Alergia em Cachorro - Como são os tratamentos?

Entenda mais sobre alergia em cachorro e saiba como cuidar do pet alérgico

Assim como em seres humanos, a alergia em cachorro é uma das causas campeãs de visitas aos consultórios dos médicos veterinários. E também como acontece conosco, essas alergias podem ser disparadas por uma infinidade de fatores e de elementos que estão por todo ambiente.

Alergia em cachorro

Para entender a alergia em cachorro é preciso, em primeiro lugar, saber o que é alergia e quais são as suas causas para, desse modo, exterminá-las e tratar o cachorro alérgico da melhor forma possível.

Uma alergia, ou dermatite alérgica, é uma reação do sistema imunológico do cachorro quando ele entra em contato com alguma substância que o seu corpo “não gostar”, ou seja, algum material a que ele já seja alérgico.

Esta reação alérgica pode ser hereditária e existem também algumas raças de cães mais propensas a alergias, como: lhasa apso, pug, shih tzu, shar-pei, poodle, yorkshire, bull terrier, bulldog inglês, bull dog francês, dálmata, golden retriever, pastor alemão, boxer, entre diversos outros.

Leia Mais: Acupuntura para Cães - Saúde e bem-estar

O cão pode ser alérgico à ração, ao leite, às picadas de pulga, carrapatos, produtos de higienização, entre uma série de outros fatores. A predisposição por raças se dá devido ao cruzamento de animais já predispostos a ter e não terem sidos retirados da reprodução, ou seja, cães com alergias hereditárias não devem procriar para evitar a disseminação do gene.

Como identificar e tratar a alergia em cachorros?

Sintomas como coceira intensa, inflamação local e, por consequência, feridas e queda de pelos são os mais comuns para detectar a alergia em cachorro. Geralmente, a cauda do cão é a região mais afetada. Olhos com secreção e inflamação nos ouvidos, além de perceber que o cachorro está se lambendo demais, também são bons comportamentos que indicam alergia. Fique atento, coçar as orelhas, por exemplo, pode ser tanto uma mania do seu cão quanto um sinal de otite canina.

O primeiro passo para o tratamento é submeter o cachorro alérgico a uma consulta veterinária, onde serão feitos testes para identificar a causa da alergia no cãozinho. Normalmente a alergia não tem, exatamente, uma cura definitiva, mas ela pode ser controlada para que o cachorro tenha uma vida normal e saudável.

A aplicação de shampoos especiais, consumo de rações específicas e deixar o cão sem contato com o que causa a sua alergia são métodos eficientes para que ele não tenha mais crises alérgicas. Também é importante ressaltar que muitos sintomas de alergia podem se confundir com os da sarna canina, por isso é tão importante que o dono leve seu pet ao veterinário assim que identificar qualquer comportamento estranho.

O tratamento sintomático da alergia normalmente se dá pelo uso de antialérgicos, e se continua pelo uso de corticoides ou corticosteroides, mas o indicado é identificar a causa da alergia para um tratamento mais duradouro e efetivo, que cause menos efeitos colaterais, por isso procure sempre um médico veterinário e se necessário um médico veterinário dermatologista.

Link deste artigo: http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/alergia-cachorro/

Sugira novo tema para um artigo
Categorias:
Saúde do Cachorro
Tags:
alergia, cachorro, cachorros, cães, cão, coçar, coceira, consultório, pet, principal, queixas, sintomas, tratamento

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado. Encontre um fornecedor próximo a sua casa.

Sobre o autor

Médica Veterinária (CRMV- SP 20.567) formada pela Universidade Estadual de Londrina - PR com Especialização em Radiodiagnóstico pelo Instituto Veterinário de Imagem (IVI). Responsável pelo setor de diagnóstico por imagem do Hospital Veterinário Cães e Gatos 24h atuando nas áreas de radiologia, ultrassonografia e ressonância magnética. Dra. Madi é integrante da equipe de Veterinários do portal CachorroGato e também responde por dúvidas na ferramenta Dr. Responde.

Artigos Relacionados