital Veterinário Cães e Gatos 24h atuando nas áreas de radiologia, ultrassonografia e ressonância magnética. Dra. Madi é integrante da equipe de Veterinários do portal CachorroGato e também responde por dúvidas na ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados