Entenda o atestado zoosanitário para o trânsito de cães e gatos | CachorroGato

Entenda o atestado zoosanitário para o trânsito de cães e gatos

Nem todo mundo sabe, mas na hora de viajar com o seu pet todo dono deve ter em mãos o atestado zoosanitário para o trânsito de cães e gatos. Entenda o que é isso aqui!

Muitos donos pensam que o atestado zoosanitário para o trânsito de cães e gatos só é necessário para viagens internacionais, porém isso não é verdade. Na hora de viajar com o seu pet para fora do país é necessário possuir o Certificado Zoosanitário Internacional (CZI) e para isso, é necessário uma série de documentos que comprovem a boa saúde de seu pet, além da consulta com um dos veterinários aprovados pelo Ministério da Agricultura - o que pode ser agendado para ser feito no aeroporto da cidade onde for embarcar. Mas o que deve ser feito para viajar dentro do país?

 

Como conseguir o atestado zoosanitário?

Tanto para viagens dentro do país, quanto para viagens para o exterior, é preciso que a documentação de seu bichinho esteja em dia, assim como sua saúde. Para isso, é preciso que a carteirinha de vacinação de seu pet esteja em dia.

Se vai viajar dentro do território nacional, o atestado zoosanitário para pets é apenas uma declaração de seu veterinário. Nesse atestado Zoosanitário - que pode ser dado como “Atestado de Saúde” ou “Certificado Sanitário” - o veterinário (que deve ser credenciado pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária da região de origem do seu pet) afirma que o cão ou gato está com a saúde perfeita para a viagem.

 

Leia Mais: Projeto de lei que proíbe testes em animais é aprovado na Câmara

atestado-zoosanitario-transito-caes-gatos 

Esse atestado deve ser feito no máximo três dias antes da viagem para ter validade, portanto é bom deixar a consulta agendada previamente com o seu veterinário de confiança.

No atestado zoosanitário para cães e gatos é preciso ter o atestado de vacinação antirrábica (a vacina precisa ser tomada com pelo menos um mês de antecedência à viagem), além do nome do pet, raça, pedigree (se disponível), dados completos do dono e o parecer do veterinário sobre a saúde do seu companheiro.

Para viagens internacionais, é preciso que o dono providencie o CZI, que é o Certificado Zoosanitário Internacional. Diferente do Atestado Zoosanitário que é utilizado em território nacional, que tem validade de três dias, o CZI vale por oito dias antes da viagem. Para conseguir o CZI é necessário que o seu veterinário examine o seu pet e solicite uma série de exames, que devem ser levados junto ao pet no dia da consulta com o veterinário do Ministério da Agricultura credenciado.

Uma dica para quem pretende levar o cão para viajar para fora do país com o resto da família é consultar no consulado do país de destino quais os exames exigidos no país que forem visitar, levando essa documentação para o seu veterinário. A partir desse ano entrará em vigor o passaporte para cachorros e gatos, o que facilitará todo o processo e irá organizar todas as informações necessárias sobre seu pet em um único local.



Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/atestado-zoosanitario-transito-caes-gatos/

Categorias:
Atividades de Cachorro, Curiosidades sobre Cães, Atividades de Gatos, Curiosidades sobre Gatos
Tags:
atestado zoosanitário, bichanos, cachorros, cães, cão, felinos, gatos, pets, viagens

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médica Veterinária (CRMV- SP 20.567) formada pela Universidade Estadual de Londrina - PR com Especialização em Radiodiagnóstico pelo Instituto Veterinário de Imagem (IVI). Responsável pelo setor de diagnóstico por imagem do Hospital Veterinário Cães e Gatos 24h atuando nas áreas de radiologia, ultrassonografia e ressonância magnética. Dra. Madi é integrante da equipe de Veterinários do portal CachorroGato e também responde por dúvidas na ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados