Banho e Tosa – Como abrir um negócio pet? | CachorroGato

Banho e Tosa – Como abrir um negócio pet?

Quer abrir um negócio de banho e tosa de bichinhos? Confira nossas dicas!

A maioria das pessoas que ama bichinhos já pensou em trabalhar em uma pet shop ou com banho e tosa. Acontece que tem quem leve essa vontade a sério e quer trabalhar cuidando da beleza e da higiene dos animaizinhos.

Se você é uma dessas pessoas, não arranque os cabelos sem saber por onde começar! Nós preparamos para você algumas dicas valiosas sobre como abrir um banho e tosa bem planejado e preparado para qualquer que seja o cliente peludo!

 

Praticar muito antes de fazer

A primeira atitude a ser tomada quando se quer trabalhar com banho e tosa de animais é aprender a banhar e tosar animais. Pode parecer um conselho besta e óbvio, mas há realmente quem acha que pode abrir um banho e tosa porque consegue dar banho no seu cachorro.

abrir-banho-tosa

Leia Mais: Higiene felina: dicas para o dia-a-dia do seu gatinho

Muito mais do que só saber passar shampoo e aparar pelos, um bom profissional de banho e tosa conhece cada tipo de raça e característica que um cão ou um gato pode ter (sim, se banha e tosa gatos também!). E isso não diz só a respeito de tipos de pelos, mas tipos de personalidade. Cada raça e cada cão são de formas diferentes, e é papel do profissional saber lidar com diferentes situações, que podem ser desde cães hiperativos até os mais assustados.

O ideal é que haja muito treino e muita convivência com animais diferentes antes de começar a investir no seu próprio banho e tosa. Somente convivendo e lidando com animais todos os dias é possível saber se vale a pena investir nesse negócio como dono, ou se é melhor trabalhar em conjunto com outras pessoas.

 

Infraestrutura é o básico para qualquer negócio

Antes de abrir qualquer negócio, a primeira coisa a ser feita é decidir onde ele será aberto. Para um estabelecimento de banho e tosa não é diferente. A primeira coisa a ser levada em consideração é onde ele será instalado. Há vários tipos de lugares onde é possível fazer um banho e tosa, seja em salas alugadas, na sua própria casa, ou até em um estabelecimento móvel, como um trailer.

Ao se decidir onde seu banho e tosa vai se instalar, o próximo passo é conhecer todas as vias legais necessárias para registrá-lo e colocá-lo em funcionamento. Nem todos os tipos de estabelecimentos tem registro igual, por isso, é bom se informar antes de fazer qualquer negócio, para saber se ele é o ideal.

Quando tudo estiver pronto, é o momento de analisar toda a parte elétrica e hidráulica do local, para saber se é necessário fazer alguma reforma antes de instalar móveis e eletrônicos. É bom colocar no cronograma de planejamento de gastos um desvio padrão para possíveis imprevistos. Se for necessário fazer certos gastos em utensílios de início porque algo saiu mais caro do que se imagina, é importante já ter tudo isso no plano, para não acontecer complicações inesperadas.

abrir-banho-tosa-gatos

 

Tudo pronto? Vamos às compras iniciais!

Com a meta de gastos em mãos, está na hora de pesquisar tudo que será comprado, desde a mobília até os utensílios mais básicos. É importante iniciar pelo mais básico e mais caro, pois assim, se faltar dinheiro para as coisas mais baratas, é mais fácil de conseguir do que para o que é bem mais caro.

Com certeza o gasto principal será nos bens mais duráveis, como equipamentos e mobília. O ideal é que se escolha já de início equipamentos e mobília de boa qualidade e que vão durar muito tempo junto com você, pois assim se evita mais gastos em pouco período de tempo por conta da má qualidade do elétrico, ou até mesmo por ele não ter alguma função que, de início, se achava que não era necessária, mas depois fez falta.

Três equipamentos elétricos de banho e tosa são essenciais: soprador, secador e máquina de tosa. O soprador é o equipamento pré-secagem, que tira todo o grosso da água do pelo do animal, facilitando a secagem. É ideal que tanto o soprador quanto o secador tenham boa capacidade e várias velocidades e temperaturas, para se adaptarem a todas as necessidades de pelos e estações do ano.

Já a máquina de tosa deve ser muito bem analisada antes de ser comprada, pois ela deve ter um formato que proporcione boa ergonomia. As mãos do tosador devem se adaptar perfeitamente a ela, assim como a postura deve estar confortável, já que ele passará bastante tempo nisso. Outra coisa importante é que a máquina possua possibilidade de troca de lâminas para várias dimensões, pois é ideal para um bom tosador ter várias lâminas disponíveis para uma tosa mais eficiente.

Em relação à mobília para banho e tosa, é importante que o dono tenha claro nos seus padrões que quanto mais adaptável a mobília for, melhor. A banheira e a mesa de tosa devem ser grandes, ideais para os maiores e os menores cães e gatos, e principalmente muito resistentes a qualquer atividade que o animal vá fazer, pois nem todos se comportam para tomar banho.

Em relação à mesa de tosa, inclusive, observe as dimensões do seu local para saber se seria ideal uma mesa fixa, ou uma mesa dobrável. Seria bom que a banheira comportasse o chuveiro para o banho, é um trabalho a menos que o dono teria para ter que adaptar o chuveiro em uma boa posição na banheira. E algo realmente importante são caixas de transporte ou gaiolas para os animais ficarem enquanto não se banham e depois enquanto esperam seus donos irem buscar. Elas devem ser extremamente confortáveis e limpas, pois tanto cães quanto gatos não gostam de estarem presos em um lugar com cheiro forte de outro animal, isso causa estresse.

como-montar-banho-tosa

Já em relação aos instrumentos para o banho e a tosa de uso diário, é importante que você teste como eles se adaptam às suas mãos e como eles funcionam. As tesouras e os pentes devem ser de boa qualidade e de acordo com os possíveis animais que você irá receber. Rasqueadeiras e escovas, por exemplo, não são todas iguais, cada uma tem um estilo de design para cara tipo de pelo, desde os mais sensíveis aos mais grossos e duplos.

Objetos mais delicados como cortadores de unha ou limpadores de ouvido também devem se adaptar para os diferentes tipos de tamanhos, e serem resistentes e fáceis de limpar. Nunca se esqueça de sempre ter utensílios reservas para poder usar quando não tiver tempo de higienizar os usados. E outra dica boa é ter coleiras e guias extras para caso seja necessário ter mais controle sobre o cão.

 

Os gastos acontecem durante o ano inteiro

Saindo da parte de compras fixas de banho e tosa, existem os gastos com reposições frequentes. Mesmo que os objetos que foram citados sejam substituíveis em algum momento, há gastos que o dono do estabelecimento tem que fazer de tempos em tempos (seja semanal ou mensal). Entre eles estão os produtos usados nos cães e suprimentos alimentares de controle de comportamento.

Shampoo, condicionador, colônia, lacinho e gravatinha, talco, tudo isso e mais um pouco para enfeitar e deixar os animaizinhos bem cheirosos é um gasto frequente dentro de um lugar de banhar e tosar animais. Os donos gostam de receber seus bichinhos bem cuidados e cheirosos, então os produtos devem ser de boa qualidade, até mesmo para evitar qualquer componente tóxico que possa acarretar energia e dor de cabeça para o dono do lugar.

Em relação a isso, lembre-se de jamais usar em um animal um produto que não seja de uso veterinário. O corpo dos bichinhos funciona e reage a químicos de forma completamente diferente do nosso corpo, então passar perfume para humanos, ou até shampoo neutro para bebês pode fazer mal e até intoxicar o bichinho. Sempre tenha muito cuidado com a procedência de todos os produtos usados. Além disso, também considere a vontade do dono; se ele solicitar que você não passe colônia ou coloque um lacinho em seu pet, certifique-se de que isso será respeitado.

Por último, e isso entra na parte onde o profissional entende de psicologia e adestramento canino, está o gasto extra com comida e brinquedos. Por mais que não seja obrigação de nenhum banho e tosa oferecer esse tipo de suprimento, é bom que eles estejam disponíveis, caso seja necessário dar para algum animal que está fazendo muita bagunça ou sem confiança. Brinquedinhos são ideais para distrair aquele filhote que não para de chorar, ou o cão assustado que só sabe latir e está estressando os outros.

Tente manter o bichinho o mais relaxado possível, pois a situação toda nem sempre pode ser agradável para ele. Além disso, os donos que perceberem que seu animal foi bem tratado e alimentado são clientes fiéis em potencial para o seu negócio.

como-abrir-banho-tosa



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/banho-tosa-como-abrir/

Categorias:
Moda e Beleza para Cães, Moda e Beleza para Gatos
Tags:
banho, bichanos, cachorros, cães, felinos, gatos, pets, tosa

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médico Veterinário (CRMV- SP 23.348), formado pela Universidade Paulista, Cirurgião Geral e Ortopedista no Hospital Veterinário Cães e Gatos 24 horas há 6 anos. Dr. Tubaldini é o Diretor de Conteúdo do portal CachorroGato e gestor da equipe de veterinários responsáveis pela ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados